Fale com o time de vendas
Live commerce é tendência que pode ajudar a aumentar as vendas na Black Friday

Live commerce é tendência que pode ajudar a aumentar as vendas na Black Friday

Com a proximidade da Black Friday, há uma tendência que pode ajudar os varejistas a aumentar as vendas no e-commerce. Trata-se do live commerce, modelo em que as marcas promovem e vendem produtos em transmissões ao vivo nas plataformas digitais. Enquanto a taxa média de conversão no e-commerce no Brasil fica entre 1,5% e 3%, a taxa de conversão do live commerce varia entre 8% e 45%, destaca Sofía Sanz, diretora de Business Development da GoJiraf, plataforma pioneira na América Latina para esse tipo de venda. “Já vi taxas de conversão que chegaram a 60%”, complementa.

A GoJiraf, plataforma de live shopping que busca aumentar a conversão e o engajamento no e-commerce das marcas, é parceira da Linx, empresa do grupo StoneCo e líder e especialista em tecnologia para o varejo no mercado de software para gestão. 

“A taxa de conversão nessa modalidade é alta porque permite que a marca fique mais próxima da sua audiência”, afirma Sofía. Segundo ela, os consumidores compravam online do mesmo jeito há 10 anos: entravam no site da empresa, viam o produto, sua descrição, seu preço e decidiam ou não pela compra. “No live commerce, conseguimos colocar a marca mais perto da audiência, humanizar o atendimento, mostrar melhor o produto, o que gera um valor agregado”, explica. 

Ainda de acordo com Sofía, muitas empresas pensam que fazer uma live ou um vídeo commerce estratégia que não usa necessariamente vídeos ao vivo para apresentar produtos ao cliente , é algo complicado, que envolve uma grande produção e altos custos, o que não é verdade. Uma live pequena, convidando os clientes para conhecer o dono da marca, por exemplo, já pode ser bastante eficaz. Nesse contexto, a GoJiraf oferece uma plataforma que permite ao varejista fazer a própria live conectado com o seu catálogo de produto, de modo que o cliente consiga comprar enquanto assiste ao vivo.

A executiva conta que o modelo de live commerce começou na China, onde está mais avançado do que em outros países. “Geralmente, um influenciador vende mais do que a marca. Lá existem pessoas fazendo live shopping o tempo todo e em todo lugar”, diz Sofía. Na Ásia como um todo, explica, os segmentos que têm maiores taxas de conversão são beauty e skincare, mas existem casos de lojas de manutenção e de construção com taxas de conversão de 35%, a partir da demonstração de produtos. No Brasil, acrescenta, o mercado de influência está um pouco atrás, embora dados de pesquisas de mercado mostram que 35% dos brasileiros já compraram algum item por live.

E como vender mais nas datas comerciais com o live commerce? Para Sofía, a resposta é simples: é preciso começar agora, afinal não se pode fazer a primeira live no dia da Black Friday. Assim como o varejista está aprendendo sobre live commerce, a audiência também. “A dica é fazer um live commerce com descontos, na sequência um retargeting com essa audiência, além de um plano baseado nos aprendizados”, recomenda. “Nós sabemos que existem limitações no momento de se convidar para uma live. Por isso, é melhor fazer três lives durante a semana e depois uma live especial. É preciso fazer reforço nesse momento de alta demanda”.

De acordo com Sofía, as lives com melhor taxa de conversão que a GoJiraf já fez foram aquelas que envolveram a melhor estratégia de convite à audiência, com e-mail e  anúncios no Google e Instagram, o que gerou interesse e curiosidade dos clientes. Para ela, o público indicado para as lives são pessoas entre 21 e 54 anos, familiarizadas com a digitalização, e que já compraram online. 

Outra recomendação importante é que o varejista invista no modelo omnichannel. “Assim, como você vai fazer conteúdo para Instagram, TikTok, Google, e-mail, é preciso incluir a live commerce nessa estratégia”, defende. Segundo ela, essa modalidade tem menor taxa de devolução de produto e menor quantidade de carrinhos abandonados. Dados do mercado mostram que a audiência fica na live quatro vezes mais tempo do que no site da empresa. “Acredito que a ferramenta será cada vez mais parte do dia a dia das marcas. Esse é o futuro”, conclui. 

Sofía, que é graduada em economia pela Universidade de San Andrés, na Argentina, com mestrado em Gestão e mais de 14 anos de experiência em Business Intelligence, Marketing e Desenvolvimento de Negócios Digitais, foi o grande destaque desta semana do PDV – Pod do Varejo, produzido pela Linx, cujo episódio está disponível no YouTube e no Spotify

Sobre a Linx

A Linx, empresa do grupo StoneCo, é líder e especialista em tecnologia para o varejo no mercado de software para gestão. Com ampla atuação em vários segmentos do varejo e um portfólio composto por mais de 180 soluções, a Linx ajuda desde pequenos empreendedores a grandes varejistas, oferecendo o maior ecossistema para o varejo da América Latina e emitindo mais de 2.7 bilhões de notas fiscais anualmente. Em 2023, foi reconhecida pelo Prêmio Valor Inovação Brasil como uma das cinco empresas mais inovadoras no setor de tecnologia da informação. Para saber mais, acesse: www.linx.com.br/imprensa

Sobre a GoJiraf

A GoJiraf é uma startup líder e pioneira na América Latina, oferecendo soluções inovadoras de Vídeo Commerce para empresas e marcas. A plataforma GoJiraf Live Shopping, em suas diversas modalidades, impulsiona exponencialmente a conversão e o engajamento no e-commerce das marcas. Ofereça aos clientes uma experiência de compra online altamente interativa, imersiva e dinâmica, acelerando o processo de conversão. Para mais informações, acesse www.gojiraf.com.

Informações à imprensa: linx@fsb.com.br

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente