Fale com o time de vendas
Black Friday 2023: cresce interesse dos consumidores por roupas e calçados 

Black Friday 2023: cresce interesse dos consumidores por roupas e calçados 

Os varejistas de roupas e calçados têm motivos para se  animar com a próxima Black Friday. Uma pesquisa feita em novembro pelo Reclame AQUI, maior plataforma referência em reputação e confiança nas relações de consumo do mundo,  em parceria com a Linx, empresa do grupo StoneCo e especialista em tecnologia para o varejo, mostra o crescimento no interesse de compra do consumidor para produtos dessas áreas. 

Em 2022, 7,4% dos entrevistados declararam desejar aproveitar as promoções da Black Friday para comprar roupas e calçados, além de 5,3% que se disseram interessados em comprar tênis, o que representou 12,7% do total. Para 2023, a pesquisa aponta que esses índices de interesse subiram para 13,6% e 8,5%, respectivamente, chegando a 22,1%. 

Na pesquisa deste ano, roupas e calçados aparecem no topo da lista da preferência dos consumidores (13,6%), seguidos por eletrodomésticos e eletroportáteis (12,9%), smartphones e celulares (10,10%), eletrônicos (9,9%), eletrodomésticos (8,9%), tênis (8,5%), TV (7,4%), produtos de beleza (7,1%), notebook/tablets (6,3%), alimentos e bebidas  (5,5%), passagens aéreas/pacotes de viagens (5,4%) e demais categorias (4,4%).

“A Black Friday já virou um verdadeiro marco no calendário de compras no Brasil. Há várias razões para o setor de roupas e calçados estar animado”, comenta Rosimar Busse Kichel, diretora do segmento de Calçados na Linx.

A primeira delas é que os consumidores sabem que é o momento ideal para comprar aquele par de sapatos que tanto queriam, com preços muito mais atrativos. Outra razão é o aumento do fluxo de clientes. Durante a Black Friday, os consumidores buscam por ofertas no varejo físico, o que pode ajudar a aumentar a visibilidade da loja e atrair novos consumidores. A terceira e última é que a data ajuda não apenas a atrair novos consumidores, mas também a valorizar os clientes fiéis. Uma forma de fazer isso é oferecendo descontos especiais e personalizados para quem sempre escolhe a loja.

“A Black Friday traz um grande aumento nas vendas, virando uma oportunidade para os lojistas terem uma injeção no caixa, algo fundamental neste momento do ano”, analisa Rosimar. Além disso, acrescenta, existe a redução de estoque, sendo uma oportunidade perfeita para vender produções sazonais ou coleção antigas que estão ocupando espaço de uma nova coleção primavera-verão, por exemplo. “Pensando na preparação da loja para outro pico de venda, que é o Natal, liberar espaço para uma nova coleção é primordial”, explica a executiva.

Outro ponto positivo para os varejistas do setor, na avaliação de Rosimar, é a possibilidade de ampliação da base de clientes. Para isso, oferecer um atendimento de qualidade pode ajudar a fidelizar o cliente e fazer com que ele volte a fazer negócio na loja. “E para que esse momento de compra seja muito leve tanto para o lojista e para o time, quanto para o consumidor, em uma loja online é importante que o consumidor encontre uma plataforma de e-commerce robusta, amigável, que permita que o lojista gerencie eficientemente seus produtos, seus preços, seus estoques e produtos”, explica. 

Também é importante contar com soluções, como chatbot com inteligência artificial, para ajudar os clientes na decisão da compra e aliviar o trabalho do time que está fazendo o atendimento ao cliente no pico da Black. Oferecer uma variedade de meios de pagamento seguros, incluindo carteiras digitais e parcelamento, pode fazer a diferença para o cliente concluir uma venda, complementa a executiva. 

Outro aspecto importante, considerando as lojas físicas, é ter uma gestão que mostre em tempo real como está o estoque, isso ajuda a garantir que os produtos estejam disponíveis nas prateleiras quando o cliente chegar,  evitando frustração dos consumidores que viram um anúncio de desconto ou um produto que pretende comprar, mas que não está mais na loja. 

Oferecer terminais de autoatendimento ou checkout mobile que reduzam as filas também pode ser decisivo para ajudar a ampliar as vendas. “O consumidor quer ter um atendimento personalizado, cuidando do relacionamento. Se no momento do pagamento ele encontrar fila no caixa, pode desistir da compra”, alerta Rosimar.

“Resumindo, a Black Friday é uma oportunidade para gerar resultado a uma loja de calçados e isso pode ser feito de uma forma leve. Para isso acontecer, é importante o lojista contar com um parceiro que tem solução de ponta a ponta para garantir que seja um sucesso esse momento no varejo”, conclui a diretora. 

Sobre a Linx

A Linx, empresa do grupo StoneCo, é líder e especialista em tecnologia para o varejo no mercado de software para gestão. Com ampla atuação em vários segmentos do varejo e um portfólio composto por mais de 180 soluções, a Linx ajuda desde pequenos empreendedores a grandes varejistas, oferecendo o maior ecossistema para o varejo da América Latina e emitindo mais de 2.7 bilhões de notas fiscais anualmente. Em 2023, foi reconhecida pelo Prêmio Valor Inovação Brasil como uma das cinco empresas mais inovadoras no setor de tecnologia da informação. Para saber mais, acesse: www.linx.com.br/imprensa

Informações à imprensa: linx@fsb.com.br

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente