EN

ENGLISH

Imagem Logo Linx

Imprensa

08/11/2017 [Divulgação de Resultados]

Na contramão do cenário econômico brasileiro, Linx cresce dois dígitos no terceiro trimeste deste ano


São Paulo, 6 de novembro de 2017 – A Linx, empresa líder em software de gestão para o varejo, impressionou e fechou o terceiro trimestre de 2017 com receita operacional bruta de R$ 165,8 milhões. Apesar da estagnação na economia, a receita operacional líquida da companhia foi de R$ 144,6 milhões, atingindo um crescimento de 17,2% comparado ao terceiro trimestre do ano passado.

“A oferta de um pacote completo de soluções para cada necessidade seguiu como principal direcionamento de crescimento orgânico. As diversas iniciativas que a Linx tem desenvolvido, criando novos mercados e perfis de clientes serão, ao longo dos próximos trimestres, fundamentais para sustentar este progresso”, destaca Pedro Moreira, CFO e Diretor de Relações com Investidores da Linx.

A receita operacional bruta é fruto da combinação da receita recorrente e de serviços. No 3T17, a receita recorrente atingiu R$ 135,7 milhões, com crescimento de 13,4% sobre o 3T16, e equivalente a 82% da receita bruta. O EBITDA ajustado atingiu R$ 36,6 milhões no 3T17, um aumento de 18,6% em comparação aos R$ 30,8 milhões do 3T16. Em comparação ao 2T17, o EBITDA ajustado foi 7,2% maior. A margem EBITDA ajustada do 3T17 foi de 25,2%, 20 bps acima do 3T16 e estável em comparação ao 2T17.

“Neste trimestre, já foi possível perceber sinais de melhora no desempenho de nossos clientes em geral. Apesar de ainda não significar uma retomada no ritmo de abertura de lojas, o ambiente de negócios está mais positivo e, com isso, estamos otimistas”, adiciona Moreira.

Outro destaque foi a taxa de renovação de clientes, que atingiu 98,8% no trimestre, 10 bps acima do nível do 2T17. “Temos tradicionalmente altas taxas de renovação de clientes, que refletem a base ampla, diversificada e fiel da Companhia. Em um cenário de crise, é mais um fato a se comemorar”, conclui Moreira. O lucro líquido ajustado no trimestre foi de R$ 20,0 milhões no 3T17, um aumento de 11,1% em comparação aos R$ 18,0 milhões do 3T16.

Aquisição da ShopBack

No último dia 18 de outubro, a Linx anunciou a aquisição da ShopBack, líder em tecnologias de retenção, reengajamento e recaptura por meio de Big Data e Inteligência para engajamento. Cerca de 85% do volume de e-commerce brasileiro trafega mensalmente por esta plataforma em nuvem, tornando a empresa líder neste segmento.

O faturamento bruto da ShopBack nos últimos doze meses foi de R$15 milhões. Pela ShopBack, a Linx pagará R$ 39 milhões à vista. Essa aquisição está alinhada com os objetivos estratégicos de aquisições da companhia de tecnologias para o varejo. Neste caso, o foco é reforçar o portfólio de soluções que aumentem a rentabilidade dos clientes, abrindo novos mercados e atingindo novos perfis.


Sobre a Linx

Com mais de 30 anos de atuação, a Linx é especialista em software de gestão (ERP e POS) para as mais diversas verticais do setor varejista no Brasil. Líder brasileira*, a Companhia atingiu a posição oferecendo tecnologia inovadora e escalável e profundo conhecimento da cadeia de valor em cada segmento no qual está presente. A Linx consolida-se no mercado e tem sua expansão sustentada por uma cultura que acolhe novos conhecimentos, identidades, experiências e valores, são cerca de 3.000 colaboradores, distribuídos na matriz em São Paulo, 13 filiais em 8 estados, além de unidades de relacionamento espalhadas pelo Brasil, atendendo uma base ampla e diversificada de mais de 44 mil varejistas. Com ações negociadas em bolsa desde fevereiro de 2013, para atender de forma integral às necessidades atuais do mercado varejista, a companhia oferece também soluções em nuvem, conectividade, além de outros serviços. *Fonte: IDC

Peça uma proposta sem compromisso

  • Abrir Chat Comercial
  • Envie uma mensagem

    Preencha o formulário e envie uma mensagem ou, para falar com a área comercial, ligue para

    Acessar formulário