Mobilidade: caminhos para uma melhor experiência de compra

*Por Carlos Valle, diretor do segmento de Shopping da Linx 

O varejo vive uma transformação significativa na sua forma de operar, na sua relação com os consumidores e nas alternativas para permanecer competitivo e gerar crescimento. O fluxo de clientes nas lojas e espaços comerciais como Shoppings é cada vez menor ao passo que os consumidores estão cada vez mais bem informados e exigentes.

Este cenário cria alguns desafios relevantes para o varejista. Se o fluxo é cada vez menor e o consumidor está cada vez mais bem informado e exigente, a experiência de consumo que o varejista oferece será determinante para que consiga capturar cada vez mais volume de venda, mesmo com a queda de fluxo.

A conta só fecha se o varejista for capaz de aumentar a conversão e incrementar o ticket médio da compra. Além disso, estratégias capazes de fazer o cliente aumentar sua frequência de compra, como programas de fidelidade e vale-presente são fundamentais.

A mobilidade se torna então ferramenta indispensável para que o varejista possa oferecer uma experiência de compra diferenciada, com menor atrito, com maior personalização e maior empoderamento do vendedor. Para atender um cliente bem informado, o vendedor precisa ter as informações disponíveis literalmente na ponta dos dedos para poder agregar valor na relação com o consumidor.

Atualmente há soluções de mobilidade disponíveis para estabelecimentos dos mais diversos segmentos, entre eles o de food service e o de moda e acessórios. Essas tecnologias trazem uma série de benefícios, tanto para quem é responsável pela gestão desses negócios, permitindo que diversos controles sejam feitos de forma remota e em tempo real, ou mesmo para o consumidor final, proporcionando comodidade nos pedidos e nos meios de pagamentos, mencionando apenas alguns exemplos. Essas tecnologias têm se tornado alternativas cada vez mais comuns na medida em que os dispositivos móveis, principalmente os smartphones, se popularizam e assumem importância cada vez maior em nossa sociedade.

De acordo com o estudo IDC Brazil Mobile Phone Tracker Q4, divulgado em março deste ano pela IDC, empresa líder global em inteligência de mercado, em 2016 foram comercializados 48,4 milhões de smartphones, o que faz do Brasil o quarto colocado no ranking mundial em aparelhos vendidos, atrás somente da China, Estados Unidos e do Japão.

As vantagens proporcionadas pela adoção de soluções móveis nos estabelecimentos são inúmeras. No segmento de food service, por exemplo, elas permitem que um operador colha os pedidos ainda na fila, mandando-os automaticamente para produção e para o caixa. Isso melhora o tempo de operação e reduz as filas nos caixas, o que pode atrair novos clientes. Em moda e acessórios, também há vantagens: a possibilidade de consultar o estoque sem sair de perto do cliente, ou mesmo aumentar a probabilidade de encontrar a mercadoria desejada consultando todos os estoques disponíveis da rede, além de finalizar a compra diretamente por meio do dispositivo móvel.

Do lado do consumidor, a escolha pela mobilidade é motivada, principalmente, pela comodidade. Poder fazer um pedido via dispositivo móvel e retirá-lo na loja, escolher a melhor forma e o local para o pagamento são alternativas que proporcionam experiências de consumo agradáveis.

Contato comercial
Envie uma mensagem ou Chat online

Telefone Comercial:

3003-0400

Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 18h.