Vitrine personalizada: boas práticas para aumentar suas vendas
E-commerce

Vitrine personalizada: boas práticas para aumentar suas vendas

Usar uma vitrine personalizada pode fazer seu e-commerce ter um salto de vendas e aumentar a fidelidade dos clientes. Saiba como utilizar esse recurso da melhor maneira no seu negócio

No e-commerce, uma forma eficaz de gerar conversões é utilizar a vitrine. Afinal de contas, trata-se de um recurso essencial para destacar produtos conforme a a estratégia do varejista, acordos comerciais com a indústria, datas comemorativas e comportamento dos consumidores.

Com o desenvolvimento da tecnologia e o aumento da flexibilidade dos e-commerces, criar e modificar vitrines se tornou cada vez mais simples. A automação das vitrines, por sua vez, permite avançar para a personalização, o que tem um impacto significativo nas vendas das lojas virtuais.

Segundo dados da Linx Digital, no setor de moda a personalização de vitrines aumenta a conversão em 260% e provoca um crescimento de 318% no volume de vendas por sessão, ou seja, vitrines personalizadas fazem o cliente comprar muito mais.

E por que isso acontece? Porque uma vitrine personalizada se adapta ao que o cliente deseja e oferece 100% de produtividade no e-commerce. Imagine uma vitrine elaborada manualmente, com produtos que o lojista supõe que possuem maior apelo. É praticamente certo que poucos clientes irão se interessar por todos os itens selecionados.

vitrine personalizada

Uma vitrine personalizada toma como base uma série de parâmetros, como o comportamento de compra do cliente, perfis semelhantes de consumidores e questões pontuais como promoções e ações em parceria com a indústria, para apresentar produtos que tenham uma maior possibilidade de conversão. E o resultado, como vimos, acontece.

Além disso, vitrines personalizadas deixam de mostrar produtos que o cliente certamente não compraria, o que abre espaço para apresentar outros itens. Em uma perspectiva mais estratégica, as vitrines personalizadas geram dados importantes para entender melhor o comportamento dos clientes e gerar mais precisão na previsão de vendas e na alocação dos estoques.

Como estruturar uma boa vitrine personalizada

Em um e-commerce, o objetivo principal é gerar vendas e, por isso, a tomada de decisão precisa ser feita com base em dados. Por mais que o gestor do e-commerce tenha uma determinada preferência, quem decide é o consumidor – a partir do que ele coloca em seu carrinho de compras.

Isso faz com que a estruturação de uma vitrine personalizada passe pela coleta e análise constantes de dados de visitação e compra em seu e-commerce. Lojistas com plataformas de vendas que utilizam o poder dos dados na tomada de decisões ficam em vantagem, pois conseguem fazer mudanças de forma automática. O e-commerce rapidamente se adapta à demanda dos clientes, impulsionando as vendas.

Como as vitrines costumam ser a porta de entrada do cliente na loja (como acontece com as vitrines das lojas físicas), elas servem para atrair quem está “só dando uma olhadinha” e estimular o público a conhecer mais.

Para isso, soluções que trabalham com vitrines personalizadas utilizam dados de navegação no site, cliques nos produtos apresentados e até mesmo inputs de outras fontes (como novos produtos dos fornecedores ou itens estrategicamente importantes de destacar) para, com o uso de Inteligência Artificial, gerar melhores recomendações.

Trabalhe vários tipos de vitrine

Além de serem um grande chamariz, apresentando produtos para os clientes, as vitrines personalizadas podem ter papéis diferentes dentro de uma jornada de compra. Dessa forma:

  • Vitrines de novidades apresentam itens recentemente colocados no catálogo do e-commerce e que tenham fit com o cliente. Esse tipo de vitrine é relevante em categorias como moda, presentes e eletrônicos, em que o “fator novidade” é um impulso importante às vendas.
  • Vitrines de ofertas são voltadas para os perfis que estão em busca de oportunidades ou que, no momento, tenham restrições orçamentárias. Esse tipo de vitrine apresenta produtos com desconto e/ou que estejam relacionados a itens adquiridos em compras anteriores (como acessórios para celulares).
  • Vitrines de itens mais populares ajudam o e-commerce a mostrar que está atualizado com os movimentos do mercado e traz uma espécie de “validação social” para os produtos que estão sendo apresentados. Os consumidores se sentem mais confortáveis em pesquisar dentro de um mix de produtos que também está sendo visto por outras pessoas.
  • Vitrines de destaques são aquelas vitrines que destacam poucos produtos, mas que são de grande relevância para aquele cliente específico.
  • Vitrines de itens promovidos atuam em campanhas específicas, fazendo recomendações a partir de um mix de produtos pré-definido por alguma tematização, como Dia das Mães, Namorados ou Copa do Mundo.

Bons e-commerces trabalham vários tipos de vitrine personalizada ao mesmo tempo. Na home page, pode ser mais interessante trabalhar uma determinada campanha promocional, enquanto em uma página de categoria talvez faça mais sentido mostrar primeiro as novidades. Mas, sempre, personalizando os produtos apresentados, para que cada cliente perceba que a loja conhece seus hábitos e se esforça em mostrar apenas o que pode fazer sentido para o consumidor.

Boas práticas para a vitrine personalizada

Se a vitrine personalizada entrega resultados muito superiores e ainda estimula o engajamento dos clientes, é essencial trabalhar bem as ações nessa área do seu e-commerce, pois elas trarão uma contribuição desproporcional para o seu negócio. Por isso, vale adotar algumas boas práticas no desenvolvimento e gestão de vitrines personalizadas:

  • Acelere a jornada de compra: boas vitrines focadas em conversão encurtam o caminho do cliente da descoberta para a compra. Especialmente em datas promocionais, em que a pressão do tempo é maior (até mesmo nas compras online), use as vitrines personalizadas para apresentar boas sugestões de produtos para o cliente e acelerar a conclusão da venda.
  • Utilize Inteligência Artificial para dar mais dinamismo à personalização dos produtos. Com o uso de IA, seu e-commerce pode usar uma quantidade maior de variáveis para gerar vendas. Da previsão do tempo aos trending topics das redes sociais, uma série de variáveis externas ao negócio pode trazer insights e posicionar seu negócio para aproveitar oportunidades limitadas de venda.
  • Trabalhe as vitrines em parceria com a indústria: a personalização das vitrines é uma ferramenta importante para ajudar a indústria a medir o impacto de novidades no mercado, fazer testes de lançamentos e até mesmo para monetizar o espaço nobre do seu e-commerce. Da mesma maneira como no varejo físico é possível vender posições em pontas de gôndola ou outas áreas de destaque, as vitrines personalizadas podem promover itens que a indústria deseja oferecer – mas apenas para os clientes que tenham fit com aquele item. Isso significa um melhor investimento da verba de marketing.

Vitrines personalizadas são um baita recurso para ajudar seu e-commerce a vender mais e atuar de forma mais inteligente, transformando o conhecimento dos clientes em resultados efetivos.

O que você precisa saber para migrar de plataforma de e-commerce

A Linx conta com soluções inteligentes de personalização e recomendação que entregam mais resultados. Você quer saber como nossas tecnologias coletam e analisam dados de comportamento de milhões de consumidores para oferecer o produto certo para cada cliente na hora certa? Fale com a gente e saiba mais!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente