Varejo de serviços no dia dos namorados: 7 dicas para vender mais
Estética e saúde

Varejo de serviços no dia dos namorados: 7 dicas para vender mais

Da gestão à tecnologia, passando pela estratégia promocional e atendimento ao cliente, veja como obter resultados ainda melhores com serviços no dia dos namorados

Com a aproximação do Dia dos Namorados, o varejo de serviços tem mais uma oportunidade de ampliar suas vendas e reforçar o relacionamento com seus clientes. Neste momento em que o varejo vem se recuperando dos efeitos da pandemia, a data representa uma possibilidade extra de entregar experiências positivas.

Fazer isso é essencial para que o varejo de serviços no Dia dos Namorados tenha a possibilidade de desenvolver um relacionamento com o consumidor. Afinal de contas, 70% dos brasileiros disseram não voltar a comprar de uma marca depois de frustrações com o serviço, seja no e-commerce ou na loja física. Em outras palavras: desaponte o consumidor uma vez, e você o perderá para sempre.

serviços no dia dos namorados

O uso de tecnologia tem uma grande importância na hora de entregar melhores experiências para os consumidores. Com a digitalização cada vez maior das interações dos clientes com as marcas, boas experiências precisam começar muito antes da compra – e continuar até bem depois do cliente sair da loja. Por isso, esteja atento a estas 7 maneiras como a tecnologia pode ajudar seu varejo de serviços no Dia dos Namorados:

1) Saiba com quem você está falando

Em Alice no País das Maravilhas, Alice está perdida e encontra o Gato Risonho. Então, pergunta para ele como  sair dali. O Gato responde perguntando para onde ela quer ir. Quando ela diz que não sabe, ele responde que, neste caso, qualquer caminho serve.

Hoje em dia, o varejo de serviços está, muitas vezes, em uma situação parecida com a da Alice: sem saber com que consumidor ele quer falar, qualquer caminho parece servir.

Por isso, o primeiro passo em qualquer estratégia de vendas – seja digital, física ou omnichannel – é conhecer muito bem seu cliente para saber o que pode fazer sentido para ele. Usar os dados para refinar as ações promocionais, comunicação, mix de produtos e compras aumenta a eficiência do negócio.

É por essa razão que uma cultura data driven precisa ser uma prioridade: a análise das informações leva o varejo de serviços a entender o cliente e saber como direcionar suas ações.

2) Trate cada cliente como único

Personalizar o relacionamento com o cliente é apontado por 10 em 10 especialistas como um ponto fundamental para reter os melhores clientes e mantê-los sempre bem atendidos. A personalização, segundo um estudo da Forrester, gera um aumento de receita por usuário de até 20%, eleva as taxas de conversão e, com isso, impulsiona o faturamento.

Para tratar cada cliente como único, é preciso integrar as informações do ERP com as do PDV e do CRM, além de usar dados externos (redes sociais, informações climáticas, eventos nas proximidades etc) para tentar entender o contexto de cada cliente. Com isso, é possível entender o que traz o consumidor para o seu varejo – e a partir daí apresentar a oferta certa para ele.

3) Lembre-se: oferta é diferente de promoção

Costumamos usar “oferta” e “promoção” como se fossem a mesma coisa, mas existem diferenças importantes. Ofertar um produto ou serviço significa disponibilizá-lo para o cliente – promover o produto ou serviço é apresentar uma vantagem financeira para que o cliente compre aquele item.

Essa separação é importante, porque mostra que você não precisa apresentar descontos para ofertar um serviço. Será que a cliente conhece todos os tratamentos que o salão de beleza pode fazer? Será que o simples fato de saber que existe uma determinada hidratação ou tratamento para tirar manchas já não é suficiente para gerar uma venda?

4) E nem toda promoção é igual

O varejo de serviços não precisa (e nem deve) fazer promoções iguais para todos os clientes. E nem toda promoção precisa ser um desconto: o uso de alavancas promocionais como cashback e pontuação em programas de fidelidade gera grande interesse dos clientes e tem um impacto financeiro menor sobre o negócio. E essas alavancas podem ser mais bem aproveitadas: 59% dos clientes usam cashback, mas somente 38% das empresas oferecem essa alternativa.

Além do impacto financeiro, contar com diversos tipos de alavancas promocionais permite alcançar clientes diferentes de formas diferentes nos serviços no Dia dos Namorados. Se cada consumidor é único, por que as estratégias promocionais deveriam ser sempre iguais?

5) Promova o atendimento omnichannel

Integrar as informações da loja física, do e-commerce, dos aplicativos e das redes sociais faz com que as empresas entendam melhor o que seus clientes buscam e aumenta a satisfação do consumidor. O omnichannel impulsiona as vendas em datas comemorativas justamente porque melhora os mais diversos aspectos do relacionamento com o cliente: promoções, logística, sortimento, meios de pagamento.

6) Tenha o timming correto

Como acontece em muitas datas comemorativas, o Dia dos Namorados é um período muito curto de vendas. É preciso competir com muitos outros setores do varejo pela atenção do cliente – todos com o dia 12 de junho como uma espécie de “data de validade” para as ações.

O varejo de serviços pode aproveitar diversas situações para se posicionar como uma opção interessante para o Dia dos Namorados:

  • Um presente diferente e surpreendente;
  • Uma opção que cabe no orçamento dos mais variados perfis de público;
  • Uma alternativa que tem grande possibilidade de upselling (quem recebe o presente pode optar por um serviço que custa mais do que o inicialmente planejado).

Para se sobressair, o varejo de serviços precisa mostrar seus diferenciais, ter o posicionamento correto na comunicação e se colocar como um parceiro do cliente. Como fazer isso? Utilizando corretamente os dados disponíveis.

7) Aproveite as oportunidades pós-Namorados

Uma característica única do varejo de serviços é que a compra e o uso acontecem em momentos diferentes. Assim, é possível aproveitar o momento da prestação do serviço para dar continuidade ao bom atendimento, encantar o cliente e reforçar o relacionamento com o consumidor.

Varejistas com uma boa estratégia de dados, construída sobre uma plataforma tecnológica sólida, conseguem aproveitar este momento para entender melhor os clientes e já preparar as próximas oportunidades de venda em datas comemorativas.

Conte com a experiência da Linx, especialista em tecnologia para o varejo, para impulsionar suas vendas no Dia dos Namorados. As soluções de negócios da Linx permitem que sua loja venda em qualquer canal e obtenha dados valiosos de relacionamento com os clientes, dando mais inteligência para sua operação e criando uma loja única para cada consumidor.

Quer saber como nossas tecnologias podem ajudar você a vender mais serviços no Dia dos Namorados? Entre em contato!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente