Varejo de proximidade: como se preparar para as festas de fim de ano
Mercado de proximidade

Varejo de proximidade: como se preparar para as festas de fim de ano

Mesmo em dezembro, é possível fazer mudanças que geram resultados importantes no varejo de proximidade no final do ano. Esteja atento a estes 7 pontos

Faltando poucos dias para as festas de fim de ano, é comum ter aquela dúvida: será que fiz tudo certo? Será que é possível mudar alguma coisa de última hora e dar um impulso extra às vendas do varejo de proximidade no final do ano? Depende.

No varejo de proximidade, a grande vantagem competitiva é justamente estar muito próximo dos clientes – o que permite identificar mudanças de comportamento e agir de acordo. Se o cliente visita sua loja, digamos, 3 vezes por semana, em pouco tempo o lojista passa a entender os padrões de compra. Desde, é claro, que consiga coletar essas informações e utilizá-las a seu favor.

Por isso, na corrida final para impulsionar as vendas e preparar a loja, o varejo de proximidade no final do ano precisa estar atento a estes 7 pontos que podem fazer toda a diferença entre o lucro e o prejuízo:

Varejo de proximidade

1) Utilize muito bem os dados

Cada vez mais, o varejo é um negócio movido a dados. O olho no olho e a excelência no atendimento são essenciais, mas nenhum negócio prospera se não colocar o produto correto na frente do cliente. Se o consumidor gosta do chocolate A e sua loja só tem o chocolate B, nenhum atendimento maravilhoso fará o cliente comprar.

E essa não é uma lição exclusiva das festas de fim de ano. Os melhores varejistas de proximidade são aqueles que entendem que o relacionamento com o cliente é de longo prazo – e por isso continuam a coletar e analisar dados para entender o que os consumidores desejam comprar.

2) Crie um senso de urgência

OK, sua loja continuará no mesmo lugar no dia 02 de janeiro, mas o Natal é uma incrível oportunidade de vendas. Por isso, aproveite: o “só até sábado” funciona muito bem (até porque o dia 25 de dezembro cai em um domingo….). Use os dados para identificar oportunidades de produtos e promoções para impulsionar vendas extras.

3) Dê um “empurrãozinho”

A análise dos dados de vendas e de comportamento dos clientes é uma ferramenta importante para gerar compras adicionais. Mas atenção: é preciso ter sutileza para que a abordagem não seja vista como invasiva. Oferecer um item que combina com outro que o cliente está comprando é muito simpático, especialmente quando atrelado a uma promoção personalizada.

Ao longo de um relacionamento de longo prazo com o cliente (que é o que toda loja de proximidade deveria buscar), o comportamento do consumidor vai sendo impactado por pequenos “empurrõezinhos” – destacar um certo item na promoção, oferecer outro item com um desconto adicional, colocar um outro produto em uma posição especial na loja. Pequenas ações geram grandes resultados.

4) Aproveite bem a data

Toda época do ano possui características especiais. O Natal, por exemplo, é marcado, no varejo de proximidade, pelo aumento na venda de bebidas e de determinados produtos (do Tender à uva passa). Como o cliente vai com muita frequência à loja de proximidade, é possível aproveitar bem esse período colocando itens sazonais em áreas nobres da loja – para estimular a venda de produtos de alta saída nesta época do ano.

Lembre-se de um detalhe importante: cada cliente se comporta de uma forma e não existe uma regra do que tem mais demanda em cada ponto de venda. Analise os dados locais para identificar oportunidades extras.

5) Ofereça serviços

Outra forma de impulsionar as vendas no fim de ano é oferecer serviços adicionais. Da encomenda da ceia de Natal à entrega dos produtos em domicílio, passando por embalagens especiais ou por um sommelier que informe sobre os melhores espumantes e vinhos para as festas, é possível fazer muita coisa e acelerar suas vendas.

6) Combine o jogo com os parceiros

A loja de proximidade é a face visível de uma longa cadeia de abastecimento de produtos. E a loja só terá os produtos corretos nas prateleiras se os fornecedores forem capazes de entregá-los. Por isso, estruture parcerias para contar com espaços especiais das marcas mais desejadas pelos clientes, garanta uma reposição rápida dos estoques e busque novas oportunidades para impulsionar as vendas – um produto aqui, outro ali, e o tíquete médio pode ter um crescimento significativo.

7) Fique atento à infraestrutura

O período de festas pode ser muito estressante para os clientes. Lojas cheias, com filas enormes, são o pior pesadelo dos consumidores – e uma fonte de insatisfação que pode roubar vendas muito além das festas de fim de ano. Por isso, esteja atento a diversos fatores relacionados à infraestrutura da sua loja:

· As conexões com as operadoras de cartão de crédito são velozes o suficiente para dar conta da demanda?

· A conexão dos terminais PDV com o Fisco está funcionando bem, ou o cliente precisará esperar muito tempo pela liberação da nota fiscal?

· O WiFi da loja está funcionando bem para mostrar os vídeos que os fornecedores prepararam para os clientes?

· Seu aplicativo está funcionando corretamente?

· Seu e-commerce está processando os pedidos com velocidade? Você consegue fazer as entregas na velocidade necessária?

Todos esses pontos já deveriam ter sido revisados a essa altura do campeonato, mas sempre vale uma verificação extra. Especialmente se sua loja de proximidade está em uma região turística, que terá um grande fluxo adicional de clientes em um período de tempo bastante curto.

Com a chegada do período de fim de ano, estamos na “hora da verdade” do varejo – é a chance de impulsionar suas vendas e garantir um saldo positivo. A Linx conta com uma série de soluções de rápida implementação que geram ganhos nas mais diversas áreas do seu negócio – da retaguarda às vendas omnichannel, passando pelos meios de pagamento, soluções de marketing / remarketing e fidelidade.

Quer dar um impulso nas vendas do seu varejo de proximidade no final do ano? Fale com a gente e descubra um mundo de possibilidades para seu negócio!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!