Varejo de moda no Dia das Mães: como vender mais?
Transformação Digital

Varejo de moda no Dia das Mães: como vender mais?

Investimentos em tecnologia e boas estratégias de comunicação, personalização e gestão podem ajudar o varejo de moda no Dia das Mães, uma das datas mais importantes do segmento 

O Dia das Mães é uma das datas mais importantes do calendário para o varejo de moda. No ano passado, por exemplo, 69% dos consumidores planejaram comprar itens de vestuário para presentear as mães. Aproveitando a troca de estação que está por vir, essa também é uma oportunidade em que muitos clientes fazem compras pessoais, o que impulsiona ainda mais as vendas do período.

Um dado interessante dessa pesquisa de 2021 do IEMI – Inteligência de Mercado é a presença dos meios digitais: 37% dos consumidores preferiram comprar roupas online em vez de ir pessoalmente a uma loja. Esse cenário seria impensável há alguns anos, quando se dizia que o varejo de moda e o mundo digital não “dariam match”.

Varejo de moda no Dia das Mães_como vender mais

O varejo de moda, por sinal, é o segundo maior setor do e-commerce brasileiro em número de pedidos (14,5% da quantidade total, segundo a Ebit|Nielsen) e o sétimo maior em faturamento (6%, uma vez que categorias de alto valor, como celulares, informática e eletrônicos, ficam em vantagem).

Mais do que isso, a pandemia acelerou a transformação digital no setor. Com lojas fechadas, mas repletas de produtos, as principais redes perceberam que deveriam aproveitar esse estoque para vender pelas redes sociais e aplicativos de mensagem. Rapidamente, comprar roupas pelo celular passou a ser algo comum.

A importância das vendas digitais já aparece nos balanços financeiros das principais empresas do setor. A Riachuelo, por exemplo, disse que no 4º trimestre de 2021 suas vendas online saltaram 72%, já respondendo por mais de 10% das vendas da empresa. O número de usuários do app da marca saltou 138% na comparação anual. Ser digital, hoje em dia, é essencial.

E o que é possível fazer para aproveitar o Dia das Mães 2022 para impulsionar as vendas do varejo de moda? O lojista precisa estar atento a estes 5 pontos importantes para seu negócio: 

1) Otimize seus pontos de contato digitais

Como acontece nas principais datas promocionais do varejo, o Dia das Mães é um período curto em que qualquer problema pode fazer com que a venda seja perdida. Por isso, o varejista precisa estar alerta ao seu site e aplicativo, para garantir que tudo funcione perfeitamente.

Esteja atento, especialmente, a aspectos operacionais, como a velocidade de carregamento das páginas, a qualidade das imagens, o processo de checkout e a logística. Antecipe-se: verifique se existem falhas, processos ou mensagens que induzam a erro e corrija qualquer problema.

Além disso, vale lembrar que neste período os consumidores vão desejar, ainda mais que o normal, um atendimento rápido e eficiente. Por isso, desenvolva vitrines focadas em presentes de Dia das Mães e avalie a possibilidade de criar kits promocionais para elevar seu ticket médio e fazer o cliente resolver sua missão de compra com agilidade. 

2) Segmente sua comunicação

Utilize sua base de dados e o conhecimento que você tem sobre seu público para desenvolver comunicações segmentadas. Quanto mais personalizada for a mensagem, maior a possibilidade de apresentar ofertas e promoções que interessem o cliente, o que leva a um aumento da conversão.

No caso do Dia das Mães, é preciso levar em conta que normalmente a compra é feita por uma pessoa diferente daquela que vai usar o produto. Assim, a comunicação precisa ser dirigida ao shopper, que pode ter características completamente diferentes da pessoa presenteada. Isso também exige ajustes na comunicação: pode fazer sentido, por exemplo, utilizar mais mídias sociais ou mesmo plataformas de games para anunciar produtos de moda no Dia das Mães. 

3) Omnichannel a toda prova

A cada ano, as vendas omnichannel se tornam mais importantes para o varejo. Na Black Friday 2021, por exemplo, a receita bruta de mercadorias (GMV) dos pedidos omnichannel aumentou 34% na comparação anual, com 27,4% mais pedidos e 82% mais lojas omnichannel ativas.

Isso comprova que existem excelentes motivos para que você seja omnichannel. Você fica muito mais próximo do cliente e consegue entregar mais rapidamente os pedidos se as lojas físicas funcionam como pontos de retirada ou como hubs de distribuição para a vizinhança. Dessa forma, é possível atender até mesmo pedidos de última hora – o que aumenta suas possibilidades de venda e permite aproveitar melhor as oportunidades. 

4) Venda pelas redes sociais

Redes como Instagram e TikTok são cada vez mais importantes na estratégia de vendas do varejo – e neste Dia das Mães não será diferente. As redes sociais permitem segmentar a comunicação, as promoções e as condições comerciais para impactar consumidores de forma mais personalizada. Com isso, os resultados aparecem e sua marca consegue atrair novos clientes e reter atuais consumidores.

Ainda na linha de usar novos canais digitais como plataforma de vendas, vale apostar no live streaming. Também chamado de live shopping, é uma forma de usar transmissões ao vivo pela internet como ferramentas de venda, estimulando o engajamento dos clientes e oferecendo, ao mesmo tempo, conhecimento, entretenimento e vendas. O mais interessante é que sua loja física pode ser integrada ao live streaming, transformando o PDV em um estúdio, gerando mais movimento e aumentando a vocação da loja em ser um ponto de experiência para os clientes. 

5) Aproveite a força dos marketplaces

Para vender bem no Dia das Mães, o varejo de moda precisa ter uma estratégia bem desenvolvida nos marketplaces. Invista em publicidade nas plataformas, avalie a possibilidade de deixar a logística a cargo das plataformas (para reduzir os prazos de entrega) e utilize táticas para aumentar a visibilidade de seus produtos (do SEO à publicidade nativa, muito pode ser feito).

Criar uma boa estratégia de Ads para os marketplaces é fundamental para alcançar bons resultados. Você pode usar a publicidade nas plataformas não apenas para gerar vendas no digital, mas também como parte de uma jornada que leva o cliente para sua loja física ou e-commerce. É possível, por exemplo, testar produtos no marketplace e alcançar uma audiência muito maior do que você conseguiria com seu e-commerce, ou então entrar em novos mercados ou gerar mais dados – e a partir daí, obter mais insights sobre os clientes para utilizar em todos os canais de relacionamento e vendas. 

Faltam poucas semanas para uma das principais datas promocionais do ano. É hora de fazer os ajustes finais para que seu negócio venda o máximo possível. O uso de tecnologia pode ajudar o varejo de diversas formas: com novos canais de relacionamento, integrando todas as suas operações, trazendo inteligência para a gestão do negócio e utilizando o poder da análise de dados para personalizar o relacionamento com os clientes.

A Linx Digital é líder em tecnologias para o varejo digital, com plataforma de e-commerce, marketplaces, personalização, busca inteligente, retargeting, mídia e omnichannel que colocam a experiência do consumidor final no centro de tudo. Com a gente como parceiro, você pode vender ainda mais. Fale com nosso time de vendas e melhore seus resultados ainda neste Dia das Mães!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente