Tomada de decisão com base em dados: como aplicar no seu restaurante?
Bares e restaurantes

Tomada de decisão com base em dados: como aplicar no seu restaurante?

O estudo dos processos de tomada de decisão sempre fez parte dos temas que envolvem a gestão. Várias teorias buscaram explicar como tomamos uma decisão, o que favorece erros e acertos e até os limites de nossa racionalidade.

Com a transformação digital, a importância da tomada de decisão baseada em dados assumiu um novo papel, pois o processo de mudança pelo qual passamos é, essencialmente, sobre a forma como usamos os dados e a nossa capacidade de responder de modo imediato à informação que coletamos.

Ao entender isso e aprender a trabalhar com essa nova realidade, muitas empresas podem alcançar uma boa vantagem competitiva e aproveitar oportunidades únicas. Vamos entender melhor sobre como fazer isso no seu restaurante? Continue a leitura!

Qual é a importância da tomada de decisão pautada em dados?

Para começar, vamos entender melhor como a lógica da introdução impacta nosso dia a dia. Quando começamos a informatizar empresas e a coletar dados de modo mais eficiente, eles eram mais relativos a detalhes internos e operacionais, como quantidade de itens parados no estoque, ticket médio de cada pedido, curva ABC de lucratividade e vários outros relatórios que continuam muito importantes, mas voltados para o que acontece na empresa.

Com eles, fica mais fácil estruturar o negócio, aumentar a eficiência e garantir a estabilidade financeira de que as empresas precisam para crescer. No entanto, essas informações tinham limitações sobre o relacionamento com o cliente, a forma como ele se comporta e os pontos de atrito do atendimento que precisam de atenção.

Com iniciativas que mudam a lógica do negócio, como dark kitchens e o omnichannel, é preciso ir além com o uso de dados. Eles precisam funcionar em um nível de integração ainda maior, que supera os limites da empresa, envolvendo fornecedores e o próprio cliente. Além disso, todas as informações ainda precisam estar disponíveis em tempo real.

Um grande desafio

No mundo digital tudo está conectado, disponível em um clique, de forma específica, imediata, com o máximo de personalização e em grande volume. Tentar deduzir preferências e encontrar oportunidades em uma realidade tão complexa e sem dados em tempo real fica muito mais difícil.

Por outro lado, quando esses dados são usados para desenvolver novas ações, automatizar processos e definir prioridades, toda a equipe consegue assumir uma postura mais estratégica e menos operacional. Há ganho de produtividade e, em consequência, aumento da lucratividade.

Por que assumir essa postura estratégica no meu restaurante?

A excelência na gestão é um requisito, mas não garante a competitividade do negócio. As técnicas para tomada de decisão precisam ir muito além dos detalhes operacionais se a empresa desejar um lugar de destaque. O setor de food service oferece vários exemplos de excelentes ideias que só ganharam o mundo depois de uma mudança estratégica importante.

Negócios de sucesso são forjados com base em estratégias elaboradas para entregar um valor superior para o consumidor. Esse exercício envolve o desenvolvimento de inovações. Elas precisam ser aceitas pelo público como algo que os consumidores valorizam mais do que o que precisam desembolsar para obter, o que depende de personalização e agilidade na resposta.

Quais são as melhores práticas para garantir o sucesso nessa jornada?

Não existe receita de bolo sobre como trabalhar as estratégias e tomar suas decisões, mas as boas práticas de uso de dados são conhecidas e comprovadas. Não vamos entrar em detalhes técnicos sobre elas, mas é fundamental entender três aspectos determinantes para estruturar o negócio para o uso de dados.

Conheça seu público

Como já adiantamos, as informações sobre o público são uma parte importante nas estratégias atuais. Quanto mais informação você conseguir para decifrar como ele faz suas pesquisas, os detalhes que o ajudam a decidir, quais as dificuldades que ele enfrenta e assim por diante, mais fácil vai ficar de montar uma estratégia e desenhar uma experiência de compra alinhada à jornada dele.

Especialmente os clientes mais jovens — mas não apenas eles —, se acostumaram a ter quase tudo em poucos cliques. Eles exigem agilidade, praticidade, segurança, personalização e esperam ser chamados pelo nome.

Para entregar essas exigências de forma efetiva, você precisa de dados pontuais, como o que, a que horas e com qual frequência os seus clientes consomem no seu restaurante. Com essas informações a partir de um sistema de inteligência promocional, fica mais fácil criar e executar campanhas personalizadas para públicos específicos e gerenciar um programa de fidelidade que engaje seus consumidores.

O resultado disso é que o seu esforço e o seu investimento alcançam resultados ainda maiores, garantindo um percentual de retorno sobre investimento cada vez maior.

Conte com o apoio de indicadores de performance

Nenhuma empresa alcança um status de excelência que não possa, um dia, ser atingido pela concorrência — ainda que possa permanecer assim durante um tempo. Por isso, a busca por aprimoramento precisa ser uma atividade constante e incansável, mesmo para quem atingiu o topo, se desejar se manter por lá.

Nesse contexto, a grande vantagem dos indicadores de performance é que eles servem de referência para decidir onde concentrar os esforços. De forma clara e objetiva, os indicadores apontam as prioridades de melhoria, com base no que pode trazer mais resultados no curto, médio e longo prazos.

Além disso, a consulta desses indicadores deve ser facilitada por dashboards intuitivos e acessíveis de qualquer lugar e por meio de qualquer dispositivo, afinal, um dos principais papeis do sistema de gestão é oferecer informações de modo prático, imediato e fácil de assimilar.

Implante um sistema que apresente dados em tempo real

Um sistema de gestão bem elaborado vai oferecer a possibilidade de avaliar esses indicadores na forma de um painel fácil de compreender, visualizar e acessar. Eles monitoram os resultados em tempo real, com segurança de dados e alto nível de precisão.

Além disso, é preciso lembrar do que comentamos no início do texto sobre o volume de dados disponíveis: se no passado as decisões eram dificultadas pela falta de dados, hoje é mais provável ter problemas com o excesso deles.

O sistema é fundamental para coletar, organizar, tratar e apresentar dados em um formato útil, objetivo e confiável. É por isso que a Linx desenvolveu um portfólio completo de soluções. Nosso sistema automatiza processos, facilita a rotina de trabalho e aumenta a produtividade, o que permite assumir uma postura mais estratégica, pois o tempo dedicado às tarefas operacionais pode ser reduzido.

De outro modo, qualquer um pode passar o tempo todo levantando e organizando dados, sem conseguir tempo para avaliá-los, impedindo que eles sejam aproveitados para a tomada de decisão e resolução de problemas.

Na atualidade, ainda é preciso considerar que o consumidor espera respostas e soluções rápidas, o que é possível se os dados estão disponíveis quando você precisa — e eles sempre são necessários em tempo real. Se a informação chega para você imediatamente, é possível criar estratégias e ações mais assertivas, respondendo rapidamente ao movimento da concorrência. Em um mercado tão competitivo e dinâmico como o food service, isso é essencial.

Além da agilizar os processos, essa dinâmica ajuda a fidelizar o seu cliente, pois entrega o serviço que ele deseja.

Tudo sob o seu controle

Já no delivery, uma plataforma própria permite a criação de um site e um aplicativo exclusivos para seu negócio, o que elimina a dependência de empresas terceiras e da comissão que você precisa pagar para utilizar os serviços delas.

Quando você usa uma plataforma de terceiros, as informações dos seus clientes não chegam até você. Ou seja, todas as informações sobre o seu cliente e a possibilidade de um relacionamento mais próximo com ele são limitadas e geridas por esse fornecedor, o que cria uma grande dependência dele. Com plataformas próprias, como a que fornecemos, as ações de marketing, a gestão das vendas e as ações de fidelização são todas geridas pelo seu restaurante.

Isso aumenta a autonomia na tomada de decisão e a sua lucratividade, permitindo ainda personalizar as ações direcionadas aos clientes, o que aumenta as vendas e a taxa de fidelização. Ou seja, além de maior liberdade para decidir, você fica mais à vontade para inovar e diferenciar o seu negócio da concorrência, favorecendo a competitividade.

Para concluir, vale a pena mencionar a utilização dos dados para automação do atendimento e da comunicação com o cliente, que tem preferência pelo autosserviço— modelo onde o próprio cliente realiza o pedido. As tecnologias utilizadas nesses modelos estão cada vez mais humanizadas e levantam muitos dados para a tomada de decisão.

Para ter mais detalhes a respeito, saiba como usar dados para refinar a comunicação com o cliente e tenha mais sucesso no seu negócio.

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente