O e-commerce chegou no varejo farmacêutico
Farmácias e drogarias

O e-commerce chegou no varejo farmacêutico

Por Amanda de Melo Granja, Customer Success na Linx.

Em 2020 muitas coisas mudaram no cotidiano da população mundial devido aos efeitos da pandemia. As pessoas passaram a ficar muito mais tempo em casa, cuidando dos filhos, trabalhando ou se divertindo. A internet e os serviços de streaming nunca foram tão necessários. Essa mudança drástica na rotina trouxe numerosos impactos na economia mundial, mas sem sombra de dúvida, uma das principais mudanças está relacionada ao comportamento de compra do consumidor. O varejo online ganhou destaque no dia a dia das pessoas e passou a ser peça fundamental da engrenagem econômica durante a pandemia do novo coronavírus.

Como a pandemia impactou as farmácias

Com as lojas fechadas e o medo da contaminação, as pessoas tiveram que recorrer à internet para adquirir seus produtos e serviços, e com isso, o e-commerce brasileiro registrou um crescimento de 47% no primeiro semestre de 2020, maior alta em 20 anos de um mercado que já estava crescendo ano a ano. Quem protagonizou esse crescimento foi o varejo farmacêutico. Segundo a revista Exame edição de maio/2020, o crescimento real de vendas digital na categoria saúde foi de 131% e na categoria beleza foi de 74%, o que mostra uma mudança de comportamento não só no consumidor, mas também do empresário farmacêutico.

Transformação digital: ponto de partida

O varejo de farmácias expandiu significativamente o relacionamento com seus consumidores por meio dos celulares, computadores e tablets. Esse mercado já entendeu que uma atuação restrita à loja física pode prejudicar o sucesso do negócio. Farmácias de todos os portes estão se adequando a essa nova tendência de compras por cliques.

O futuro das lojas físicas

Mas alguns questionamentos surgem com a aceleração das vendas online: Qual o futuro da farmácia física? Será que estão condenadas a extinção?

A resposta para essa pergunta é não! Contudo, é inegável a mudança de papel da loja física na jornada de compra do consumidor. As farmácias continuarão existindo e, com certeza, com a retomada da economia, vão crescer bastante nos próximos anos. Porém, ficou claro durante a pandemia que as farmácias que não atuam no ambiente online vão perder espaço e relevância.

e-commerce farmacêutico

 

Omnicanalidade

A melhor estratégia para os empresários do setor é combinar seus canais de vendas e fazer com que o ambiente online complemente o ambiente físico. Essa estratégia, também conhecida como visão omnichannel, faz com que a jornada de compras do consumidor seja mais encantadora e muitas vezes mais efetiva. Ele pode iniciar o interesse por um produto na loja física e fechar a compra pela internet, ou comprar online e retirar na loja.

As estratégias e campanhas de comunicação devem se complementar nas diversas plataformas, fazendo com que o varejista passe o mesmo recado independentemente do formato de divulgação da marca e suas ofertas. Na prática, o varejo farmacêutico deve combinar o melhor dos dois mundos e criar uma experiência diferenciada para os clientes.

A jornada de compra mudou

A farmácia gera relacionamento direto e contato sensorial com os produtos, além da presença da marca nas ruas comunicando todos os dias quem passa por ali. A marca e a jornada de compra presentes na loja física também são alavancas importantes de acesso para o e-commerce, principalmente para as empresas que são menos conhecidas. Combinando o físico com o digital, o varejo farmacêutico pode ampliar sua relação com o consumidor, tornando a experiência mais agradável e o relacionamento duradouro com a farmácia. É possível mapear todas as páginas que o cliente navega, qual produto selecionou, quanto tempo ficou na página e na sequência criar uma abordagem de comunicação via e-mail, por exemplo, com alguma oferta específica para compra ou retirada na loja daquele produto que o cliente selecionou e não comprou.

Os empresários farmacêuticos devem usar toda essa experiência acumulada no ambiente online para atrair clientes para uma de suas lojas físicas e vice versa. Promoções, eventos e interações customizadas são caminhos para esse fluxo contínuo entre o ambiente online e físico.

Ambos os canais (físico e online) têm um potencial incrível de crescimento e o empresário farmacêutico deve saber extrair o melhor desses dois mundos, para assim garantir a perenidade de seu negócio.

Com certeza estamos vivendo em um mundo cada vez mais digital, mas não podemos esquecer que o ser humano é um ser social, então o relacionamento presencial faz muita diferença. Portanto, é possível afirmar que o futuro das farmácias é extremamente promissor, seja na rua, shopping, telefone ou internet. Cabe a cada gestor entender e aplicar a melhor estratégia.

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente