Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Moda: 5 dicas para se destacar no comércio digital

Moda: 5 dicas para se destacar no comércio digital

Atrair a atenção do consumidor em meio a tantas possibilidades é um desafio para o varejista

Conquistar clientes que têm muitas opções de compra na palma da mão torna a rotina de quem trabalha com e-commerce de moda mais desafiadora

O mercado do varejo online segue alcançando excelentes resultados no Brasil. Para 2019, a estimativa da consultoria Ebit/Nielsen é que o faturamento do setor tenha um aumento de 15%, comparado ao ano passado. E, entre os segmentos que mais faturam no comércio eletrônico, as lojas de moda e acessórios ganham destaque na preferência do público.

Com a ascensão do ecommerce, impulsionada principalmente pelo avanço da tecnologia e pela conquista da confiança dos consumidores para efetuar compras online, a concorrência torna-se cada dia mais acirrada. E, para ter sucesso no seu negócio, destacar-se em meio a tantas possibilidades é essencial. 

Neste artigo, separamos algumas dicas para que seu ecommerce de moda consiga atrair a atenção do público, conquistando clientes fiéis. Confira:

  1. Segmente mais para vender mais

Conhecer a fundo o público-alvo é essencial para o mercado de moda. O segmento é altamente concorrido e, no caso do ecommerce, tem diversos players consolidados. 

O segmento de Moda e Vestuário dominou o mercado de ecommerce em 2018, com 38% das transações. 

Nesse cenário, mais importante do que falar com todo mundo, é falar com aquelas pessoas que tem o perfil da marca. Afinal, ao saber com quem se está falando é possível criar mensagens mais claras e efetivas e ganhar força para alavancar as vendas. 

DICA: Criar uma (ou várias) persona (s) é uma forma simples de entender melhor o público-alvo. Critérios como gênero, idade, profissão, podem ajudar a desenhar também informações como interesses, ocupação, hobbies e estilo de vida dos clientes que deseja atingir. 

  1. Otimize a estrutura do seu e-commerce

Os consumidores já estão acostumados com a agilidade da internet. Se eles navegarem em um site de compras que não seja simples, intuitivo e organizado, provavelmente irão abandoná-lo com a mesma velocidade com que chegaram até ele. 

Uma mostra disso pode ser vista ao analisarmos as razões para abandono de carrinho no Brasil. Um estudo da Ecommerce Radar, realizado em 2017, mostra que 37% dos consumidores desistem da compra pela exigência de criar uma conta e 28% ao se depararam com um checkout complicado ou muito longo. Outros 20% deixam para trás os itens escolhidos por causa de erros no site e 19% por não confiarem na plataforma para fornecer dados confidenciais. 

Features como o Easy Checkout, ao contrário do checkout tradicional, possui etapas simplificadas sem o carregamento de quatro etapas em diferentes telas, o que proporciona um melhor índice de conversão. Com o Easy Checkout você pode permitir o login por redes sociais e autopreenchimento de campos para novos cadastros; criar textos explicativos para cada forma de pagamento (datas de validade, dicas de pagamento com boleto, etc.; mostrar o resumo do pedido de forma clara, ampla e de fácil acesso.

Todos esses itens fazem parte de melhorias que um bom projeto de User Experience (UX) deve ter, reduzindo as perdas na jornada de compra e aumentando os resultados das vendas. Além disso, é importante trazer inovação e facilidades que surpreendam o cliente final: uma ferramenta que simula suas medidas para indicar com mais precisão o tamanho das roupas, por exemplo, aumenta a confiança e a chance de conversão. 

DICA: Além da preocupação com a experiência do usuário, ecommerces de moda também precisam ter atenção especial com o catálogo. Sem a opção de experimentar as peças é importante que o cliente encontre boas fotos – de vários ângulos diferentes e, é claro, de excelente qualidade – com descrições precisas dos atributos, como tamanho e dimensões, tipos de tecido e detalhes. 

  1. Invista no mobile

Segundo a Ebit/Nielsen, em 2018, foi registrado um aumento de 41% no volume de pedidos do ecommerce via dispositivos móveis. Mas, ainda segundo o levantamento, atualmente, apenas 24% dos ecommerces brasileiros oferecem sites responsivos para mobile. Com 230 milhões de smartphones ativos no Brasil, esse é um canal a ser melhor explorado. 

Por tudo isso, adaptar-se ao mobile é não apenas uma necessidade, mas uma obrigação para o varejista de moda que quer se diferenciar no mercado. Com um site pensado para a navegação em dispositivos móveis é possível captar a atenção de quem procura pela mesma facilidade de navegação do desktop.

  1. Marque presença no ambiente digital

Colocar o ecommerce no ar não é garantia de sucesso em vendas, mas ter uma boa plataforma preparada para o negócio é o melhor jeito de iniciar. Depois disso, para se destacar no vasto ambiente virtual, é necessário investimento e estratégia em ações que chamem o usuário até a loja. Por exemplo, anunciar em marketplaces para se destacar da concorrência. Após o consumidor chegar até você, inicia-se então as ações para manter relacionamentos de longo prazo com seus prospects e clientes, seja por meio de estratégias de engajamento ou de re-engajamento, quando o consumidor saiu e pode retornar.

Atualmente, além das ações feitas no seu site (vitrines personalizadas, busca inteligente, webpushes, overlay, dentre outros) são muitas as possibilidades de estar em contato com seu público. Além do próprio site e de ações de e-mail marketing, canais sociais como Facebook, Instagram, Pinterest e WhatsApp permitem a interação, que pode ir de tirar dúvidas até iniciar vendas. 

Mas, vale ressaltar que seus concorrentes também estão prontos para ocupar esses espaços. Por isso, é importante ter um plano de ação bem traçado, metas definidas e, principalmente, estar pronto para oferecer conteúdo inteligente e de qualidade. Interaja com seu público de forma contínua, apresente novidades e promoções e atraia o tráfego para sua loja.

DICA: Apostar em influenciadores digitais pode ser interessante para sua loja. No segmento de moda, o peso das indicações sobre o mundo fashion, dicas de estilo e tendências feitas por canais independentes já está bem estabelecida. Só é importante avaliar bem com quem sua marca irá se associar para evitar dores de cabeça no futuro.

 

  1. Potencialize a experiência do consumidor

Cada vez mais, os consumidores buscam experiências únicas. Antes, durante e depois da compra eles querem que sejam a sua cara, se adaptem aos seus gostos e estilo de vida. Por isso, atrair e fidelizar o público para uma loja online passa, certamente, por atender aos desejos de cada um de seus clientes. 

Para que cada consumidor tenha uma experiência única, invista em estratégias de personalização como as citadas anteriormente. No caso da navegação no site, por exemplo, já temos tecnologia disponível para montar vitrines, definir anúncios e indicações de produto de acordo com interesses identificados pelo comportamento de cada usuário.

Potencializar a experiência do consumidor também passa pelo investimento em uma estratégia omnichannel. Disponibilizar diferentes formas de pagamento, oferecer a retirada da compra online em lojas físicas – diminuindo custos e prazos de entrega – ou permitir que o cliente experimente a roupa na loja e finalize a compra virtualmente são algumas das ações que você pode fazer para valorizar a jornada de compra do consumidor. 

O gerenciamento de um ecommerce de qualidade, que opera com eficiência, nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais quando se trata do segmento de moda, que apresenta muitas especificidades, um público exigente e concorrência acirrada. Para se destacar nesse mercado, contar com uma solução robusta proporciona uma melhor jornada de compra para o cliente e um gerenciamento completo da sua loja online. 

A Linx Digital oferece a solução Linx Commerce, que centraliza tudo o que você precisa para seu ecommerce em uma única plataforma; a Linx Impulse oferece tudo que você precisa para otimizar a performance da sua loja; e a Linx Omni é onde começa a verdadeira experiência omnichannel.  Entre em contato!

 

Contato comercial
Envie uma mensagem ou Chat online

Telefone Comercial:

3003-0400

Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 18h.