Meios de pagamento: tendências para o varejo 
Meios de pagamento

Meios de pagamento: tendências para o varejo 

Você está ligado nas tendências dos meios de pagamento nos dias atuais? O mundo do varejo está em constante transformação, impulsionado por avanços tecnológicos que moldam a forma como os consumidores fazem suas compras. Uma das áreas que mais tem evoluído nesse sentido é a de meios de pagamento. Fique de olho!

Com inovação e atualização da operação é possível impulsionar o crescimento e a produtividade no seu negócio. Hoje, a marca que não consegue acompanhar o mercado pode acabar encontrando dificuldades na hora de garantir a preferência do público. 

Neste blogpost, vamos abordar sobre as tendências de meios de pagamentos e o que vêm ganhando relevância no setor. 

tendências meios de pagamento

Evolução dos meios de pagamentos 

A cada dia que passa surgem novas formas de pagamento e tecnologias que permitem facilitar o processo de compra do nosso cliente. Se refletirmos sobre a linha do tempo dessa evolução, somos levados a um passado distante com o escambo, no qual as pessoas trocavam bens e serviços diretamente, sem a necessidade de dinheiro. 

Avançando no tempo, por volta de 600 a.C., moedas de metal foram cunhadas, dando origem a uma forma tangível de representar valor. A China do século 7 d.C. criou as notas de papel, introduzindo a ideia de que um pedaço de papel poderia representar um valor monetário. Mais tarde, no século 20, os cartões de crédito começaram a surgir, oferecendo uma maneira mais conveniente de se fazer compras. 

Essas foram épocas em que as inovações em meios de pagamento levavam décadas, senão séculos, para se concretizar. No entanto, com a globalização e a digitalização das operações comerciais, assistimos a uma aceleração exponencial no desenvolvimento de novas tecnologias e métodos de pagamentos. 

Neste cenário de mudanças rápidas, o varejo precisa ficar atento às tendências dos meios de pagamento para atender às expectativas e necessidades dos consumidores. Estamos olhando para a ascensão de cartões de crédito e débito, pagamentos por aproximação (contactless), transferências e boletos bancários, carteiras digitais, Pix, link de pagamento, QR Code, entre outros. 

O Pix, que no começo não tínhamos certeza se teria alta adesão, principalmente pela dúvida sobre a segurança da operação, tornou-se um dos métodos de pagamento mais utilizados no Brasil –  somente em 2022 foram mais de 24 bilhões de transações realizadas, de acordo com o Banco Central. A expectativa é que esse número cresça 70% até o final de 2023.  

Tendências dos meios de pagamento: o que vem por aí?

Como comentado anteriormente, a evolução exponencial das tecnologias de pagamento tem aberto espaço para soluções que dificilmente poderíamos prever ou acreditar que um dia seria possível concretizar. Já pensou em realizar o pagamento em uma loja se aproximando do caixa e fazendo o escaneamento facial? Ou até de pagar apenas utilizando um comando de voz? A seguir mostraremos algumas tendências dos meios de pagamento inovadoras que já começaram a ser vistas e utilizadas no mercado. 

Pagamentos móveis 

Com o crescimento dos smartphones, os pagamentos móveis se tornaram uma tendência significativa no varejo. Aplicativos de pagamentos, como Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay, permitem que os consumidores façam compras com apenas um toque.  

Pagamentos por reconhecimento facial 

A biometria está ganhando espaço nos meios de pagamento. De acordo com o relatório “O Futuro dos Pagamentos”, elaborado pela Mastercard, o mercado global de pagamentos biométricos deve crescer a uma taxa anual composta de 62% entre 2022 e 2030. O reconhecimento facial é uma das tecnologias promissoras na área. Com a capacidade de autenticar os clientes com base em suas características faciais, os varejistas conseguem tornar as operações de pagamento mais seguras e convenientes.  

A C&A já lançou essa tecnologia em suas lojas físicas. A funcionalidade foi liberada para clientes do C&A Pay, que devem apenas fazer o cadastro no aplicativo da loja e cadastrar CPF e senha para começar a utilizar a solução. 

Pagamentos por criptomoedas 

As criptomoedas, como Bitcoin e Ethereum, estão sendo gradualmente aceitas por empresas varejistas. Embora ainda não seja uma opção muito difundida, a adoção está aumentando. As criptomoedas oferecem benefícios como taxas de transações mais baixas e segurança na operação. 

Pagamentos por moedas digitais 

O Banco Central tem um projeto de moeda digital brasileira (Drex), que nada mais é do que uma extensão do dinheiro físico, com o mesmo valor do real em papel moeda. Diferentemente das criptomoedas, as moedas digitais possuem centralização na sua emissão e controle das transações, sendo geridas por instituições financeiras ou governos.  

Pagamentos sem contato (NFC) 

A tecnologia NFC (Near Field Communication) permite pagamentos sem contato, onde os clientes podem simplesmente aproximar os seus cartões ou dispositivos móveis do leitor para concluir a transação. Esse tipo de pagamento ganhou mais força durante a pandemia do COVID-19, ao evitar o contato físico entre os envolvidos na transação. O relatório da Mastercard, compartilhado acima, projeta um valor de US$ 9,8 trilhões em transações sem contato na POS até 2026. 

Pagamentos por reconhecimento de voz 

Assistentes de voz, como a Siri, Google Assistente e Alexa, estão sendo integrados aos sistemas de pagamento. Isso permite que os consumidores realizem compras apenas com o comando de voz. Muitas dessas soluções vêm de uma proposta de “Invisible Bank” (Banco Invisível), que consiste em garantir a entrega de produtos e serviços bancários incorporados nas atividades diárias dos consumidores por meio de inteligência artificial, interfaces de voz e outras tecnologias emergentes. 

Por enquanto, o pagamento por reconhecimento de voz ainda está no início da implementação, enquanto caminhamos para a disponibilização da solução em operações digitais. Ainda assim, não descartamos encontrar, futuramente, em lojas físicas. 

Pagamentos integrados ao software de gestão 

À medida que os estabelecimentos buscam otimizar suas operações e simplificar processos, a capacidade de realizar transações que estejam integradas ao sistema de gestão se tornou uma necessidade. Isso não apenas economiza tempo, mas também reduz erros e melhora a eficiência do negócio, uma vez que a loja consegue gerenciar a operação de forma mais centralizada e segura. Pix, Link de Pagamento, Conta Digital e o PDV Móvel são algumas das soluções Stone que já são possíveis integrar aos softwares Linx.  

Conheça a integração Stone e Linx 

Desde 2020, a Linx e a Stone se uniram para desenvolver soluções que entregam uma experiência de compra completa para todos os clientes, em um único lugar.  

Para conhecer mais sobre as soluções e ver como podemos te ajudar nessa integração, entre em contato por aqui. 

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!