Meios de pagamento digitais: como eles podem ajudar a atrair mais clientes

Meios de pagamento digitais: como eles podem ajudar a atrair mais clientes

O setor financeiro está em constante mudança no Brasil, e os novos meios de pagamento digitais vêm facilitando a vida dos consumidores e lojistas

A transformação digital nos últimos dois anos não mudou só os modelos de vendas e consumo, mas também o método de pagamento oferecido pelo lojista. Atualmente, o consumidor quer escolher qual vai ser a melhor forma de pagamento para utilizar em determinados momentos. Além disso, a geração Y e Z têm evitado usar formas de pagamento mais tradicionais, como o cartão de crédito e investido em meios de pagamento digitais

De acordo com o Relatório Varejo 2022, realizado pela Adyen – uma plataforma de tecnologia financeira, 52% dos entrevistados brasileiros declararam que já desistiram de uma compra por não poderem pagar como queriam. Não há como negar que a forma de pagamento influencia na decisão de compra e, portanto, na aquisição e retenção de um consumidor.

Sendo assim, quando se planeja uma estratégia de gestão de vendas, deve-se lembrar que o meio de pagamento é um grande trunfo para quem busca atrair clientes (e claro, mantê-los). O comerciante, seja ele físico ou digital, precisa estar atualizado com as novas tendências de pagamento e também alinhado às preferências e hábitos dos seus clientes. 

Além do cartão de crédito e débito, ou até mesmo o pagamento à vista, que já é conhecido na jornada de compra do cliente, também existem outras formas que têm sido cada vez mais presentes no dia a dia do varejista. Conheça cinco tendências em meios de pagamento digitais que têm conquistado o bolso do consumidor. 

meios de pagamento digitais

Links de pagamentos 

Como o próprio nome diz, é um link que contém todas as informações sobre o pagamento que o cliente precisa fazer. Esse formato permite ser enviado em diferentes meios de comunicação, como aplicativos de mensagens como o WhatsApp.

Pagamentos por aproximação

Segundo o relatório da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços – Abecs, o uso do pagamento por aproximação cresceu 300% no terceiro trimestre de 2021. Esse método foi impulsionado pela pandemia, como forma de reduzir o contato físico.

QR Code

O modelo de QR Code armazena informações importantes sobre o pagamento a ser realizado. O cliente só precisa fazer a leitura do código utilizando um dispositivo móvel. Segundo a Juniper Research, consultoria britânica, o número de pessoas que usarão essa solução para fazer pagamentos poderá chegar a 2,2 bilhões até 2025. Esse crescimento se dá, sobretudo, por causa de países emergentes, como o Brasil.

Carteira Digital 

De acordo com o relatório The Global Payments Report, da Worldpay from FIS, empresa de tecnologia de pagamentos, até 2024, a carteira digital de pagamento será responsável por mais de 51% de todo o volume de pagamento no comércio eletrônico. Tal dado mostra que esse formato pode ser visto como uma tendência do universo de e-commerce. 

PIX

O pagamento via PIX no comércio eletrônico representa 11,5% de todos os meios utilizados pelos consumidores. Desde o seu lançamento (no final de 2020) até hoje, o Brasil contabiliza mais de 454 milhões de chaves cadastradas e pelo menos 128 milhões de usuários no país.

Desde que foi lançado, o PIX evoluiu em suas funcionalidades. Além de possibilitar pagamentos e transferências na hora, agora existe a possibilidade de ofertar o PIX Saque, que permite que os usuários saquem dinheiro em espécie de um ponto de venda e  o PIX Troco, onde o cliente pode efetuar uma compra no estabelecimento e pedir para ter o excedente em dinheiro físico

PIX Parcelado

Em linha com o movimento do Buy Now Pay Later (BNPL), setor que chegou ao Brasil recentemente, já vemos empresas oferecendo formas de pagamento como o PIX Parcelado. 

O método de pagamento chega como solução para todos aqueles que não querem ou não gostam de usar cartão de crédito, e como serviço para lojistas. Usando o PIX, o consumidor pode parcelar suas compras e o lojista recebe o valor total da compra no dia seguinte à compra, sem necessitar de antecipação. 

Seguindo as tendências digitais e os novos hábitos de consumo, a Linx Commerce se tornou parceira da Pagaleve, uma fintech que chegou ao mercado no final de 2021, como uma solução para lojistas e consumidores que estão cansados das formas de pagamento mais tradicionais. “Existe uma grande parcela da população brasileira que não utiliza os bancos, mas tem acesso ao PIX, através das carteiras digitais. Mas também existem os jovens millennials e da geração Z, que possuem aversão aos cartões de crédito. Esses dois grupos em especial se beneficiam muito do serviço da Pagaleve, pois não cobramos juros quando compram através do nosso meio de pagamento”, explica Henrique Weaver, CEO da Pagaleve.

O serviço facilita o parcelamento do PIX em quatro vezes sem juros, de uma forma leve e sem burocracias. Com aprovação em segundos, o consumidor paga a primeira parcela no ato da compra e as demais, a cada quinze dias. Para o lojista, não há riscos de inadimplência ou chargeback. Além disso, ao oferecer a forma de pagamento, o lojista tem aumento na sua taxa de conversão e ticket médio. 

Atualmente,  já são mais de 400 e-commerces que adotaram a Pagaleve em seus e-commerces. Se você se interessou por essa novidade e quer implementar meios de pagamento digitais em seu negócio, entre em contato com o nosso comercial para apresentarmos os benefícios que a parceria entre Linx e Pagaleve pode trazer ao seu negócio.

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!