Marketplace ou loja física: conheça as vantagens e desvantagens
ERP

Marketplace ou loja física: conheça as vantagens e desvantagens

Marketplace ou loja física: em qual deles vale mais a pena investir? Vender produtos envolve um bom planejamento e, no contexto de transformação digital, é praticamente impossível não se perguntar se é melhor fazer as vendas online ou presencialmente.

O aumento de vendas online desde que a pandemia começou é nítido. Afinal, essa já era uma tendência que estava aparecendo no comportamento dos consumidores, embora a necessidade de distanciamento social fizesse com que esse processo se acelerasse.

É por isso que se perguntar se vale mais a pena vender em marketplace ou loja física é fundamental. Neste post, vamos ajudar você a ter mais ideias sobre onde investir. Acompanhe e saiba mais!

O crescimento dos marketplaces

O marketplace é um espaço virtual no qual diversas lojas se concentram e ofertam os seus produtos. Ou seja, é um ambiente colaborativo, diferentemente do e-commerce, em que apenas uma empresa comercializa os seus produtos.

Com diversas plataformas de marketplace disponíveis e devido às vantagens oferecidas aos lojistas, esse tipo de comércio eletrônico está em constante crescimento. Assim, ele chama cada vez mais a atenção de diversos negócios.

É isso que torna mais atraente a presença nos marketplaces. Mas será que chegou, de fato, a hora de a sua loja migrar do presencial para o online? Para responder a essa pergunta, vale a pena ponderar as vantagens e desvantagens dos dois espaços de vendas!

Confira as vantagens e desvantagens das lojas físicas

Lojas físicas existem há centenas de anos e são os espaços mais clássicos de vendas, até a chegada da era da digitalização. Apesar de o ambiente virtual estar forte para o comércio, isso não significa que as vantagens de vender em estabelecimentos presenciais foram deixadas de lado.

A seguir, confira as principais vantagens e desvantagens de vender em lojas físicas!

Marketplace ou loja física vantagens e desvantagens

Vantagens das lojas físicas

Experiência de compra

A experiência de compra é um fator fundamental para a tomada de decisão do consumidor. Afinal, não é apenas o preço que importa, mas um conjunto de elementos, como a possibilidade de avaliar o produto, conferir o material e ter contato com o item antes de fazer o investimento.

A estimulação de diversos sentidos, como o tato, olfato, audição, visão e, até mesmo, o paladar, faz toda a diferença na experiência de compra de um cliente. É por isso que as lojas físicas ainda apresentam vantagens comerciais.

Atendimento

Por mais que investimentos sejam feitos no atendimento online, o contato pessoal é mais acolhedor e faz a diferença na confiabilidade de um negócio. Conversar com o vendedor ainda é um fator que impacta muito na jornada de compra de um cliente, e isso faz com que as lojas físicas apresentem outra vantagem com relação ao marketplace.

Negociação

Conversando presencialmente, o vendedor e o cliente podem ter mais oportunidades de negociação. Isto é, potenciais ofertas, diferentes meios de pagamento, possibilidade de desconto, entre outras condições.

Para a loja que investe na qualidade do atendimento, isso aumenta as chances de o cliente fechar a compra. Já para o consumidor, é uma oportunidade de conseguir levar o produto por um menor preço.

Desvantagens das lojas físicas

Limitação do público

Em uma loja física, o público fica restrito a uma região. Desse modo, é preciso investir em estratégias de marketing que atraiam esse grupo de clientes ideais para que o negócio conte com um bom volume de vendas.

Manutenção da loja

Os custos para manter uma loja física também não são poucos. Aluguel, IPTU, manutenções na estrutura física do negócio, contas de luz, água e telefone, entre vários outros gastos, fazem com que a empresa precise desembolsar uma maior quantia, comparado ao marketplace.

Esses maiores gastos implicam também uma precificação mais cara, a fim de garantir a lucratividade. É esse fator que pode afastar os clientes, tendo em vista que negócios virtuais conseguem praticar menores preços.

Mais funcionários

Uma loja física também requer uma maior quantidade de funcionários atuando, para que o atendimento e os processos de produção sejam garantidos com excelência. Consequentemente, isso também faz com que os custos mensais do negócio sejam maiores.

Agora, confira as vantagens e desvantagens do marketplace

O que será que faz com que o marketplace se destaque tanto assim? Confira também as principais vantagens e desvantagens de vender nesse tipo de plataforma!

Vantagens do marketplace

Aumento do alcance

Um marketplace tem um alto volume de pessoas cadastradas e que acessam essas plataformas. Desse modo, é possível que a sua loja seja vista por mais potenciais clientes quando está presente nessas plataformas.

Além disso, esses espaços garantem uma maior retenção dos clientes, fazendo com que passem um maior tempo no site e possam encontrar mais lojas. Assim, as chances de conseguir uma maior rentabilidade e o aumento das vendas são maiores ao trabalhar com um marketplace.

Plataforma pronta

Os marketplaces se destacam ainda mais em relação aos e-commerces por oferecerem tudo pronto para que o lojista cadastre os seus produtos: plataforma online, clientes, logística, entre várias outras soluções.

Isso garante mais praticidade para as vendas e o envio dos produtos. Além disso, como os marketplaces oferecem diferentes formas de pagamento aos clientes, é possível conseguir um bom retorno, sem se preocupar com as burocracias envolvidas.

Negócio de baixo investimento

Outra vantagem é que cadastrar a sua loja em um marketplace envolve baixos custos, já que você arcará apenas com as taxas cobradas pela plataforma para manutenção e comissão. Isso reduz os investimentos com marketing, logística, construção do site, entre vários outros.

Tudo o que você precisa saber para investir melhor e ter resultados acima das expectativas

Desvantagens do marketplace

Custos com a plataforma

Apesar de serem baixos os custos, eles ainda existem. As taxas vão variar de acordo com o marketplace escolhido para hospedar os seus produtos. Desse modo, o investimento e a manutenção mensal precisam fazer parte do planejamento financeiro.

Retorno do pagamento

O pagamento das vendas no marketplace não costuma ser liberado logo após a entrega do produto. Geralmente, os valores caem para os lojistas cerca de 45 dias depois da postagem do pedido, para se certificar de que o cliente recebeu a compra sem nenhum problema.

Esse detalhe pode impactar a gestão financeira do negócio quando não é observado. Por isso, é importante ler com atenção todas as informações sobre os processos e prazos envolvidos na parceria com um marketplace.

Dificuldade em oferecer uma experiência de compra personalizada

Como a plataforma já vem pronta, é difícil dar o toque especial da sua loja no atendimento e na apresentação dos produtos. Desse modo, a experiência de compra do cliente costuma ser padronizada pela forma de venda do marketplace.

Garantir a identidade da marca é um desafio maior. Além disso, não é possível ter controle sobre a reputação do marketplace. Assim, ainda que a sua loja ofereça um atendimento exemplar, outros parceiros podem não apresentar o mesmo comportamento e a plataforma se tornar mal-conceituada no mercado.

Depois de avaliar as principais vantagens e desvantagens dos dois modelos, já consegue responder se prefere marketplace ou loja física? Quer uma dica? Contar com os dois é uma ótima maneira de complementar o seu negócio e garantir um maior volume de vendas, mais alcance, atendimento de qualidade e crescimento sustentável. Portanto, vale a pena integrar a sua empresa a uma plataforma online, assim como manter o trabalho presencial.

Gostou da leitura?Assine a newsletter do blog da Linx e fique por dentro das novidades para o seu negócio!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente