Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Entenda os impactos da LGPD no setor farmacêutico

Entenda os impactos da LGPD no setor farmacêutico

Em um cenário de tantas mudanças e novidades com a transformação digital, é fundamental ficar atento ao que de mais novo é exigido. Principalmente quando falamos em entregar a melhor experiência de compra possível, conhecer os impactos da LGPD no setor farmacêutico é um exemplo disso. Afinal, o que vai mudar para as empresas desse segmento?

Que tal, então, tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto? Preparamos um artigo completo para que você não tenha mais questões sobre qual é a importância da LGPD para a sua empresa e como se preparar para garantir a segurança dos seus consumidores. Continue a leitura e confira!

Quais são as características da LGPD?

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) é a nova regulamentação sobre o tratamento de dados pessoais, e visa reduzir as falhas e outros tipos de problemas de segurança no armazenamento e processamento de informações e dados coletados pelas empresas no ambiente físico e digital. O objetivo é incentivar melhores práticas por parte das organizações, evitando, por exemplo, o vazamento de informações sensíveis.

A LGPD pode ser resumida a partir de cinco pilares iniciais:

●       conhecimento dos dados;

●       gerenciamento das informações;

●       uso das melhores práticas de segurança;

●       documentação de tudo o que foi coletado;

●       atualização constante das estratégias e processos internos.

A ideia é que, assim, o ambiente digital se torne um espaço mais seguro para usuários e, é claro, para as próprias empresas. Afinal, o vazamento de informações pode não apenas expor o cliente, mas, também, dados estratégicos sobre o funcionamento da companhia, por exemplo.

Banner CTA_LGPD_Shopping

Quais são os impactos da LGPD no setor farmacêutico?

Querendo ou não, o setor farmacêutico lida diariamente com dados pessoais, que vão desde o CPF de um cliente até informações de cartão de crédito. Sendo assim, seja para oferecer um desconto atrelado ao CPF de quem está comprando, seja para enviar campanhas de e-mail marketing, é fundamental que as empresas desse segmento se adaptem à LGPD.

A transparência pode ser uma das exigências mais significativas para o setor, sempre avisando o cliente sobre o que pode ser feito com aquela informação fornecida.

O que fazer para se preparar?

Mas, na prática, o que deve ser feito para preparar a sua empresa para a LGPD? O primeiro passo é contar com um software de gestão que ofereça segurança e praticidade.

Além de facilitar tarefas do dia a dia, como gestão de estoques e de caixa, esse tipo de solução é uma forma de garantir maior proteção aos dados coletados e armazenados pela sua empresa.

Além disso, é importante repensar quais dados realmente precisam ser coletados e, é claro, fazer tudo de maneira transparente. Adotar as melhores práticas de segurança digital também pode ser um diferencial para se adequar à LGPD.

Para ter sucesso em um mercado tão competitivo, é fundamental executar as melhores práticas do setor e, assim, garantir que o consumidor sempre tenha uma excelente experiência com a sua marca.

Agora que você já sabe mais sobre o impacto da LGPD no setor farmacêutico, que tal dar o próximo passo e começar a se organizar internamente? Então, descubra como o sistema para farmácias da Linx é o software de gestão completo para adequar o seu negócio às novas regras!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas