Inverno no varejo: como gerenciar sua loja na mudança de estação
Moda

Inverno no varejo: como gerenciar sua loja na mudança de estação

Mudam as coleções, ajustam-se os estoques, e o varejo precisa estar atento ao uso de tecnologia para gerenciar a loja na mudança de estação

A chegada do inverno traz novas perspectivas para as vendas do varejo. Essa sempre pode ser uma oportunidade de aproveitar o calendário promocional e desenvolver novas ações para impulsionar as visitas dos clientes e aumentar a conversão no PDV.

Independente do setor, a alteração climática trazida pelo inverno provoca trocas no mix de produtos e é preciso atenção ao gerenciar a loja na mudança de estação. Um supermercado, por exemplo, terá uma demanda maior por itens de festas juninas, como amendoim, paçoca e canjica, por bebidas mais quentes e chás. Calçados e vestuário, por sua vez, precisarão se repaginar totalmente – afinal de contas, pouca gente irá comprar um vestido leve quando os termômetros estão abaixo de 15 graus.

gerenciar loja mudança de estação

Gerenciar a loja com mudanças de coleção e estoque não é uma tarefa simples. Com milhares de itens em catálogo e consumidores que podem se comportar de maneiras diferentes dependendo de sua intenção de compra e humor do momento, é preciso ter uma estratégia muito bem definida para obter os melhores resultados possíveis.

Para fazer uma boa gestão de sua loja neste início de inverno, fique atento a estas dicas – que, por sinal, também poderão ser aproveitadas na primavera, no verão e no outono!

Use o poder dos dados para gerenciar sua loja na mudança de estação

Analisar o comportamento de compras dos seus clientes é valioso para encontrar oportunidades de vendas. Varejistas que coletam e analisam os dados de consumo conseguem encontrar novas abordagens comerciais, realizar atividades promocionais criativas e desenvolver modelos específicos de ofertas para determinados públicos.

Os dados estão disponíveis nas mais variadas fontes. Até mesmo o mecanismo de busca do seu site pode ser uma ferramenta importante de geração de insights. Avalie os dados de vendas dos últimos anos, considere as previsões do tempo, os lançamentos da indústria, os insights que estudos de tendências trazem – e leve em conta o ambiente econômico. Tudo isso, somado, facilita a gestão da loja na mudança de estação.

Leve em conta os indicadores-chave de desempenho

Tanto no e-commerce quanto nas lojas físicas, o que não se mede não se gerencia. Por isso, você precisa saber quais são seus indicadores-chave de desempenho (KPIs) e controlá-los de perto. Esse é um dos fatores mais importantes para o aumento das vendas.

Entre os KPIs mais importantes podem estar a cobertura de estoque (em dias e por SKU), a venda por loja, a venda por cliente e o número de itens por compra. Com esses indicadores em mãos, é possível tomar uma série de decisões estratégicas, como colocar em promoção itens que estão há mais tempo que o desejado em estoque, ou disparar uma campanha para os membros do programa de fidelidade apresentando itens relacionados aos produtos mais desejados (para tentar fazer o cliente comprar um pouco mais do que o normal).

Varejistas que acompanham de perto seus KPIs conseguem identificar mais rapidamente onde é possível melhorar os resultados – e com isso investem melhor seus recursos e são mais eficientes na gestão da loja.

Controle seus estoques para gerenciar a loja

O controle de estoque é essencial para garantir que o produto que o cliente deseja está disponível na loja – e para evitar furtos e roubos. Varejistas sem controle de seus estoques acabam comprando mais dos itens que não precisam – e menos dos itens que são mais procurados. Com o tempo, isso gera um imenso estoque que precisa ser desovado, seja por meio de promoções muito agressivas ou a partir de uma estratégia de vendas para outlets.

Lembre-se que estoque parado é custo. Em um mundo ideal, a loja tem apenas os itens que o consumidor procura – e nada mais. E como saber o que o cliente pode estar procurando? Volte ao primeiro item deste artigo…

Coloque-se no lugar do cliente

Este é mais um ponto em que o uso de dados faz toda a diferença para gerenciar sua loja na mudança de estação. Em toda e qualquer interação com sua loja (seja física ou online), o consumidor dá dicas do que gosta, do que poderia comprar e do que não atrai sua atenção. A postura corporal, a colocação de itens no carrinho de compra, uma conversa com o vendedor, um clique em uma promoção recebida por e-mail, tudo comunica uma intenção de consumo.

Por isso, estude seu consumidor. Aproveite os dados já existentes para entender o que aconteceu nos invernos passados – isso servirá como uma base para novas ações promocionais. Analise o que a indústria traz como novidade, e como elas se encaixam com o perfil de seus melhores clientes. Além disso, segmente sua base de clientes em vários grupos para encontrar mais oportunidades de relacionamento e vendas.

Esteja pronto para mudar rápido em cada estação

Flexibilidade e agilidade são essenciais para obter melhores resultados ao gerenciar sua loja. Não importa qual seja seu negócio, você precisa estar atento ao que seu cliente deseja – e pronto para mudar de rota para continuar perto dele. Lembre-se que o apelo do inverno dura pouco tempo: logo será primavera, e o ciclo de renovar a loja começará de novo. Assim, teste sempre, traga novidades, mantenha o que funciona e não se apegue a ações que não deram resultado. Inove para dar saída aos produtos do estoque e aproveite os acontecimentos do dia a dia para encontrar novas oportunidades.

Também tenha agilidade em suas vitrines e displays promocionais. É preciso destacar mais um outro produto? Mude a vitrine, mas mantendo o mood da campanha. No final de semana fará mais calor que o normal? Dê menos foco às blusas mais grossas. O tempo estará mais chuvoso? Destaque as botas em suas prateleiras. A loja (tanto física quanto digital) precisa ser viva. Transforme seu PDV para que o cliente possa encontrar rápido aquilo que ele procura e saia mais contente da sua loja.

LGPD no varejo

Ter uma boa gestão da loja em tempos de grandes mudanças, como as viradas de estação, é essencial para alcançar melhores resultados. E, para que isso aconteça, seu negócio precisa estar equipado com soluções de gestão que tragam dados precisos, orientem as próximas iniciativas e gerem insights sobre o comportamento dos consumidores.

A Linx conta com sistemas especializados na gestão do varejo, para que você possa ter mais inteligência à sua disposição e tomar melhores decisões promocionais e de gerenciamento do seu estoque. Quer saber mais? Fale com a gente!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente