Insights by Linx: as tendências do mercado varejista que você precisa conhecer!

Insights by Linx: as tendências do mercado varejista que você precisa conhecer!

Insights by Linx apresenta tendências e novidades sobre a economia brasileira, como engajar e fidelizar clientes e dados da omnicanalidade do varejo

Sempre atento às necessidades e comportamentos do consumidor, o varejo é um segmento que está em constante evolução, sobretudo no que diz respeito à tecnologia. Nos últimos anos, alguns fatores foram responsáveis por acelerar ainda mais essa transformação do setor, como a pandemia, a digitalização do varejo e também as formas de pagamento, que passaram por grandes inovações. 

Para ser um varejista de sucesso é preciso rever as estratégias para o negócio e buscar alternativas que o façam se destacar diante da concorrência. Sabemos que os desafios são muitos, mas ficar antenado às atualidades do varejo se tornou fundamental para aumentar as vendas e, também, melhorar o relacionamento com o cliente. 

Nesta quinta-feira (18), a Linx realizou um evento com alguns clientes e convidados para trazer as novidades do mercado varejista. O Insights by Linx trouxe diversos assuntos, como o cenário atual da economia, o futuro do planejamento, dados de omnichannel, as vantagens das multimarcas, como engajar e fidelizar os clientes durante a venda e também informações sobre a LGPD (Lei Geral Proteção de Dados).

Insights by Linx

Para deixar você por dentro de tudo que aconteceu, seguem as principais tendências e informações que foram compartilhadas no Insights by Linx

Cenário Econômico Atual

Nos últimos tempos, o cenário econômico mundial sofreu impactos de diversos eventos, como a pandemia e a Guerra da Ucrânia. Além disso, nos próximos meses acontecerão eventos importantes, como as eleições e a Copa do Mundo, que impactam diretamente nas expectativas do varejo para este ano. 

De acordo com Luís Nogueira, jornalista e economista, que apresentou a situação da economia do Brasil e global no Insights by Linx, a inflação elevada corrói a renda e eleva a alta dos juros. No momento atual existem três fatores que impactam nisso: o crédito mais caro, que inibe o consumo e o investimento, o dólar alto e o desemprego. 

No Brasil, existem alguns motores que vem ajudando a economia a ter respiro em meio às dificuldades. 

  • Agronegócio, comércio exterior e construção civil;
  • Comércio e serviços;
  • Auxilio Brasil mais alto e antecipação do 13º;
  • Saque extraordinário do FGTS e benefícios.

Em meio a esse cenário de incertezas econômicas, os brasileiros vêm se adaptando à nova  realidade: buscam preços mais baixos, trocam os produtos para marcas mais baratas e procuram benefícios.

Engajamento e fidelização

A digitalização dos negócios e a necessidade de fidelização dos clientes se tornaram uma consequência da pandemia. O engajamento dos consumidores deve ser cada vez mais constante para uma marca conseguir aumentar as vendas dos seus produtos. 

 Alex Maia, gerente de pré-vendas da Linx, apresentou alguns dados sobre o cenário do envolvimento dos clientes com as marcas:

  • 72% dos clientes procuram ofertas e descontos na hora de ir às compras;
  • 84% acreditam que programas de fidelidade oferecem grandes vantagens;
  • 75% acreditam que o custo benefício estimula a lealdade; 
  • 23% de aumento de receita quando um cliente está engajado com a marca; 
  • 92% gostariam ou já gostam de participar de programas de fidelidade; 
  • 84% compram frequentemente nas lojas onde participam da fidelização. 

Esses dados mostram como é importante a fidelização do cliente e como as marcas precisam se reinventar para estar alinhadas a esse tema. O varejista que não investe nesse tipo de estratégia sai perdendo nas vendas e na retenção de clientes, pois não enxerga o engajamento dos clientes como uma prioridade. 

Dados omnichannel 

O e-commerce brasileiro mais que dobrou a digitalização do varejo durante a pandemia e a jornada do cliente, hoje, passa por todos os tipos de canais: lojas físicas, sites, aplicativos e telefonemas. 

O diretor de marketing e produto da Linx, Tiago Mello, comentou que os consumidores começaram a usar a combinação de canais digitais, físicos e híbridos para conhecer, pesquisar e, assim, comprar os produtos. Durante sua palestra ele elencou algumas razões para um consumidor optar por comprar numa loja física:

  • 50% tocar e sentir o produto;
  • 47%  escolher e comprar;
  • 43% obter imediatamente;
  • 37% a loja é conveniente;
  • 33% aproveitar a experiência da loja.

Depois das pandemia surgiu ainda uma nova tendência que engloba a omnicanalidade de uma maneira diferente: vender os produtos e encantar os clientes nas lojas phygital (que permitem comprar pela internet e retirar na loja física). 

Mello ainda mostrou que as lojas phygital proporcionam ao varejista diversos benefícios, como: 

  • Espaço para comunidade;
  • Branding;
  • Centro de atendimento ao cliente;
  • Mini centro de distribuição;
  • Aumento das vendas online;
  • Coleta de dados. 

A tendência do omnichannel permite que os varejistas desenvolvam os canais e integrações para aumentar as vendas e se aproximar ainda mais do cliente. Por isso, é necessário o comerciante priorizar a experiência da jornada do consumidor nesse novo cenário de omnicanalidade.

Agora que você está por dentro de novas tendências do varejo, que tal colocá-las em prática? Quer saber como podemos ajudar? Entre em contato conosco! Temos a solução ideal para seu segmento. 

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!