Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Inovação em farmácias: veja 6 possibilidades para pequenos negócios

Inovação em farmácias: veja 6 possibilidades para pequenos negócios

Muitos empreendedores acreditam que investir em inovação e tecnologia é algo para grandes indústrias e mercados. Contudo, os recursos que propiciam a expansão do alcance de seu negócio se tornaram mais simples e adaptados à realidade de pequenas empresas. Com isso, houve um grande aumento na procura por inovação em farmácias de menor porte.

A busca por um meio de criar um relacionamento com o consumidor e fidelizá-lo já faz parte da rotina de grandes empresas, que veem na tecnologia um caminho para chegar a seus clientes. Agora, cabe ao pequeno empreendedor se tornar competitivo e aumentar a presença no mercado.

Se você quer saber como ampliar suas possibilidades e criar um ambiente mais inovador em sua farmácia, continue a leitura e confira!

Qual é a importância da inovação em farmácias?

Uma farmácia, em geral, vende produtos homogêneos e que são facilmente encontrados em outras lojas. Assim, para conquistar a atenção de seus demandantes, um certo grau de criatividade e inovação é necessário na hora de criar estratégias de vendas.

Outro ponto importante é que as empresas estão percebendo o valor de estabelecer um relacionamento duradouro com um cliente. Na farmácia, se você constrói uma relação de longo prazo, consegue:

  • acompanhar o estado de saúde dos consumidores;
  • enviar ofertas exclusivas;
  • personalizar o atendimento.

Além de ampliar a possibilidade de compra, isso permite assegurar a fidelização dessa pessoa e de sua família.

Como inovar em sua farmácia?

As estratégias em inovação buscam principalmente atingir o bem-estar do cliente e proporcionar condições necessárias para que ele sinta que sua loja pode atender a todas as suas necessidades.

A seguir, vamos explorar todos os recursos que permitem personalizar e otimizar seu atendimento.

1. Faça a análise de dados

Como você pode saber quais produtos vendem mais? Quais apresentam maior desempenho em relação ao lucro? Qual a principal demanda de sua farmácia? Essas questões são respondidas por uma análise de dados correta e coerente em seu negócio.

Avaliar todas as informações produzidas durante o gerenciamento de sua empresa é indispensável para perceber os pontos fortes e fracos dela. Além disso, uma análise correta aponta como está o fluxo de estoque, quais são os itens mais vendidos e qual é a procura que seus compradores têm.

Mesmo em pequenas drogarias, o movimento dos dados pode ser grande para conseguir administrá-los sem os meios adequados. Anotações em tabelas e listas não geram informações necessárias para uma tomada de decisão eficiente.

Por isso, considere incluir recursos tecnológicos, como um software de gestão com as vantagens do Big Data, que, além de contribuir em diversos aspectos, produz todos os dados importantes para melhorar o desempenho da farmácia.

Banner CTA_Guia definitivo para o planejamento estratégico em farmácias

2. Aceite receita digital

Rejeitar as mudanças tecnológicas no mercado é uma ação parecida com tentar nadar contra a corrente: além de fazer muito esforço para manter sua posição, você não sabe como seguir. Por isso, é fundamental se adaptar o mais rápido possível e aprender a usar novas soluções.

A receita no formato digital já é uma realidade e permite que o consumidor da farmácia tenha acesso aos seus remédios com muito mais facilidade. Para proceder com essa estratégia com segurança, cabe criar meios de validar a receita e ter certeza da autorização que o paciente possui para a compra de determinados remédios.

Recursos como solicitar que as prescrições sejam encaminhadas diretamente do e-mail do médico ou a inclusão de alguma assinatura digital asseguram a veracidade dela. Com isso, além de facilitar a vida do seu consumidor, você cria um vínculo que o trará novamente ao seu negócio quando ele necessitar de um novo medicamento.

3. Ofereça diferentes formas de pagamento

Você sabe o que acontece quando um cliente demora demais para pagar? Ele normalmente raciocina se a compra é necessária — e pode acabar desistindo de algum item que teria adquirido caso existissem recursos de pagamento mais eficientes.

Uma questão muito séria em pequenas empresas é a limitação dos meios de pagamento. Para que você pare de perder vendas, aposte em recursos que ampliem as possibilidades de quitação, como QR code, Pix e aproximação.

Diferentemente do que muitos empreendedores pensam, não é necessário gastar milhares de reais com recursos assim. Algumas empresas já criaram formas de adaptar as funcionalidades dessas soluções de pagamento para negócios pequenos e que têm custos muito baixos, sendo eles adequados ao fluxo de dinheiro presente em uma drogaria de menor porte.

4. Aumente a oferta de produtos

Ampliar seu mix de produtos é indispensável para aumentar o volume de vendas. Obviamente que uma pequena empresa não pode dispender milhares de reais com um estoque grande, mas, se dispuser de uma administração inteligente e um bom software de gestão, obterá todas as informações necessárias para incluir na sua farmácia os artigos que podem ter uma boa saída.

Imagine, por exemplo, que você possui em seu sistema de gestão o registro dos clientes e todo o fluxo de estoque. Se avaliar as vendas do último mês e encontrar uma boa demanda por dermocosméticos, você já tem um belo indicativo do que seu público mais consome. Nesse caso, basta incluir um mix desses produtos e usar esse recurso para ampliar as vendas.

5. Foque em atendimento de qualidade

O atendimento pode ser um grande canal de diferenciação no mercado. Quando um cliente é bem recebido, tem suas dúvidas resolvidas e lhe apresentam um bom mix de produtos que supre seus problemas, ele tem tudo que precisa para retornar mais vezes.

O atendimento também deve ser humanizado e atencioso. Frequentemente, as pessoas buscam a farmácia para compra de medicamentos utilizados no tratamento de enfermidades. Como esses indivíduos já estão fragilizados e desgastados em alguma medida, a última coisa que desejam é ter de lidar com um atendimento focado em vendas.

6. Melhore as negociações com os fornecedores

Como pequenos negócios não devem imobilizar seu capital acumulando estoques, a relação com os fornecedores tem de ser eficaz e permitir uma renovação de mercadorias constantemente.

Outro critério importante é quanto à negociação de preço. Cabe estar em contato com vários representantes para obter os melhores descontos e condições de pagamento. Cuidar de questões como essas impacta diretamente o resultado financeiro e, se não for realizado corretamente, você pode perder vendas ou acumular estoque indesejado.

Como implementar essas melhorias?

São as pequenas mudanças diárias que levam à transformação do seu negócio no longo prazo. Inicie fazendo adaptações importantes, como a inclusão de um ERP, o qual ajuda a ampliar o seu controle, e depois avalie os indicadores de demanda e implemente mudanças em sua grade de produtos.

Para obter melhores resultados em sua farmácia, conte com diferentes recursos tecnológicos, possibilitando uma gestão de sua empresa mais simples, as vendas com menos complicações e um atendimento eficiente. Assim, com pequenas mudanças já é possível implementar alguns aspectos de inovação em farmácias e transformar o desempenho dela.

Agora que você já sabe como aplicar as alterações necessárias ao seu negócio, confira a importância do forecast de vendas para o setor farmacêutico e otimize os resultados do seu negócio!

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas