Descubra 8 indicadores de desempenho para acompanhar em seu posto!
Postos de combustíveis

Descubra 8 indicadores de desempenho para acompanhar em seu posto!

O mundo dos negócios está cada vez mais dinâmico. Os gestores de vários segmentos sentem que não conseguem controlar tudo e dar a atenção necessária a assuntos estratégicos, pois passam um longo tempo imersos no dia a dia da empresa.

Na gestão em postos de combustíveis, com a volatilidade dos preços nos fornecedores, aprimorar e facilitar o acompanhamento está na ordem do dia. É preciso eliminar falhas e otimizar processos, como única forma de crescer. Para isso, acompanhar os indicadores de desempenho é fundamental.

Você se identificou e quer saber mais sobre o assunto? Confira este artigo que contará quais são os 8 indicadores para acompanhar em seu posto!

O que são indicadores de desempenho?

Indicadores ou métricas são índices que medem o desempenho por meio de cálculos ou compilações de dados e informações, permitindo conhecer e avaliar a situação atual da empresa e até gerar cenários para decidir o melhor curso de ação futura. Geram percepção e valoração de problemas ou resultados.

Por que acompanhá-los em postos de combustíveis?

Todos os dias, decisões precisam ser tomadas, e elas podem ser baseadas em achismos ou em dados concretos. Estas últimas são embasadas por métricas, como os indicadores de desempenho, que tornam a margem de erro menor bem como permitem antecipar e evitar falhas. Quanto mais informações, mais consistentes e eficazes serão as decisões e mais previsíveis seus resultados.

Quais são os principais indicadores a serem acompanhados?

Há vários indicadores de desempenho, porém nem todos são úteis para o seu negócio. Aqui, listamos 8 métricas universais para acompanhar um varejo de combustíveis.

1. Número de vendas

Essa métrica vai indicar a quantidade de transações que acontecem por dia, semana, mês ou mesmo ano, na empresa. Nesse sentido, é melhor separar as vendas por categoria, combustíveis, serviços, loja de conveniência etc. É interessante também saber quais são as margens de lucro de cada uma.

2. Ticket médio

Mensurar quantas transações em um intervalo de tempo é o primeiro passo para calcular o ticket médio, pois é por essa métrica que o faturamento bruto é dividido para encontrar esse indicador.

Com o ticket médio, é possível conhecer o volume que cada cliente consome em média, permitindo elaborar estratégias para ampliar o consumo tanto em quantidade quanto em variedade, oferecendo brindes para grandes volumes ou outras opções que agreguem.

Banner CTA_Infográfico Postos

3. Margem

O desempenho está diretamente relacionado à margem de lucro. Mesmo se o percentual de lucratividade se mantiver igual, quando há um aumento no número de transações o valor total do lucro deve crescer na mesma proporção da elevação das vendas. Caso isso não ocorra, há um problema no índice de desempenho.

4. Produtividade

Essa métrica está relacionada ao volume de demanda que o posto pode atender. Ela advém do acompanhamento do giro do estoque de combustível ou de outros produtos em relação à média histórica. É essencial, também, acompanhar de perto o desempenho dos frentistas e atendimento de caixa, além de metas e comissionamento.

5. Custo versus lucro

O ROI (Retorno do Investimento) é um indicador usado em larga escala no mundo dos negócios, pois mensura o retorno sobre os investimentos, possibilitando alocar valores em ações com melhores resultados.

Ele é calculado assim: o resultado do retorno obtido menos investimento é dividido pelo investimento.

6. Satisfação com o atendimento

NPS é a sigla para Net Promoter Score, que nada mais significa do que a pontuação em uma escala que o cliente indica ao responder à questão: qual a chance de indicar nosso posto para outra pessoa em uma escala de 0 a 10? Ou ainda: em uma escala de 0 a 10, qual é o nível de satisfação conosco?

Se a média ficar igual ou abaixo de 6, temos detratores, se estiver igual ou acima de 9, temos promotores. Por fim, subtrai-se a porcentagem do segundo grupo da do primeiro.

7. Taxa de turnover

Essa é a taxa é um indicador de desempenho relativo à gestão de pessoas. Ela demonstra quantos desligamentos ocorreram em um período preestabelecido. Para calcular é preciso dividir o número total de desligamentos pelo total de funcionários no mesmo período e multiplicar o resultado por 100.

O turnover causa custos altos de recrutamento, admissão e treinamento, além de prejudicar a imagem da empresa no mercado, como empregador e perante seus clientes.

8. Mix de produtos

Acompanhar a diversificação de produtos tanto da pista quanto da loja de conveniência, para que ele atenda a exigência e necessidades do cliente que frequenta aquele determinado local, além de não deixar faltar os produtos de maior giro no posto ou conveniência.

Como uma solução tecnológica pode ajudar?

Introduzir novas tecnologias para a automação de processos aumenta a eficiência da equipe, eliminando tarefas que não agregam aos resultados da empresa. Com gestão não é diferente, pois permite focar em assuntos estratégicos.

Outra vantagem é a possibilidade de obter os índices de desempenho sem a necessidade de reunir informações em papel, planilhas ou vários sistemas e fazer cálculos manuais.

O uso de sistemas de gestão responde às duas questões — agilidade da operação e inteligência de negócios —, pois uma alimenta a outra diretamente, produzindo informações em tempo real, índices e gráficos que abrangem desde abastecimentos, litros vendidos, vendas por categorias, formas de pagamentos, valores a receber, entre outras.

Conhecer e dominar os indicadores de desempenho facilita a gestão operacional e estratégica de postos de combustíveis. Métricas que vão desde a rentabilidade e vendas, passando por custos, investimentos, estoques e marketing, até recursos humanos, devem ser acompanhadas para garantir a permanência e o crescimento da empresa no mercado.

A tecnologia alinha eficácia operacional com uma administração mais profissional e estratégica do negócio, sendo uma vantagem competitiva que alia boas decisões em longo prazo com a melhoria contínua do atendimento, que é uma forte maneira de fidelizar e atrair consumidores.

Quer ter todos os indicadores de desempenho do seu posto acessíveis de forma fácil? Basta colocar a tecnologia a seu serviço. Para isso a Linx, que é uma especialista em softwares de varejo, tem uma solução para postos de combustíveis que tornará seu dia a dia como gestor descomplicado e impulsionará os resultados da sua empresa.

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Receba nossas novidades