EN

ENGLISH

Imagem Logo Linx

Blog

31/10/2017

Gestão integrada reduz desperdícios e amplia lucros

gestão food

Por Rodrigo Andrade Oliveira - Diretor de Ofertas

Em Food Service, a crescente complexidade e velocidade das operações amplia o desperdício de ingredientes, fato que dificulta a manutenção do padrão de qualidade e a segurança regulatória dos negócios. Mas nem todos os gestores veem que este desperdício - que costuma chegar a 10% das compras - como um prejuízo real para o estabelecimento.

Implementar uma cultura de redução de resíduos sem desequilibrar a operação é fator-chave neste cenário. O desafio, porém, não é trivial. O primeiro passo a ser tomado é entender a fundo as causas do desperdício.

Para tanto, é necessário integrar a gestão em todo o processo. Com a implantação de um software inteligente, é possível entender como os pedidos variam nas unidades de uma rede, nas cidades, nos diversos dias da semana e até em diferentes épocas do ano. E essa informação pode estar integrada ao controle de estoques, evitando tanto quebras (desabastecimento de insumos importantes) quanto a armazenagem excessiva.

Esse primeiro passo pode ter um impacto enorme no desperdício que ocorre antes mesmo do prato ir à mesa ao ajudar o estoque à demanda da operação, e até reduzir a necessidade de fluxo de caixa no negócio ao manter os estoques menores.

 A partir dessa conquista, o próximo passo é engajar os colaboradores na missão da redução do desperdício, implantando algumas boas práticas de eficiência operacional.

 O Sebrae, por exemplo, recomenda um método chamado de "5 Menos que São Mais" para empresas que querem aumentar seus lucros com a satisfação dos clientes e diminuir ao máximo o desperdício.

O programa parte de uma metodologia que propõe colocar uma lupa nos cinco pontos da economia que rendem produtividade ao empresário e satisfação para os clientes. São eles: desperdício de água; de energia; de matéria-prima; a geração de resíduos e a poluição.

Seja numa abordagem ampla, incluindo serviços como luz e água, seja num esforço focado nos insumos, o desperdício precisa ser combatido diariamente para que as operações sejam mais rentáveis, especialmente num cenário de restrição financeira como o que vivemos.

 E uma gestão integrada, com um software inteligente pode ajudar muito, permitindo ajustar a demanda da operação aos estoques, controlar o mau uso dos recursos nas operações e até estabelecer indicadores de eficiência específicos, que podem ser acompanhados até diariamente.

A Linx oferece softwares para redes de fast-food e restaurantes que ajudam a vencer os desafios de negócio e gerar experiências memoráveis para o consumidor.

As soluções integram todos os processos da rede e de cada operação, do caixa à gestão dos estoques, permitindo a implantação de indicadores e a melhoria da previsibilidade da demanda.

Fale com a Linx e veja como o software que move o varejo pode ajudar a sua operação a ser mais eficiente e rentável.

Peça uma proposta sem compromisso

  • Abrir Chat Comercial
  • Envie uma mensagem

    Preencha o formulário e envie uma mensagem ou, para falar com a área comercial, ligue para

    Acessar formulário