EN

ENGLISH

Imagem Logo Linx

Blog

05/10/2016

Gestão de estoque: reduza as perdas e otimize o processo

farmácia varejo software programa

A ausência de itens nas gôndolas é hoje um dos principais motivos para se perder vendas e clientes em farmácias. Isso porque não é segredo que o shopper, ao não encontrar o que deseja em determinado ponto de venda, passa a procurar no concorrente aquilo que atende suas necessidades.

De acordo com o Instituto de Estudos em Varejo (IEV) , o índice aceitável para a falta de produtos neste setor é em torno dos 3% do total de artigos da loja. Entretanto, atualmente o varejo farmacêutico brasileiro apresenta um percentual médio de 10%.

O dado é preocupante e muitas vezes por conta da falta de conhecimento, alguns gestores podem questionar se o melhor caminho é adquirir mais estoque para evitar a ruptura de venda.

Esta solução nem sempre é a melhor escolha, pois tanto a falta quanto o excesso podem gerar prejuízos financeiros quando não há um planejamento de compra e nem a utilização de um bom software de gestão para a farmácia. E é simples entender o motivo: como vimos, a falta de produtos leva o cliente para a concorrência, porém, a estocagem em demasia pode significar capital de giro parado dentro do ponto de venda, o que também causa prejuízo.

Equalizando a questão

Para entender melhor do que estamos falando, vamos imaginar uma drogaria com falha no processo de gestão do estoque e que por conta disso, esteja registrando mensalmente a perda de 10 unidades devido ao prazo de validade vencido. Desse total, o custo médio de cada item é de R$ 12,00*. Dessa forma, o prejuízo mensal será de R$ 120,00 e o anual de R$ 1.440,00.

A melhor forma de resolver esse tipo de problema é com o uso de um bom software para farmácia, que permita fazer um gerenciamento assertivo.

Ao utilizar este tipo de sistema de gestão, você pode fazer o controle completo dos lotes e vencimentos dos artigos movimentados e informar ao vendedor os itens que estão perto de estragar no mês atual – facilitando, assim, a integração entre os processos da loja. Outra vantagem é a possibilidade de adequar o modelo de compra e planejar a aquisição de insumos por demanda.

Readequação de estoque

Outra vantagem ao usar um sistema para farmácia é que você tem a possibilidade de utilizar a função de readequação de estoque para realizar uma pesquisa sobre a movimentação de todos os itens disponíveis na rede.

Assim, por meio da análise de demanda de cada produto, o sistema sugere a readequação de mercadorias entre os pontos de vendas. Por exemplo, o gestor consegue remanejar artigos que estejam em excesso num estabelecimento e transferi-los para outros que precisem repô-lo.

Sem dúvida é uma excelente maneira de otimizar a gestão de reservas, principalmente se você tem mais de um ponto de venda para gerenciar.

Vamos tomar como exemplo uma rede com seis lojas, com R$ 80.000,00 de provisão, a preço de custo em cada uma delas. Ao executar a função readequação de estoque, o software sugere um ajuste mínimo correspondente a 5% do valor dos armazenados. Isso significa que a drogaria terá que transferir R$ 4.000,00 para cada uma, cerca de R$ 24.000,00, considerando as seis. Também pode-se dizer que a farmácia organizará a venda de R$ 24.000,00 de produtos, que provavelmente seriam comprados dos distribuidores em vez de serem transferidos.

Na prática, este dinheiro estaria parado. Porém, caso fosse aplicado poderia render facilmente 1%, ou seja, R$ 240,00/mês ou R$ 2.880,00/ano. Portanto o impacto no capital de giro é o dobro do valor, pois além dele ter R$ 24.000 parados, é provável que falte verba para outros produtos.

Confronto de dados

No dia a dia da gestão da farmácia, também é comum se deparar com a diferença de volume de estoque apresentada quando se confronta o controle manual e as informações apontadas pelo sistema.

Imagine um ponto de venda com R$ 100 mil de estoques e com venda de igual valor por mês. Se sua lucratividade for de 10%, ou seja, R$ 10 mil, e seu estoque tiver uma diferença mensal de 5% (95% acerto no estoque), será comprometido mensalmente 50% da lucratividade na diferença do estoque.

Saber qual o percentual do lucro da farmácia que é comprometido pela diferença do estoque é um dado valioso para evitar perdas e aumentar a lucratividade. Diante disso, vale a pena questionar alguns pontos: Sua farmácia estaria ganhando quanto se o seu estoque estivesse "fechando” com acerto superior a 97%? Qual a margem de lucro final? Qual o valor do estoque atual?

Sem dúvida, a gestão de estoque é fundamental para a saúde financeira do canal farma. Portanto, avalie a possibilidade de investir num sistema de gestão de farmácia que garanta, no mínimo, 1% a mais de assertividade do estoque em cada loja. Com certeza seu ganho será muito maior do que o investimento realizado.

Você se identificou com a situação e quer mudar esse cenário no seu negócio? Converse conosco. Nossa solução está totalmente preparada para ajudá-lo a fazer uma gestão de estoque precisa e transformar as possíveis perdas em lucro.

(*) Ticket médio nacional: R$ 20,00 x CMV 60% = R$ 12,00.

Peça uma proposta sem compromisso

  • Abrir Chat Comercial
  • Envie uma mensagem

    Preencha o formulário e envie uma mensagem ou, para falar com a área comercial, ligue para
    0800.701.5607

    Acessar formulário