Fulfillment em marketplaces: veja como funciona e as suas vantagens
Marketplaces

Fulfillment em marketplaces: veja como funciona e as suas vantagens

A velocidade da entrega das compras online é um diferencial para o consumidor. Diante disso, contar com o método fulfillment em marketplaces torna a operação mais ágil e oferece uma experiência boa para o cliente. 

Para conquistar o consumidor digital nos canais de vendas é preciso oferecer uma entrega rápida. Esse detalhe, faz toda diferença na expectativa e jornada do cliente no varejo digital. Dessa forma, o método fulfillment é uma operação logística que atua desde o centro de controle até a expedição para o envio. O objetivo principal é agilizar a entrega e construir uma experiência para o consumidor.  

O fulfillment em marketplaces pode salvar o lojista de altas cobranças indevidas de frete. Por isso, é importante ter uma boa gestão dos valores para poder criar estratégias para o controle de devoluções e verificações de produtos com possíveis defeitos.  

Além disso, os benefícios são tanto para o vendedor quanto para o marketplace. Enquanto, o comerciante pode focar em vender seus produtos e o marketplace fica responsável pelos processos logísticos e garante qualidade em toda jornada de compra do cliente.  

As vantagens do fulfillment em marketplaces ainda pode aumentar o controle das entregas, pode potencializar a experiência do cliente e aumentar a competitividade entre os vendedores. Mas, você sabe como funciona esse processo logístico nos marketplaces. Veja a seguir! 

fulfillment em marketplaces

Como funciona o fulfillment em marketplaces? 

Quando se usa o fulfillment em marketplaces a operação logística dos produtos passa a ser armazenados no centro de distribuição do marketplace. Dessa forma, o fluxo logístico funciona assim: 

Receber > Processar > Selecionar > Empacotar > Administrar o estoque > Enviar. 

Com esse processo, o gerenciamento do estoque e as demais tarefas logísticas ficam na responsabilidade do marketplace. Assim, o lojista pode acompanhar toda operação, mas não precisará conduzir os processos.  

Diante disso, o vendedor pode transferir seu estoque para o Centro Distribuição (CD) do marketplace. Além disso, a armazenagem, separação, embalagem, faturamento, despacho, coleta de devoluções e até o pós-venda seguirá os padrões da marca mãe.  

A unidade de entrega potencializa a boa experiência do cliente e permite a previsibilidade para empresa que gerencia o volume de vendas.  

Quais são os tipos de fulfillment em marketplaces? 

Quando falamos em fulfillment em marketplaces, nós estamos falando da experiência do cliente do primeiro contato do atendimento até a pós-venda. Porém, ainda existem questões que dividem o fulfillment em dois tipos, in house e terceirizado. 

1. Fulfillment in house 

O lojista define os processos, automação e integração por meio de sistemas ERP, plataformas de vendas em marketplaces, e-commerces e SAC.  

2. Fulfillment terceirizado 

Neste caso, o varejista contrata uma empresa para operações logísticas e de SAC. Atualmente, já é possível terceirizar parte do processo de venda em alguns marketplaces.  

Plugg.to: o hub de integração com marketplaces mais completo! 

A Plugg.to é o mais completo hub de integração com marketplaces do mercado brasileiro. Além de ser uma plataforma única, é possível gerenciar as vendas em mais de 70 marketplaces. 

Além disso, a plataforma permite integrações com outros canais de vendas online, sincronização em tempo real de preço e estoque, customização de cadastro por canal, painel informativo com dados sobre faturamento e total de vendas, e muito mais.  

 

Para conhecer mais nossa solução, entre em contato com nosso time veja como podemos te ajudar a aumentar as vendas do seu negócio.  

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!