Como anda o faturamento do seu e-commerce?
E-commerce

Como anda o faturamento do seu e-commerce?

Acompanhar o faturamento do e-commerce hoje em dia é imprescindível para a saúde financeira de todo e qualquer negócio varejista. Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2021, os e-commerces chegaram a faturar R$ 150,8 bilhões e,  para este ano, espera-se que o setor arrecade R$169,5 bilhões.   

Diante de uma expectativa tão alta de crescimento do varejo online, o planejamento de vendas é ainda mais importante. Como garantir que ele foi feito de maneira adequada? O seu negócio já sabe quanto precisa faturar neste ano? Ou até mesmo os tipos de métricas de faturamento que precisa acompanhar?

Neste conteúdo, vamos destacar alguns pontos importantes sobre planejamento de vendas online que sua marca precisa saber! 

Faturamento ecommerce

Planejamento de vendas online

Quando uma empresa não realiza um planejamento de vendas, é muito provável que ela não saiba lidar caso ocorra algum imprevisto (até porque ela pode nem saber o que está saindo fora do planejado). Por isso, é fundamental criar um planejamento bem estruturado das vendas do seu e-commerce e levar em conta algumas questões: 

Qual o seu objetivo?

Entenda o seu mercado e identifique as oportunidades e problemas que podem surgir. Veja o que seus clientes estão buscando e desenvolva suas motivações, seu posicionamento de mercado e se ajuste no que for preciso. 

O que você vende?

Estude e conheça seu produto como ninguém e descubra se as pessoas se interessam por ele. Analise detalhadamente o mercado em que você atua e veja como sua concorrência se posiciona para conseguir encontrar maneiras de se diferenciar.

Quem é o seu público?

Defina quem é seu público, quais suas principais dores e objetivos para entender como você vai direcionar seu planejamento estratégico de forma a oferecer a melhor experiência para os seus clientes.

De que maneira você vende?

Lembre-se que em lojas virtuais o cliente não tem a experiência sensorial  que ele teria se estivesse numa loja física. Dessa maneira, detalhe as características do seu produto, não esconda nenhuma informação, seja o mais específico possível. E claro, não se esqueça de investir em uma foto com uma boa resolução. 

Quem são seus fornecedores?

Pesquise seus fornecedores e a sua atuação e reputação no mercado. Avalie se ele te proporciona o melhor custo-benefício, qualidade e se o preço cabe em seu orçamento. Entenda que é fundamental negociar  os valores dos produtos e suas condições de entrega. Também fique atento aos riscos que ele pode representar para o seu negócio.

Como é o seu pós-venda ?

Você sabia que o faturamento da sua empresa pode melhorar se o seu pós-venda for eficiente? Essa é a etapa de fidelização, que acontece quando uma marca entrega uma boa experiência ao longo de todo o processo e encanta seus clientes. Lembre-se: um consumidor satisfeito provavelmente voltará a comprar de você! . Já dizia Philip Kotler, referência de marketing no mundo, “conquistar um novo cliente custa entre 5 e 7 vezes mais do que manter um atual”.  

Métricas que impactam o faturamento 

Sabemos que o planejamento estratégico de vendas demanda tempo e dedicação, mas é fundamental para o sucesso do seu negócio. Mas, você sabe quais métricas  devem ser acompanhadas para melhorar seu faturamento? Veja: 

Tráfego

O monitoramento de quem entra em seu site é a melhor maneira de você entender o perfil dos seus clientes,  suas preferências e planejar as estratégias de marketing para impulsionar suas vendas. 

Por isso, é importante acompanhar os dados de volume de visitas, a taxa de rejeição (quando entra em seu site e não realiza nenhuma ação), custo por clique (o valor pago por cada clique), taxa de clique (que é a contagem de cliques no site dividida pela contagem de impressões), páginas visitadas e ranqueamento (saber a posição que a página do seu site está ranqueado no Google). 

Conversão

A métrica mais importante é a Taxa de Conversão (TC). Com ela você  consegue analisar a quantidade de pessoas que realizaram algum tipo de ação e efetivaram  a compra dentro da sua loja virtual. Nesse tipo de análise você consegue definir as vendas finalizadas ou preenchimento de um cadastro. 

Para calcular a Taxa de Conversão é preciso dividir o número de visitantes que fazem uma compra pelo site com o número total de visitantes. Assim, você consegue entender se as pessoas estão abandonando o carrinho, porque não finalizam as compras, etc.

Pedido adquirido

Quando o cliente entra no site, compra e paga o pedido você consegue analisar a Taxa de Pedidos Aprovados. Para calcular é necessário saber o número de pedidos pagos dividido por total de pedidos, depois multiplicado por 100. Assim, você saberá o percentual de pedidos aprovados. 

Além disso, esses dados ajudam a entender a relação de check-out das vendas e as formas de pagamentos disponíveis. Muitas vezes o cliente abandona a compra porque a forma de pagamento não é a ideal para ele. 

Ticket Médio

O Ticket Médio é uma métrica que  ajuda a entender o desempenho de vendas e a descoberta de tendências. Para calculá-lo é preciso selecionar um determinado período, saber quantas vendas foram feitas e o faturamento total desse período selecionado. 

Com esses números em mãos, para descobrir o ticket médio você só precisa dividir o faturamento do período selecionado pela quantidade de vendas desse mesmo tempo. 

Ao seguir essas métricas você vai conseguir  entender como anda o faturamento do seu e-commerce.  Não esqueça que todas as métricas acima estão interligadas e, para obter sucesso nas suas vendas o, é preciso acompanhá-las de perto e de forma recorrente

Quer saber mais sobre o assunto? Veja como aumentar o faturamento do seu e-commerce

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente