Do avanço na legislação à tecnologia: farmácias como “Hubs de saúde”  
Farmácias e drogarias

Do avanço na legislação à tecnologia: farmácias como “Hubs de saúde”  

Farmácias como “Hubs de saúde” representam o futuro para muitas e o presente para algumas. Confira algumas atualizações importantes desse novo modelo: 

As farmácias como “hubs de saúde” já são uma realidade no contexto atual do setor. Grandes redes têm acelerado na adequação para esse novo modelo, enquanto pequenas e médias farmácias caminham na mesma direção, porém, em passos mais lentos. O que vale é o entendimento de que essa reestruturação no setor é democrática, pois é totalmente aplicável para as farmácias de todos os portes. 

Com esse novo papel, as farmácias passam a contar com uma estrutura de saúde para cuidar do bem-estar dos clientes. O objetivo maior é ser um estabelecimento que atenda de forma personalizada os pacientes, através de consultas, exames clínicos, vacinação, acolhimento e acompanhamento farmacêutico.  

A pergunta que surge é: “Como está o cenário que favorece o desenvolvimento desse novo modelo?” 

hubs de saúde

Avanço na legislação 

Desde 2014, a Lei 13.021 representou um marco importante para o setor farmacêutico, pois possibilitou a transformação de farmácias e drogarias em unidades de prestação de assistência farmacêutica, assistência à saúde e orientação sanitária individual e coletiva. Com isso, o estabelecimento poderia oferecer teste rápido para diagnóstico de Covid, teste para medir glicemia, aplicação de algumas vacinas, como a da gripe, e comercializar exames que confirmam uma gravidez ou que detectam uma infecção por HIV. 

Apesar disso, o setor ainda via a necessidade de avanço na legislação para ampliação da lista de serviços oferecidos nas farmácias. Foi então que, em 1º de agosto deste ano, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou uma nova resolução que permite que as farmácias realizem exames de análises clínicas, em caráter de triagem. Ou seja, mais um passo necessário para as farmácias investirem no modelo “hubs de saúde” e dizer um adeus à limitação de exames pontuais! 

Tema em alta

Quando o assunto é “tendências para o varejo farmacêutico”, o tópico “hub de saúde” sempre se destaca. Por ser um tema que está em alta, as fontes de informação são diversas e a dica é buscar se atualizar sempre, seja em grandes eventos do setor ou até em uma busca aprofundada na internet. Esse é o momento para absorver bastante conhecimento, firmar parcerias e aproveitar para não ficar para trás! 

Um espaço de discussão mais recente foi no evento Abrafarma Future Trends 2023, que aconteceu nos dias 12 e 13 de setembro, e trouxe vários insights sobre as tendências globais do varejo farmacêutico. Palestrantes discutiram o papel da nova farmácia como “hub de saúde” e sua contribuição para o ecossistema de saúde da população.  

Uma ideia interessante extraída de uma das palestras da Abrafarma foi: “A farmácia do futuro é o ressurgimento do modelo de farmácia do passado”. Isso quer dizer que a farmácia do passado foi o período em que nossos pais e avós enxergavam o estabelecimento como um local de atenção primária em saúde e tinham muita confiança no papel do farmacêutico. E esse contato mais próximo demonstrando cuidado e confiança pode ser reestabelecido através dessa lista de serviços que a farmácia pode ofertar.  

Digitalização aplicada à saúde 

E na mesma direção da transformação, a farmácia também avança na digitalização e na omnicanalidade para aumentar as possibilidades de atendimento e melhorar a experiência de atendimento do cliente. Com isso, os “hubs de saúde” são materializados também nos aplicativos e plataformas digitais, porque possibilitam a apresentação dos serviços oferecidos, agendamento, consulta online, receituário, orientações etc. Assim, a digitalização aplicada à saúde vai ao encontro do cliente criando a ponte entre a necessidade dele e o serviço desejado. 

Tudo isso aliado a um sistema de gestão que possua soluções para atender de ponta a ponta todo o ecossistema da farmácia, do controle de estoque ao motor de promoções digitais. Na Linx, somos líderes no varejo farmacêutico, contribuindo para o crescimento de mais de 10 mil farmácias, com soluções que atendem por completo a gestão da sua farmácia, seja nos canais físicos ou digitais.

Então, se você quer dar o próximo passo no seu negócio, fale com a gente!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!