Exposição de produtos: 7 dicas para o seu comércio
Mercado de proximidade

Exposição de produtos: 7 dicas para o seu comércio

Confira 7 dicas essenciais para exposição de produtos com eficiência no comércio e aumente as possibilidades de bons resultados.

Todo o comércio de vizinhança se baseia em velocidade e praticidade. Uma parcela importante das compras acontece por impulso e o consumidor costuma ir ao comércio desse formato para resolver necessidades ou desejos pontuais do dia a dia. A última coisa que o cliente deseja é uma loja confusa, difícil de navegar, onde se perde tempo para encontrar os produtos.

Por isso, o varejo de proximidade precisa dar uma atenção especial à exposição dos produtos. Em pontos de venda pequenos, todo espaço é valioso e quanto mais intuitivo for o processo de venda, maior a possibilidade de vender itens complementares, ampliando as vendas e os lucros.

Para fazer uma exposição de produtos eficiente no varejo de proximidade, esteja atento a estes 7 fatores:

1) Tudo começa no cadastro dos produtos

Por incrível que possa parecer, uma boa exposição de produtos no comércio depende de ter um cadastro consistente. Em um bom cadastro, cada item é categorizado com base em critérios objetivos, que se baseiam nos hábitos de consumo dos clientes. Esse cadastro orientará a definição das categorias no espaço físico do comércio e ajudará a identificar oportunidades de venda em categorias complementares.

Para ter um bom cadastro de produtos, o sistema de gestão do comércio precisa integrar as informações da indústria às categorias de exposição no PDV – que estão focadas na maneira como o cliente se comporta no comércio.

2) Coloque o consumidor no centro do negócio

O bom varejo de proximidade é capaz de entender o que seu cliente precisa, para então orientar o mix de produtos, a organização no espaço físico e os processos de reposição, atendimento e pagamento. O resultado é um comércio que resolve problemas dos clientes, de forma prática e rápida.

O varejo centrado no cliente organiza o ponto de venda de acordo com as missões de compra do consumidor, facilitando sua navegação pelas gôndolas e gerando experiências de consumo mais eficientes. Como o tempo é o recurso mais valioso do cliente no mercado de proximidade, ter a necessidade do consumidor como foco aumenta a sua fidelidade.

exposição de produtos no comércio

3) Apresente os produtos de forma atraente

Uma vez que as missões de compra e categorias de produtos estejam mapeadas, o varejo de proximidade pode fazer a apresentação dos itens no espaço físico. Como o espaço é limitado, é preciso priorizar. Garanta que:

  • O consumidor tenha acesso fácil aos produtos mais importantes de sua lista. Forneça uma sinalização clara do que pode ser encontrado em cada prateleira;
  • Os produtos mais importantes devem estar na altura dos olhos do cliente, para simplificar a visualização;
  • Itens relacionados ou complementares estejam próximos, facilmente visíveis (queijo ralado perto do macarrão, por exemplo);
  • A categorização na loja deve ser intuitiva, para que o cliente se oriente facilmente. Faz sentido ter os itens de café da manhã juntos, mesmo que cereais e leite sejam itens muito diferentes;
  • Seja criativo na apresentação, especialmente em datas comemorativas: doces empilhados em forma de coração no Dia dos Namorados são um bom exemplo.

4) Estimule os sentidos

No varejo de proximidade, tudo é comunicação com o cliente: o visual, os sons, os aromas, o toque nos produtos. Como estimular o uso dos sentidos ajuda a vender, utilize recursos como cestos de frutas e verduras, expositores em lugares inusitados ou combinações atraentes de cores para chamar a atenção do cliente e provocar reações emocionais.

5) Aumente a mobilidade da sua loja

Todo cliente gosta de uma novidade, e uma forma interessante de mostrar que há algo diferente no ponto de venda é aumentar a mobilidade da loja. Isso pode ser feito de diversas maneiras:

  • Utilize equipamentos expositores que possam ser movidos dentro da loja, criando layouts diferentes para cada ocasião. Essa pode ser uma opção interessante para permitir o fluxo dos clientes nos momentos de mais movimento na loja;
  • Aproveite equipamentos móveis de exposição para destacar promoções. Dessa forma, os itens que podem atrair o cliente podem estar em posições de destaque;
  • Desenvolva ações em parceria com fornecedores e altere o layout da loja para mostrar que algo diferente está acontecendo;
  • Utilize terminais de PDV Móvel para eliminar filas e até mesmo para eliminar o próprio caixa das lojas. Isso libera mais espaço de vendas, aumenta a flexibilidade do layout e estimula a interação do cliente com o time de vendas. O que amplia a chance de vender mais.

Como criar promoções no varejo para conquistar clientes

6) Lembre-se que tudo comunica

Tudo o que o cliente enxerga no ponto de venda comunica algo sobre o posicionamento do comércio: o cuidado com o consumidor, o preço, a limpeza, a conservação dos móveis, o material de que eles são feitos… Por isso, cuide para que todos os elementos visuais transmitam uma informação consistente sobre seu comércio, quem é o cliente daquele local, o tipo de produto e a precificação:

  • A altura e o material das prateleiras;
  • O nível de iluminação do PDV;
  • O tamanho, as cores e as fontes usadas nos cartazes;
  • As placas que informam as seções da loja;
  • Tapetes, cadeiras, portas;
  • O estado dos equipamentos da loja.

Tudo isso, e muito mais, contribui para a exposição dos produtos e o resultado financeiro. Se o consumidor tem sua atenção atraída para uma parede descascada, ele tirará o foco do item que você está querendo vender. Um local mal iluminado tende a afastar o público e, com isso, gerar menos vendas.

7) O papel da tecnologia

Coletar dados e analisar as informações de vendas é essencial para melhorar cada vez mais o resultado do comércio de proximidade. O cruzamento de informações do programa de fidelidade, das compras fechadas no PDV, da navegação no site ou no aplicativo, do uso de tablets pelos vendedores para o fechamento das vendas e das modificações realizadas no layout, entre outras, traz uma incrível riqueza e gera insights que ajudam a identificar oportunidades de aumento das vendas.

Contar com um sistema PDV que esteja integrado à solução de gestão do comércio é importante, mas é possível ir além. Ofereça conveniência para o cliente e simplifique a administração do seu negócio para eliminar perdas, aumentar a eficiência, fazer promoções inteligentes, ter uma gestão financeira competente e reduzir desperdícios. Fale com a gente e saiba mais!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente