Como preparar o estoque da sua loja de proximidade para a Copa?
Mercado de proximidade

Como preparar o estoque da sua loja de proximidade para a Copa?

Na loja de proximidade, a Copa é uma grande oportunidade! Da seleção de produtos aos processos internos e o layout da loja, o sucesso nas vendas passa por acertar nos detalhes. Saiba como preparar seu comércio

Daqui a poucas semanas, o cotidiano da população vai girar em torno de uma bola. Com a chegada da Copa, o calendário e as decisões de compra estarão voltados ao horário das partidas. Daqui até as vésperas do Natal, o comportamento de consumo terá mudanças muito importantes.

Como acertar seu time e definir a melhor tática para vencer nesse período essencial do ano?

Em primeiro lugar, vale lembrar que muitos consumidores da loja de proximidade já estão em clima de Copa. A busca pelas figurinhas para completar o álbum, a análise da tabela para definir como será o trabalho nos dias dos jogos do Brasil, a mudança da rotina para acompanhar os momentos finais da preparação dos favoritos… A cada dia, a expectativa cresce.

E o varejo de proximidade pode aproveitar muitas oportunidades para marcar seus gols antes, durante e depois do torneio. Quer saber como?

loja de proximidade copa

Hora de entender o campo de jogo

A Copa já influencia o comportamento de compras dos clientes. Talvez você ainda não tenha sentido isso na sua loja de proximidade, mas outros segmentos já estão fazendo tabelinha com o cliente. Um estudo do Google mostra que existem vários momentos de consumo na preparação para a Copa:

  • Preparando a Casa: é a compra de eletroeletrônicos, que acontece bem antes da cerimônia de abertura. A Copa sempre é um momento excelente para trocar a TV ou comprar um celular novo. Ainda mais neste ano, em que a estreia do Brasil acontece na véspera da Black Friday.
  • Entrando no Clima: são as compras que se concentram nas semanas anteriores à Copa e que fazem os ajustes na casa e na vida dos clientes. Da compra de um plano de internet mais caprichado à atualização do vestuário para o look da Copa, várias categorias participam desse momento.
  • Preparando para a Festa: acontece no mês de novembro e envolve aqueles itens usados para acompanhar os jogos, como itens de decoração, bandeiras do Brasil e acessórios.
  • Celebrando: acontece no dia dos jogos e é aquele movimento de compra de alimentos e bebidas. É aqui que a loja de proximidade vai ter um papel essencial.

Conhecendo esses momentos, é possível preparar o campo. Lembre-se que, assim como uma partida de futebol, o jogo só termina quando acaba. Até o apito final, você tem chance de mudar o resultado. Por isso, prepare sua loja de proximidade para a Copa.

Faça um bom aquecimento

Mesmo que para o varejo de proximidade o grande momento de vendas esteja concentrado nas vésperas e nos dias de jogos do Brasil, você não deve deixar tudo para a última hora. Muito pelo contrário: você já deve se planejar. Leve em conta aspectos como:

  • Qual é o clima esperado para o fim de novembro e mês de dezembro? Muito calor? Chuva? Tempo seco? Tudo isso influencia na disposição de sair de casa ou de reunir família e amigos para acompanhar os jogos.
  • A Copa será longa e com motivos para empolgação? Desta vez, parece que sim: a seleção é apontada como uma das favoritas e tem chances reais de conquistar o Hexa.
  • Quais as categorias que mais vendem? Alimentos e bebidas são apostas certeiras. Reforce o estoque dos itens campeões, como cervejas, refrigerantes, petiscos e churrasco. Ao mesmo tempo, pense em como conectar outros produtos ao momento e fazer vendas extras.
  • Não foque somente no Brasil, mas também nos adversários. Será que é possível pensar em promoções ou ações pontuais que tenham relação com os outros times? Existe a possibilidade do Brasil enfrentar Portugal nas oitavas de final – que tal promover vinhos, peixes e doces?
  • Também se planeje caso o pior aconteça. Se o Brasil for eliminado antes da hora, tire de campo a temática da Copa e coloque para jogar as ações de Natal.

Saiba com quem você está jogando

Entender o comportamento do cliente é fundamental para equipar sua loja e obter bons resultados. Normalmente, a área de vendas é pequena e mesmo o espaço de estoque é limitado: você pode ter que fazer escolhas.

Procure analisar o que o consumidor irá buscar em sua loja. Se possível, faça pesquisas com quem visita você sempre: peça o e-mail dos clientes e envie uma rápida pesquisa para entender o que eles pretendem fazer durante a Copa. Com isso, você saberá se precisa colocar uma geladeira extra para oferecer mais cerveja gelada ou se é melhor usar o espaço para mais carvão.

Só faz gol quem está com a bola

Quem está correndo atrás do cliente tem menos chance de acertar. O ideal é se antecipar. Segundo um estudo realizado pela Puratos, o consumidor espera usar tecnologia para receber uma experiência de compra incrível, que utiliza o digital para complementar a loja física. Além disso, 82% dos entrevistados esperam que lojas e restaurantes tenham estrutura para fazer entregas em domicílio.

Essa pode ser uma grande oportunidade para facilitar a vida do cliente. Coloque-se como um fornecedor de soluções: em vez de fazer o consumidor ir à sua loja poucas horas antes das partidas, que tal fazer as entregas, no momento que o cliente quiser? Essa opção poupa o tempo do cliente e permite organizar a retaguarda do seu negócio para fazer um gol contra.

Planejando com antecedência, é possível negociar bem com os fornecedores para reforçar o estoque dos produtos campeões de venda. Utilize seu sistema de PDV para entender o que os clientes mais deverão comprar: analisar os dados de venda é essencial.

Dê velocidade ao jogo

Nos dias mais intensos de venda (a véspera e as horas anteriores aos jogos do Brasil), será preciso ter eficiência total. Com o movimento intenso, só com velocidade será possível dar vazão à quantidade de clientes e evitar rupturas no estoque.

Ao mesmo tempo em que você trabalha na frente de caixa para acelerar a passagem dos produtos (sistemas mais avançados e conectividade total com o Fisco são requisitos básicos), negocie com seus principais fornecedores para desenvolver entregas rápidas dos itens mais pedidos. Também revise os pontos de reposição de produtos em seu sistema, para que você tenha cobertura total dos itens da Curva A. Você não vai querer que falte cerveja duas horas antes da estreia do Brasil, vai?

Reorganize seu time

Nos horários de maior movimento, você precisa reabastecer rapidamente as prateleiras. Prepare seus colaboradores para que eles mantenham as gôndolas sempre cheias e revise desde já a organização do seu depósito: identifique corretamente os produtos e simplifique o armazenamento dos itens que mais saem. Esses produtos devem estar à mão, para agilizar a reposição.

Também reveja o layout das lojas. Com mais clientes circulando e mais produtos sendo movimentados, é uma boa ideia abrir espaço para os itens que mais vendem e diminuir a disponibilidade dos produtos de baixo giro. Pouca gente vai comprar uma vassoura no dia do jogo, não é?

O estoque é o segredo para o sucesso da sua loja de proximidade durante a Copa. Não adianta ter promoções incríveis e, na hora H, o produto não estar disponível. Por isso, reveja processos, tecnologia e treinamento do seu time para acertar no atendimento ao cliente quando o Brasil entrar em campo!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!