Dia do Consumidor: como se preparar para vender mais
Transformação Digital

Dia do Consumidor: como se preparar para vender mais

O dia do consumidor, primeira data promocional importante do calendário, é uma oportunidade de vender mais. Veja 6 pontos para atrair mais clientes e movimentar seu e-commerce 

O mês de março está chegando, e com ele a primeira data promocional importante do calendário: o Dia do Consumidor. Criado nos anos 60 nos EUA para celebrar os direitos dos consumidores, o dia 15 de março é, desde 2014, um momento importante para o varejo brasileiro.

Em 2021, a primeira quinzena de março movimentou R$ 6,3 bilhões, 85% mais do que em 2020, com um aumento de 4% no tíquete médio. O Dia do Consumidor (que em muitos varejistas se transforma na Semana do Consumidor) passa a ser, assim, um momento importante para impulsionar as vendas no início do ano.

Mais do que pensar exclusivamente em promoções, essa é uma data em que é possível trabalhar o reengajamento de clientes que estiveram em sua loja na Black Friday e no Natal. Afinal de contas, o pós-venda pode se tornar a pré-venda da sua próxima venda.

Dia do Consumidor_vender mais

 

Para vender mais neste Dia do Consumidor, esteja atento a estes 6 pontos: 

1) Trabalhe o relacionamento com o cliente

Vender é ótimo, mas vender várias vezes para o mesmo cliente é melhor ainda. Especialmente em segmentos de venda recorrente, como supermercados e farmácias, desenvolver relacionamentos de longo prazo com o consumidor faz muita diferença.

Para isso, é fundamental analisar os dados de comportamento dos clientes para identificar padrões de consumo, oportunidades de venda e gerar insights importantes para o negócio. Quanto mais dados sobre os clientes, maior a possibilidade de personalizar o relacionamento, apresentando ofertas e promoções que sejam muito relevantes para cada consumidor.

Ações de personalização reduzem os custos de marketing e vendas entre 10% e 20% e estimulam a recompra. Não é à toa que 80% dos consumidores americanos valorizam empresas que personalizam as promoções e ofertas. 

2) Crie segmentações para desenvolver comunidades

Para os consumidores, nem sempre a compra do produto é o mais importante – o que eles querem é expressar quem eles são por meio daquilo que compram. Essa característica é mais clara em segmentos como vestuário e produtos para casa, mas está presente em tudo. É por isso que se fala tanto em propósito e valores: O consumidor tende a interagir mais com quem pensa e se comporta como ele.

Para o varejo, a análise dos dados de compra permite identificar grupos de consumidores, como “os fãs de queijo e vinho”, ou os “loucos por promoções”, ou ainda os “de olho na sustentabilidade”. Ao usar dados para refinar a comunicação com o cliente, a loja consegue criar segmentações baseadas em estilo de vida. A partir daí, pode desenvolver comunidades – e até mesmo fazer eventos dentro da loja com foco em clientes específicos.

Uma forma incrível de gerar “tribos” que sejam fãs do seu negócio. 

3) Use a busca a seu favor

A busca do seu site pode ser uma ferramenta importante para entender melhor os clientes, direcionar seu comportamento de consumo e criar experiências de compra realmente relevantes. Nem sempre esse é um aspecto levado tão a sério pelo varejo, mas a busca do site está longe de ser uma commodity: quanto mais certeiros são os resultados, maior a confiança do cliente no seu e-commerce.

Os melhores mecanismos de busca do mercado permitem que o varejo promova produtos de acordo com sua estratégia de negócios. De vitrines personalizadas ao uso de algoritmos que identificam a intenção de compra do cliente, passando por recursos que posicionam em áreas estratégicas os itens que o varejo tem interesse em promover, a busca é um recurso eficiente para impulsionar as vendas digitais. 

4) Quem não aparece, não vende

Em uma loja física, a presença do PDV tem potencial de atração de clientes, já que sempre tem alguém passando em frente ao local. No digital isso não acontece: é preciso buscar o cliente onde ele estiver. E, cada vez mais, os marketplaces são importantes nessa estratégia de atração de público.

Por isso, o varejista que quiser vender mais no Dia do Consumidor precisa ter uma estratégia de Ads para destacar seus produtos nas principais plataformas do mercado. Estratégias de mídia nativa eficazes e com alta taxa de conversão geram melhores resultados, especialmente quando permitem o controle integrado do investimento em mídia em diversos marketplaces.

Sem uma plataforma de Ads que controle seus investimentos, permita identificar rapidamente as campanhas com boa performance e ofereça a possibilidade de mudar os anúncios em tempo real, o varejo perde competitividade. De vitrines nativas que permitem anunciar em posições privilegiadas, até o patrocínio de palavras-chave na busca dos marketplaces, existe uma grande variedade de recursos a serem explorados. Tudo para você vender cada vez mais. 

5) Utilize bem as alavancas promocionais

Nenhum consumidor é igual – e isso se reflete também no tipo de alavanca promocional que faz sentido para cada cliente. Enquanto alguns são estimulados pelo cashback, outros preferem desconto direto em ações do tipo “leve 3 pague 2”. Alguns podem se interessar por embalagens econômicas, enquanto outros preferem benefícios como frete grátis. Cada caso é um caso.

E como identificar aquilo que faz sentido para cada cliente? Usando dados de forma estratégica. Somente varejistas com uma plataforma de e-commerce capaz de coletar dados e analisar em tempo real o comportamento do público são capazes de gerar inteligência para o negócio – e vender mais. 

6) Esteja atento ao checkout

No varejo físico, a velocidade do checkout é um fator essencial para a satisfação do cliente. Por melhor que tenha sido a experiência de compra, uma fila grande pode mudar completamente a percepção do consumidor. E isso também acontece no digital: formulários longos, necessidade de sempre redigitar os números de cartão de crédito e endereço (mesmo para clientes fiéis) e falta de informação sobre prazos e condições de frete podem provocar abandono do carrinho – muitas vezes de forma irrecuperável.

Por isso, dê máxima atenção aos seus procedimentos de checkout. Adote meios de pagamento práticos e rápidos, utilize recursos como pagamento com um clique ou sistemas de recorrência, e invista na segurança do seu site para dar ao cliente a confiança de que ele está comprando no lugar certo. 

O Dia do Consumidor é a primeira grande oportunidade do ano para alavancar suas vendas. Aproveite este momento para conhecer melhor seus clientes, faturar mais e aumentar a fidelidade do seu público. 

Ebook_tendencias_digitais_2022

Conte com as soluções Linx Digital para ajudar você a vender mais no Dia do Consumidor. Ganhe o poder de competir com os maiores varejistas digitais brasileiros e use a inteligência dos dados para entender melhor o comportamento do cliente e, assim, gerar mais conversão, ticket médio e volume de pedidos. Fale com a gente e saiba mais!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente