Como colocar a cultura data driven na prática?
Conectividade

Como colocar a cultura data driven na prática?

Contar com uma equipe reduzida e pouco tempo para ações estratégicas é um problema comum no varejo. A notícia boa, porém, é que existem inúmeras formas de contornar essa situação, e uma delas é modificando a cultura do seu negócio. Isso mesmo: deixe o “achismo” de lado e coloque o conceito de data-driven em ação nas suas operações.

Afinal, o uso de dados é cada vez mais importante para conhecer não apenas o seu cliente, como o seu próprio negócio. Afinal, as inúmeras informações geradas diariamente não podem ser desperdiçadas e devem fazer parte do seu planejamento estratégico. Mas quais são as ações mais importantes para implementar essa cultura de forma simples e eficiente?

Na prática, não basta comunicar as mudanças aos seus colaboradores. É preciso colocar a mão na massa para otimizar a rotina de todos no ambiente de trabalho, do uso das ferramentas corretas até o processo de capacitação da sua equipe.

Que tal tirar todas as suas dúvidas sobre esse conceito e como aplicá-lo no dia a dia da sua empresa? Continue a leitura deste artigo para saber mais!

Data-driven e seus fundamentos

O impacto da transformação digital é cada vez maior em todo o varejo. Não apenas pelo aumento dos métodos de pagamento digital, por exemplo, mas, também, pelas mudanças internas na rotina de trabalho das empresas. E um desses novos conceitos é o data-driven. Na prática, ele representa uma mudança cultural em que a tomada de decisão passa a ser baseada na utilização de dados.

Com uma quantidade cada vez maior de informações sendo geradas sobre os consumidores e o seu próprio negócio, a cultura clama pelo uso de dados fundamentados, em vez de somente uma opinião.

Imagine que você deseje se comunicar com os seus consumidores em canais online e decida investir em redes sociais e e-mails. Como saber qual é o melhor canal para se comunicar? Como identificar quais são os formatos de mensagens que mais geram resultados?

Você pode achar que é uma opção ou outra, porém, a certeza só é alcançada com os dados, analisando a performance das suas comunicações. Além disso, o data-driven pode ser utilizado para gerenciar o seu estoque e identificar o momento certo de solicitar um novo pedido, por exemplo.

Na prática, essa cultura contribui diretamente para aqueles negócios que desejam fazer mais com menos — com relação tanto a recursos como ao tempo. A partir dos insights gerados pelos dados, é possível ter mais inovação, flexibilidade e segurança para os processos internos da sua empresa. Quando bem aplicada, a tendência é que os resultados apareçam e, mais importante, se firmem para o longo prazo.

Como aplicar a cultura data-driven

Mas, na prática, como aplicar a cultura data-driven de forma eficiente ao seu negócio? Confira!

Mentalidade da equipe

O primeiro passo para implementar a cultura data-driven é modificar a mentalidade da equipe, e esse trabalho deve começar nos cargos mais altos da sua empresa, avançando até os mais baixos aos poucos.

Afinal, como é preciso que todos estejam cientes da importância e do impacto do uso de dados dentro dos processos da companhia, é necessário fortalecer essa cultura de forma natural.

Isso quer dizer que não adianta apenas impor e esperar que toda a sua equipe siga o que foi falado. O ideal é conseguir elucidar as razões para utilizar dados e informações de forma inteligente. Ao mostrar, por exemplo, como o dia a dia de um determinado colaborador pode ser mais simples com o uso de certos dados, as chances de ele abraçar a nova mentalidade são muito maiores.

Uso de ferramentas de automação

Para que esse processo se torne factível, também é importante utilizar ferramentas que deixem a rotina de trabalho mais simples. Por isso, busque por meios de automação que possam ser utilizados de diferentes maneiras no dia a dia da sua empresa. O objetivo pode ser gerenciar tudo o que entra e sai do seu caixa ou controlar melhor o estoque, por exemplo.

A boa notícia é que existem inúmeras ferramentas que podem ser úteis para você. O mais valioso, aqui, é conseguir entender quais são as suas necessidades e quais opções podem solucionar um problema, por exemplo. Não é porque a ferramenta funciona com o seu concorrente que ela vai ser útil para o seu modelo de negócios.

Treinamento e capacitação

O processo de implementação da cultura data-driven é longo e exige um fluxo constante de aprimoramento. Sendo assim, também é necessário aplicar diversos treinamentos e capacitações, para que toda a equipe saiba exatamente como aproveitar os benefícios dessa lógica. Dessa forma, cada colaborador se sentirá motivado a usar as ferramentas e táticas para aproveitar os dados.

A relação da LGPD e a cultura data-driven

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) é uma regulamentação criada pelas autoridades no Brasil visando reduzir as falhas de segurança no armazenamento e utilização de dados e informações coletados no ambiente digital. Trata-se, portanto, de uma lei que obriga as empresas a se adequar a uma nova realidade e aprimorar certas práticas internas.

Quando falamos em data-driven, a sua relação com a LGPD é imediata. Afinal, ambas se referem a uma melhor utilização dos dados coletados no ambiente online. Para quem deseja se adequar à LGPD, portanto, implementar essa cultura é muito mais do que aproveitar os seus benefícios. Por meio dela, seu negócio passará a se estruturar internamente e assegurar a maior segurança para suas operações.

Em um cenário de alta competitividade, não considerar a implementação da cultura data-driven pode vir com um preço alto. Seja para oferecer um melhor atendimento ao seu cliente, seja para reduzir custos e aumentar a rentabilidade das suas operações, é cada vez mais necessário tomar decisões baseadas em fatos, deixando de lado opiniões sem fundamento.

Agora que você já sabe como implementar a cultura data-driven na sua empresa e a importância de contar com o suporte de ferramentas especializadas, que tal dar início ao processo? Entre em contato com a Linx, conheça as soluções que oferecemos e descubra como podemos ajudar o seu negócio!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente