Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Consumidor digital de farmácias: entenda o perfil desse público

Consumidor digital de farmácias: entenda o perfil desse público

Quem tem ou pretende abrir um negócio deve se conscientizar sobre o perfil do seu público, pois isso também ajudará a nortear as ações para que você consiga atraí-lo à sua loja. Nas farmácias, tem sido verificado o crescimento do chamado consumidor digital, e essa é uma tendência irreversível.

As facilidades proporcionadas por aplicativos de entrega e para contato direto entre cliente e comércio já estão incorporadas à rotina da maioria das pessoas. Esse número é crescente, impulsionado pela pandemia do coronavírus e pelas necessidades de uma rotina cada vez mais corrida.

Quer saber mais sobre o consumidor digital em farmácias e ainda aprender como chegar a esse perfil de cliente? Selecionamos as principais dicas para que seu negócio consiga ampliar o atendimento ao público. Confira!

Quem é o consumidor digital?

Trata-se de um perfil majoritariamente jovem, embora a faixa etária esteja a cada dia mais ampla, à medida em que mais pessoas são inseridas no contexto da tecnologia e aprendem a utilizá-la também como uma ferramenta para atender às mais diversas necessidades.

Não é apenas uma forma de consumo que pode ser resumida com o pedido para a entrega de itens. A internet proporciona bem mais que isso, como a pesquisa sobre marcas, produtos, preços e fornecedores; tudo está ao alcance de poucos cliques, o que faz com que esse perfil de público seja bastante exigente.

Em outras palavras, o consumidor digital quer uma experiência completa, e para isso não é necessário sequer sair de casa. Atingir e até mesmo superar as expectativas desse público é um desafio que, quando bem trabalhado, gera clientes fiéis e engajados com o negócio.

Banner CTA_Guia definitivo para o planejamento estratégico em farmácias

Como a internet mudou o comportamento do consumidor?

Já mencionamos que o público digital busca uma experiência mais ampla e prática, sendo que, para isso, existem algumas ferramentas que são as preferidas. A primeira é o Google, com 72% da preferência do público, segundo pesquisa recente, seguido pelo Facebook e YouTube, com respectivamente 56 e 50% das indicações dos pesquisados.

Isso mostra que, assim como as marcas dos produtos que você comercializa, também é importante que o negócio consiga chegar ao consumidor digital de forma efetiva, como uma presença virtual marcante em cada um desses canais. Essa é uma adaptação que conseguirá gerar crescimento perene para a sua farmácia e, quanto antes ela for adotada, melhores serão os resultados.

Qual o perfil do consumidor digital de farmácias?

O público digital é notadamente mais jovem, e isso revela hábitos de consumo próprios dessa faixa etária. Por exemplo, o público entre 20 e 29 anos tende a ser de classe média e consome principalmente produtos de higiene, cosméticos e bebidas. Ampliando a faixa para os 39 anos, entram os produtos para bebês.

O consumidor digital com mais idade pertence a classes com maior poder aquisitivo e consome mais remédios e alguns tipos de alimentos. Esse perfil, que é crescente, quer mais que praticidade e dá atenção especial à qualidade do atendimento.

Ter flexibilidade para atender a essa variedade de perfil, de pessoas que estão convergindo cada vez mais para o ambiente virtual, é uma das receitas para que você consiga manter o crescimento do seu negócio de maneira sustentável. Conhecer o consumidor digital e ter a sensibilidade de prestar um bom atendimento são os diferenciais necessários para fidelizar essa clientela.

Gostou de saber mais sobre essa tendência para as farmácias? Então veja como atingir esse público de forma inovadora!

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas