Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Conheça os desafios da transformação digital para as empresas

Conheça os desafios da transformação digital para as empresas

Transformar-se digitalmente está muito além da implantação de tecnologias e pode ser a verdadeira chave para o sucesso do seu negócio

Embora a transformação digital seja uma realidade no mercado, não se pode negar que muitas empresas ainda estão no processo de entender suas vantagens e impactos. Soluções tecnológicas que parecem ter saído de um filme de ficção estão disponíveis ou em fase adiantada de desenvolvimento. No entanto, transformar-se digitalmente está muito além da implantação de tecnologias.

O objetivo de utilizá-las para otimizar os aspectos operacionais de um negócio por muitos já foi alcançado. A prova disso é o nível de automação que vemos não só na indústria, mas também nos processos logísticos do comércio, entre tantos exemplos. Hoje em dia, o foco é garantir que essas ferramentas conquistem um papel estratégico cada vez mais relevante.

Entretanto, mesmo que essas soluções existam, implementá-las continua sendo um grande desafio. Isso porque a eficiência que elas trazem depende também de uma mudança no mindset da empresa que planeja utilizá-la. Por isso, decidimos tratar desse tema. Veja, a seguir, tudo sobre o assunto.

O que é transformação digital?

O conceito de transformação digital vai além da simples adoção progressiva de recursos tecnológicos. Trata-se de construir uma nova cultura voltada para o digital, que altera fundamentalmente a forma como a tecnologia é usada para operar em todas as áreas de um negócio.

Como consequência desse processo, espera-se que as empresas cheguem ao patamar conhecido como digitalização. Ou seja, que não somente as operações, mas também os processos e pessoas entrem para esse novo mundo, que tem como premissa pensar, agir e ser digital. Nesse contexto, o mercado e a sociedade funcionarão a partir de três pilares: desmaterialização, desmonetização e democratização do uso da tecnologia.

Vantagens da transformação digital

Segundo dados de uma pesquisa global realizada com CEOs e divulgada em 2016 pela Bizagi, 82% dos entrevistados acredita ser necessário acelerar a transformação digital das empresas para conseguir acompanhar a evolução do seu setor.

Ou seja, o fato é que, atualmente, vivemos em uma sociedade completamente mediada pelas possibilidades que o digital e as novas tecnologias proporcionam, e isso mostra que a transformação digital se tornou não apenas uma realidade, mas uma necessidade. Conheça, a seguir, as principais vantagens para as empresas:

– Otimização dos processos;

– Aumento da produtividade;

– Agilidade nas ações da empresa;

– Melhora na qualidade de produtos e serviços;

– Redução de burocracia, erros e retrabalho;

– Diminuição de custos;

– Possibilidade de oferecer preços mais competitivos, de acordo com a estratégia de produto;

– Campanhas de marketing mais eficazes;

– Maior segurança dos dados.

Os desafios da transformação digital

Apesar de todos os benefícios, fazer com que a transformação digital realmente aconteça envolve grandes desafios. Ao conhecê-los, é possível planejar melhor a implementação e buscar alternativas para contornar os obstáculos que normalmente surgem nesse processo. Saiba quais são eles:

  1. Resistência a mudanças

É possível que boa parte das lideranças e gestores ainda priorize os modelos de atuação de comando e controle, totalmente verticais, que ressaltam a importância da hierarquia no momento das tomadas de decisões. O problema é que essa máxima pode ter funcionado décadas atrás, mas é completamente incompatível com o mercado e a sociedade atual.

Assim, o primeiro passo é mudar esse mindset. É fundamental conscientizar as pessoas de que, em independentemente do segmento de atuação, as empresas que não acompanham as mudanças do mercado – e isso engloba um novo posicionamento de gestores e líderes – estão ficando para trás.

  1. Falta de uma cultura de inovação

A transformação digital não trata de uma mudança única, mas de uma evolução permanente. Portanto, toda a equipe precisa entender que eles farão muito mais do que agregar tecnologias. A partir de agora, será necessário pensar constantemente em novas formas de realizar as mesmas tarefas para obter ganhos quantitativos e qualitativos.

Em outras palavras, exige a implantação de uma cultura de inovação, que conduz todos dentro da empresa a sentirem-se motivados a provocar as mudanças necessárias para tornar a empresa mais digital. A ideia é inovar não somente

  1. Medo de falhar

Porém, a inovação só acontece quando as pessoas estão dispostas a testar novas hipóteses, falhar e aprender com elas. Isso significa que elas precisam abandonar o status quo, que é extremamente seguro, para tentar algo diferente. Não há como fazer isso sem correr riscos e eventualmente, cometer erros.

A grande diferença acontece quando as empresas entendem que esses erros no processo de inovação podem acontecer e que ninguém deve ser punido por isso. Ela precisa incentivar as pessoas a testarem suas hipóteses e criar mecanismos para avaliar quais desses riscos podem ser assumidos, mantendo uma margem de segurança previamente estabelecida.

  1. Dificuldade para lidar com novas tecnologias

Provavelmente, esse é o mercado mais multigeracional que já houve em toda a história. Dentro da empresa, ainda existem os remanescentes da era Baby Boomers convivendo com a Geração X, com os Millennials e agora com a Geração Z.

Enquanto as novas gerações são totalmente imersas na cultura digital, outras enfrentam obstáculos para incorporar a tecnologia. Embora haja exceções, não é incomum que eles tenham dificuldade para lidar com todos esses recursos e apresentem um processo de aprendizagem mais complexo.

Por isso, quando a empresa planeja embarcar na transformação digital, é fundamental oferecer treinamento, muita conversa e troca de conhecimentos. A implementação de novas tecnologias também deve ser, na medida do possível, gradual. Uma boa sugestão é alterar pequenos processos cuja automação gera uma grande impacto positivo.

Assim que os colaboradores percebem o quanto a ferramenta facilita suas tarefas e otimiza seu tempo, surge naturalmente o interesse por conhecer outras opções de inovação e aprender a utilizá-las para ter resultados semelhantes.

  1. Falta de um planejamento estratégico

Ao iniciar esse tipo de processo, o planejamento deve ser feito de forma estratégica. Os primeiros investimentos devem causar um impacto significativo, tornando sua importância não só evidente, mas inquestionável.

Em vez de aderir às tendências de forma acrítica, os responsáveis devem avaliar quais delas serão mais úteis para estabelecer diferenciais competitivos relevantes. Dessa forma, o retorno obtido tanto em termos financeiros quanto em qualidade dos processos quebrará resistências e facilitará a adesão a novas iniciativas.

Finalmente, não importa em qual segmento sua empresa atua, esse é o momento certo para começar a planejar sua transformação digital. Liderá-la em sua área é uma estratégia de diferenciação que colocará seu negócio à frente da concorrência, seja por reduzir fatores internos que minam a lucratividade ou por tornar seus produtos e serviços mais atrativos para o público.

E você, percebe que sua empresa também enfrenta esses desafios para realizar uma transformação digital de ponta a ponta? Então prepare-se para essa realidade e conte com a Linx para melhorar o seus processos e operações.

Contato comercial
Envie uma mensagem ou Chat online

Telefone Comercial:

3003-0400

Atendimento de segunda a sexta, das 9h às 18h.