Conciliação de contas bancárias: veja como otimizar a sua loja de calçados
Calçados

Conciliação de contas bancárias: veja como otimizar a sua loja de calçados

O controle financeiro das vendas de um negócio pode dizer muito sobre as finanças do estabelecimento. A conciliação de contas bancárias chega para organizar os recebíveis e evitar erros e retrabalhos. 

O ato de conferir as movimentações das contas bancárias de uma loja de calçados já é considerado por si só uma conciliação financeira. Um dos principais objetivos desse controle é garantir que não existem erros nos registros e nem nas avaliações dos dados sobre as vendas. Em resumo, é uma conferência do saldo da conta do banco com os extratos. 

A conciliação bancária usada como medida de controle financeiro se torna essencial para o comerciante que quer evitar furos no fluxo de caixa. Além disso, é importante esse gerenciamento porque os erros podem levar a retrabalhos, perda de tempo e instabilidade nas finanças do negócio. 

Quando se usa a conciliação bancária de forma regular, os processos financeiros se tornam mais transparentes, as estratégias são desenvolvidas com mais segurança e a tomada de decisão é baseada em dados verdadeiros. 

A conferência dos dados também inclui o controle de vendas das maquininhas de cartão da sua loja de calçados. Hoje em dia há diferentes modalidades para melhorar a experiência do cliente, garantir melhores taxas e facilitar o processo de conciliação de recebíveis de cartão.

Normalmente, as lojas de calçados costumam trabalhar com mais de uma adquirente e cada uma possui uma taxa diferente de acordo com o tipo de serviço. Como os volumes de vendas estão cada vez maiores, é difícil fazer esse controle manual das maquininhas de cartão. Além disso, não cuidar dos recebíveis pode acarretar outros problemas como a lucratividade de promoções ou do tipo de parcelamento de vendas, o que está intimamente ligado à saúde do fluxo de caixa

E, se essa fiscalização for feita sem uma análise atualizada, o comerciante poderá cair em fraudes e, claro, ter muitos prejuízos devido à falta de informação. Dessa forma, o controle de vendas nas maquininhas de cartão é uma ação essencial e que deve ser priorizada pelo lojista. Com uma conciliação eficiente, ele consegue descobrir se está ganhando ou perdendo dinheiro com as vendas de cartão.

Conciliação de contas bancárias

Como funciona a conciliação de contas bancárias numa operação de lojas de calçados?

O processo da realização da conciliação envolve cinco rotinas fundamentais para uma boa gestão no varejo de calçados. Confira a seguir!

1. Prestação de contas

O registro diário de entradas e saídas da conta bancária é fundamental e deve ser feito de forma detalhada. Para isso, é necessário criar o hábito da prestação de contas e transparência diante do negócio. 

2. Conferências de saldos

A conferência dos saldos é a ação que dá mais problemas nas empresas. Isso acontece porque é uma tarefa que pode gerar muitos erros, por  ser um trabalho repetitivo e feito  de forma manual. Por isso, é indispensável que os valores dos saldos finais e iniciais estejam de acordo com o extrato bancário. 

3. Verificação dos detalhes

A conciliação bancária não é apenas uma conferência de transações de bancos, mas também envolve a fiscalização de outras informações, como: a data em que as transações ocorreram e a data do vencimento das obrigações da empresa. Com esse controle, o varejista de calçados evita atrasos nos pagamentos das contas, evita juros e multas e fica legalizado com a fiscalização tributária.

4. Correção

Todas as divergências que surgirem durante a conciliação bancária devem exigir uma conferência das informações dos extratos para que, assim, possam ser corrigidas imediatamente.

5. Armazenamento

Após todo o processo de conferência, é importante armazenar os documentos relevantes para a contabilidade da empresa. Isso permite que a empresa esteja resguardada caso seja necessária a conferência das faturas e demais informações.

Qual o cenário ideal para a gestão dos recebíveis de cartão?

A conciliação bancária também envolve a conferência de vendas feitas pela maquininha de cartão. Esse tipo de controle consiste na fiscalização dos recebimentos via pagamentos em cartão de crédito ou débito.

Já a conciliação de cartões quando é feita de forma eficaz traz vários benefícios para o empreendedor, como: 

  • Redução do tempo investido no processo manual e nos custos operacionais;
  • Melhoria no gerenciamento de recebíveis;
  • Maior segurança nas informações e na integridade dos dados. 

Mas, o mais importante da conciliação das vendas no cartão é acompanhar alguns passos:

1. Faça o registro das vendas todos os dias

A conciliação deve ser feita diariamente para que não acumule informações. Durante o registro adicione todos os dados sobre a transação e guarde os comprovantes das vendas realizadas.  

2. Verifique as taxas cobradas pelas operadoras

Quando não as taxas cobradas pelas operadoras de cartões de crédito não são controladas, a chance de encontrar erros é enorme. Por isso, fazer o acompanhamento é um passo muito importante para verificar as cobranças no fechamento do caixa e também no valor final dos produtos. 

3. Faça as correções necessárias

Se for identificado algum erro nos lançamentos, nas taxas ou problemas nos registros de vendas, é preciso fazer as correções imediatamente.

4. Use uma solução integrada para fazer a conciliação 

A conciliação do cartão de crédito é um processo que envolve muitas particularidades. Para ajudar nessa conferência de valores de vendas, é fundamental que o lojista conte com um sistema que realize essa fiscalização de forma integrada com o ERP de gestão, evitando erros e perda de tempo. 

Equals Lite e Raio-x: a conciliação bancária que faltava para sua loja de calçados

Diante desse cenário, vimos que a conciliação de contas bancárias e a conciliação de cartão são ações necessárias para manter a saúde financeira do varejo de calçados em dia. 

Quem já é cliente do Seta Analytics que é um aplicativo desenvolvido pela Linx Seta Digital para que os lojistas que usam o Seta ERP acessem mais rápido dados específicos das suas lojas, como: vendas, ticket médio, markup e P.A, ranking entre lojas e detalhamento de compras e tudo isso na palma da mão. Esse cliente já sai na frente com as conciliações! Pois, o Seta Analytics já possui integração com duas soluções para ajudar na conciliação, a Equals Lite e Raio-X. 

A Equals-Lite é uma ferramenta de conciliação financeira na qual os dados dos meios de pagamentos são armazenados em nuvem. Esse sistema já tem integração com o Linx Seta Digital, que é um ERP para gestão de lojas de calçados. Além disso, essa ferramenta possibilita o cruzamento de informações transacionais do cliente com as informações de vendas do produto, por exemplo, calçados, pelas redes adquirentes. A Equals tem atualmente conciliação com mais de 30 adquirentes. 

Já a solução Raio-x é gratuita para os clientes Seta. O Raio-X junto com o App Seta Analytics mostra o desempenho das vendas, do estoque e traz uma previsão dos recebíveis. Com essa solução o lojista de calçados consegue acompanhar os recebimentos, além de permitir a comparação de taxas cobradas pelas operadoras e a recuperação do dinheiro do seu negócio de cobranças indevidas. Também é possível  visualizar  o recebimento de informações para entender o perfil do cliente que está frequentando a loja. 

Todos esses sistemas são essenciais para o empreendedor do segmento de calçados, pois além de as informações serem seguras, é possível restringir o acesso a elas, de modo que só as pessoas autorizadas consigam consultá-las. 

Ficou interessado em nosso serviço de conciliação? Entre em contato conosco, a Linx Seta Digital conta com soluções financeiras para otimizar o seu negócio.  

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!