Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Como ter visibilidade nos marketplaces durante a Black Friday?

Como ter visibilidade nos marketplaces durante a Black Friday?

Não basta colocar os produtos à venda: para alcançar resultados nos marketplaces, é preciso usar diversas estratégias para garantir que o cliente veja sua oferta e feche a venda

 

Na Black Friday deste ano, uma parcela ainda maior das compras online será realizada a partir de marketplaces. Esse é um canal cada vez mais relevante para o varejo online: dados apurados pela Linx Digital nas últimas duas edições da Black Friday mostram que o percentual de pedidos efetuados em marketplaces vem crescendo e representou, em 2019, quase metade das transações online.

Com o crescimento das vendas, também cresce o investimento publicitário. Na Black Friday 2019, por exemplo, o investimento em ads em marketplaces saltou 44,5% na comparação com o mesmo evento em 2018. Com a acelerada digitalização do varejo durante a pandemia, varejistas que não tinham ecommerce (especialmente empresas de pequeno porte) impulsionaram os marketplaces, que responderam por 78% das vendas online no primeiro semestre do ano.

 

Leia também: Confira o estudo da Linx Digital sobre a Black Friday 2019 no ecommerce brasileiro.

 

Mesmo com o relaxamento do isolamento social nas últimas semanas, uma parcela considerável dos consumidores deverá continuar comprando online, especialmente durante a Black Friday. Isso faz com que os esforços promocionais do varejo estejam ainda mais concentrados no ecommerce. E os marketplaces terão um papel fundamental neste ano.

Com o aumento da concorrência, não basta simplesmente estar presente em marketplaces: é preciso definir uma estratégia de atuação e acompanhar de perto as métricas de investimento e resultados para obter o melhor desempenho possível. A estruturação cada vez maior das ações de marketing e comunicação por plataformas como Magazine Luiza, Americanas.com e Via Varejo gera um grau diferente de relacionamento com os consumidores e, principalmente, de inteligência aplicada aos negócios.

 

Visibilidade, o primeiro desafio

Se por um lado o crescimento dos marketplaces abre novas oportunidades de negócios, ele também cria novos desafios. O aumento da concorrência faz com que obter visibilidade para seus produtos se torne mais difícil. Não basta colocar os produtos e esperar resultados: dos detalhes da descrição ao uso adequado da publicidade, há muito a fazer para obter mais destaque nas plataformas e impulsionar os resultados.

Aqui estão alguns pontos aos quais todo seller deveria estar atento:

 

1)  Marketplaces generalistas e/ou de nicho?

A primeira grande decisão estratégica do seller é onde estar presente. Cada marketplace atende a um perfil de público e, além disso, existe uma diferenciação entre plataformas generalistas (que atuam em múltiplas categorias) e plataformas de nicho (especializadas em determinada categoria, produto ou perfil de usuário). Definir onde estar presente depende de seu posicionamento de mercado, de sua capacidade de atendimento e da viabilidade econômico-financeira de cada operação.

Entre as perguntas que o seller deve fazer para determinar onde estar presente estão:

* Esse marketplace tem aderência ao meu público-alvo?

* Consigo ser relevante para os consumidores nessa plataforma?

* Meu posicionamento de preço, qualidade e nível de serviço faz sentido neste marketplace?

* Consigo atender o fluxo de novos pedidos esperados a partir desta plataforma ou o aumento do volume prejudicará o atendimento aos clientes?

É importante destacar que é possível estar presente em vários marketplaces, generalistas ou de nicho, ao mesmo tempo. Para muitos sellers, essa é uma oportunidade de testar, com baixo custo, o fit com várias plataformas antes de se comprometer com investimentos maiores.

 

2)  Adeque sua oferta ao público

Especialmente no caso de marketplaces de nicho, um caminho interessante é oferecer um mix de produtos mais limitado, mas que seja muito relevante para aquele segmento de mercado. É um trade off de abrangência por profundidade: em alguns casos, o fato de oferecer o melhor produto ou o melhor nível de serviço faz com que o seller suba nos algoritmos de busca e ganhe destaque orgânico na plataforma.

 

3)  Cuide do cadastro e do SEO

Nos marketplaces, é muito importante investir em boas descrições e no uso correto de palavras-chave, fotos relevantes, vídeos e conteúdo complementar (como dicas de uso dos produtos). Um trabalho consistente nessas áreas gera uma melhor indexação das páginas do seller na plataforma e aumenta a chance do consumidor encontrar sua página quando fizer uma busca.

Assim como acontece no seu próprio site, ter fotos de qualidade, que inspirem o cliente e ajudem a explicar como usar os produtos, é um fator importante na conversão. A presença no marketplace funciona como uma garantia adicional para o cliente, mas tudo o que o seller puder fazer para facilitar a decisão de compra dos clientes ajuda.

 

4)  Estimule os reviews

A opinião de outros clientes é um dos fatores mais importantes para a conversão e, indiretamente, para o aumento da visibilidade do seller dentro do marketplace. Embora as plataformas tenham seus próprios recursos para estimular os clientes a deixar sua opinião sobre os sellers, os produtos e os serviços, faça o que for possível para obter depoimentos dos clientes. Ative sua base de usuários, utilize as redes sociais, coloque uma mensagem especial em cada pedido para que o cliente perceba que você tem um cuidado extra com ele.

 

5)  Estimule a recompra

Novas compras reduzem o custo de aquisição de clientes, aumentam suas vendas, melhoram sua posição nos algoritmos dos marketplaces e geram um ciclo positivo que traz mais visibilidade para sua loja dentro da plataforma. O momento da entrega do pedido é uma grande oportunidade para estimular uma nova aquisição. Seja criativo e aproveite essa oportunidade!

 

6)  Invista em ads nos marketplaces

Chacrinha já dizia que “quem não se comunica, se estrumbica”. Estratégias de crescimento orgânico são consistentes, mas levam tempo. Por isso, não devem ser executadas sozinhas. Faça publicidade nos marketplaces em que você estiver presente, respeitando alguns princípios importantes:

* analise o comportamento dos seus clientes para identificar oportunidades de venda cruzada ou upselling;

* busque a ajuda do marketplace para identificar palavras-chave ou produtos específicos nos quais faça sentido investir;

* tenha uma estratégia promocional segmentada por perfil de cliente e categoria de produto;

* realize campanhas sazonais;

* analise o comportamento de seus concorrentes, identifique fatores de sucesso e oportunidades de diferenciação.

 

A importância da plataforma de ads

A Linx Digital possui soluções completas de publicidade digital em marketplaces, tanto para as plataformas quanto para os sellers. Como parte da solução Linx Ads, o Ads for Publishers permite que os marketplaces criem sua própria mídia para veiculação da publicidade dos sellers. Já a rede Ads for Advertisers é um sistema self service em que os anunciantes podem automatizar a distribuição de suas ofertas de acordo com as condições competitivas e as características do público que deve ser impactado.

Em ambos os casos, os resultados são acompanhados em tempo real, dando muito mais agilidade à tomada de decisões e aos ajustes de rota. Por ser uma rede de anúncios que conecta diversos ecommerces, a solução Linx Ads garante que as ofertas mais relevantes sempre cheguem aos clientes, aumentando a visibilidade de sua loja online. Líder de mercado em mídia nativa, o Linx Ads possibilita que seus produtos sejam anunciados em posições privilegiadas dentro dos maiores players do Brasil.

Conheça o Linx Ads e aumente a performance do seu negócio.

 

Ir para

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Vendas