Descubra como separar finanças pessoais das finanças da empresa
Meios de pagamento

Descubra como separar finanças pessoais das finanças da empresa

Quando se gerencia um negócio, um dos pontos de maior dificuldade é a gestão financeira. Para isso, separar as finanças pessoais da empresa pode ser imprescindível.

Não as distinguir podem ocasionar prejuízos à saúde financeira do negócio. Porém, identificar como fazer essa separação pode ser um desafio para muitos. Se você ainda não sabe como fazer — ou quer aprender as melhores práticas —, siga a leitura e descubra agora mesmo!

Qual é a importância de separar as finanças pessoais das finanças da empresa?

Antes de dar início às práticas que podem te ajudar, é fundamental entender por que essa desagregação de renda é importante. Isso permite entender melhor vários aspectos do negócio, melhorando a gestão e otimizando os resultados obtidos.

Com a separação do dinheiro para uso pessoal, do que será necessário para a gestão do seu negócio, você pode cumprir a legislação e fazer a repartição do lucro mensalmente. Além disso, essa atitude pode melhorar a percepção da saúde financeira do negócio, para que você entenda onde está indo o dinheiro obtido por meio das vendas e ainda estipular uma reserva de emergência para que, em caso de crise, você possa ter tranquilidade na gestão.

Quer saber como?

Agora que você já se sabe a importância da separação dos montantes de renda, é momento de aprender a aplicar as melhores práticas que podem facilitar essa divisão.

Reforce a organização

A organização dos aspectos financeiros, tanto pessoal quanto profissional, auxilia no entendimento de como desmembrar o capital. Para isso é necessário, utilizando de soluções que surgiram com a revolução digital, tomas as seguintes medidas:

●       classifique as despesas entre fixas e variáveis;

●       entenda o quanto a empresa está faturando dentro de um mês;

●       elabore um fluxo de caixa para fazer esse acompanhamento;

●       realize uma boa avaliação desses aspectos;

●       tenha um planejamento financeiro eficiente.

Defina uma retirada mensal fixa para você

Com a definição do seu pró-labore, a organização do fluxo de caixa da empresa ficará facilitada. Estabelecer isso é essencial para que o negócio alcance maturidade e consiga obter sucesso na jornada, além de evitar que se perca o controle financeiro da empresa.

Estude seu fluxo de caixa e defina um salário mensal condizente com a realidade da empresa, permitindo que, no futuro, se alcancem melhores resultados e seja possível, então, uma adequação das retiradas com o que a empresa passou a arrecadar.

Não pague as contas da empresa com seu dinheiro

A mistura das finanças pessoais com empresariais acontece principalmente por intermédio da quitação de contas da empresa com o recurso pessoal ou vice-versa. Evite utilizar o mesmo cartão ou conta para ambas finalidades. Apesar de parecer uma dica simples, este pode ser um dos principais passos para conseguir fazer a separação das finanças de maneira eficiente.

No mercado, existem diversas soluções que podem ajudar você nessa tarefa. Saiba encontrar a melhor solução oferecida e aprenda como separar as finanças pessoais das finanças da sua empresa. Para isso, utilizar uma conta digital PJ, como a Conta Linx, que oferece diversas opções como o uso do Pix, pagamento digital e toda a movimentação necessária para a separação das finanças, pode ser de grande ajuda.

Acha que acabou? Ainda não! Que tal conhecer melhor sobre a Conta Linx. Fale com o nosso time e saiba como podemos ajudar o seu negócio.

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente