Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Como organizar o estoque de uma loja de calçados

Como organizar o estoque de uma loja de calçados

Aumente as vendas e escale seu negócio a partir do estoque

 

Vender mais, comprar melhor, abrir uma nova loja, iniciar um projeto de e-commerce, ativar promoções: o sucesso de qualquer uma dessas ações começa pelo estoque. Além disso, representa o maior investimento do seu negócio. Então, sendo esse um ativo tão valioso, como deve ser o estoque de uma loja de calçados?

Se ao lembrar do seu estoque, veio em sua mente um lugar escuro, pouco organizado, com muitas caixas empilhadas, poeira e bagunça chegou o momento de rever os conceitos. Sem um  espaço bem organizado, as chances de sucesso de um planejamento a longo prazo são mínimas. Por isso,  ele precisa ser muito bem planejado, acessível, organizado,  otimizado, iluminado e limpo.

Listamos aqui pontos fundamentais referentes a organização do estoque da sua loja de calçados:

Espaço físico

Vamos começar pelo espaço físico, ou seja, o tamanho do estoque. É claro que vamos dedicar o maior espaço para o ambiente da loja, exposição dos produtos e outros. Nesse sentido, é preciso equilibrar a importância dos espaços na hora de reformar ou melhorar sua loja de calçados. Tudo em uma loja é importante! Por que com o lugar onde ficarão armazenados a maioria dos seus produtos seria diferente?

Se o local é pequeno, é possível aproveitar os espaços verticais, ou seja, as prateleiras, para que as caixas caibam perfeitamente e para que os produtos sejam facilmente retirados, sem bagunçar os demais.

Aliás, é preciso considerar que o estoque será um ambiente visitado por vendedores, estoquistas, equipe de planejamento e expedição. É preciso que haja um espaço entre as prateleiras para o trânsito de pessoas e, possivelmente, de escadinhas.

Lembre-se: caixas de sapatos são sensíveis e não é aconselhável que fiquem empilhadas em colunas infinitas. O peso pode danificar as caixas e consequentemente, o produto. Além disso, nem só de sapatos vivem as lojas de calçados, os produtos complementares como meias, palmilhas, bolsas e acessórios também merecem a devida atenção.

Adaptando o estoque para a sua loja

Antes de sair por aí desmontando e montando novas prateleiras, vale a pena olhar para os seus produtos e adaptar a mobília para melhor atender as necessidades da sua loja.

Quais são os produtos mais vendidos na loja? São de verão ou inverno? Quantas coleções a loja recebe ao longo do ano e quais são as características críticas para o armazenamento correto desses produtos?

Por exemplo, se a sua loja vende chinelos e rasteiras, não é necessário se preocupar com a profundidade das prateleiras, basta que elas comportem o maior número de itens à primeira vista. Agora, se a sua estratégia de vendas é expor o maior número de produtos na gôndola e manter quantidades de um mesmo produto apenas para reposição, o seu estoque precisará de espaço para caixas maiores, as mesmas que chegam do fornecedor.

Para ser mais assertivo em suas decisões, vale a pena consultar o seu sistema de gestão para saber quais são os produtos que mais entram no seu estoque e quais características devem ser avaliadas.

 

A melhor maneira de categorizar calçados no estoque

Sabendo que é necessário relacionar as características dos produtos que serão armazenados com o espaço físico disponível, a fim de definir o tamanho e o distanciamento das prateleiras, chegou a hora de decidir como os calçados serão agrupados no estoque.

O objetivo aqui é facilitar a busca por produtos e a vida da equipe de vendas, o que consequentemente, melhora a experiência de compra dos clientes. Portanto, qual a melhor maneira de organizar o estoque de uma loja de calçados?

A partir de muitas análises com clientes e marcas, foi possível constatar que as lojas de calçados que tinham melhores resultados organizavam seus produtos da seguinte maneira:

1. categoria do produto: ex: todas as botas

1.1 subcategoria do produto: ex: bota de cano baixo

1.2 numeração: todas as botas cano baixo n° 35

1.3 marcas na variação de número 35

Assim é totalmente possível atender qualquer pedido rapidamente, seja por produto, produto + variação do produto e/ou simplesmente a numeração. E o vendedor sempre poderá retornar com mais de uma opção daquilo que o cliente quer.

 

A importância do cadastro do produto

Um estoque físico bem organizado é fundamental. Mas,  não adianta um amontoado de caixas perfeitamente arrumadas se o seu sistema de gestão não contempla todas as particularidades do calçado.

Observe sua loja: um mesmo produto tem particularidades muito diferentes, concorda?  São essas diferenças que ajudarão você a acelerar a venda de produtos parados, planejar reposições e acertar no mix de produtos.

Por isso, além de um cadastro de produtos que atenda todos os requisitos de grade, cor, grupo, subgrupo, coleção o ideal é fazer inventários – no mínimo – anualmente. Assim, você conseguira tomar decisões cada vez mais assertivas e proporcionar para a sua equipe as informações para vender mais, comprar melhor, evitar remarcações e identificar rupturas.

A base para a visão assertiva do estoque de uma loja de calçados é um cadastro de produtos completo e o histórico completo do desempenho da sua loja. Isso tudo estará sempre atrelado ao que foi comprado, o que ainda está disponível e o que está por vir. Isto é, ao estoque.

Para se ter uma ideia, é impossível ter um e-commerce sem um estoque organizado. Com o tempo, a equipe de gestão precisará cuidar de tudo isso que falamos ou terá que lidar com muitos prejuízos.

E como manter o estoque de uma loja de calçados sempre em dia?

A responsabilidade do estoque é de todos da equipe: gerencia, vendas, estoquistas, zeladores. O lojista deve sim proporcionar as ferramentas necessárias, ou seja, definir processos e disponibilizar tecnologias, no entanto é responsabilidade de todos zelar pela manutenção do estoque para que os resultados sejam positivos.

Um estoque organizado tem reflexos diretos no comportamento da equipe, pois será o reflexo reflete da  loja. Qual será a visão do time sobre a marca, se o estoque pode ser bagunçado? É muito provável que pensem que todo o resto pode ser bagunçado.

Em um cenário em que o estoque é bem organizado, a visão da equipe será outra, pois assim as oportunidades para vender mais ficam visíveis tanto no ambiente da loja quanto no seu sistema de gestão.

E tem mais!

Esse cuidado, minimiza erros operacionais no checkout por um motivo muito simples: o vendedor sempre sabe o que está vendendo e o caixa sabe o que está baixando.

O estoque é o coração de uma loja de calçados, pois ele recebe e distribui os produtos. É a força motriz do seu negócio.

Agora que você sabe a importância e como deve organizar fisicamente o estoque de uma loja de calçados, será fundamental contar com um ERP para elevar o nível de gestão das suas lojas.

Ir para

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Vendas