Como organizar a farmácia para atrair mais clientes? Veja 9 dicas
Farmácias e drogarias

Como organizar a farmácia para atrair mais clientes? Veja 9 dicas

Você sabia que há como organizar a farmácia e obter resultados melhores nas vendas? Muitos não dão a devida importância a esse fator, pois, visto que os medicamentos são considerados item de primeira necessidade, há a falsa crença de que eles se vendem sozinhos. No entanto, o aspecto visual é um poderoso diferencial competitivo capaz de atrair e reter clientes.

Desse modo, caprichar na disposição dos móveis e na exposição dos produtos é uma estratégia fundamental na gestão de uma farmácia. Quer saber como acertar na organização e ter mais sucesso em seu negócio? Então, acompanhe este artigo e confira dicas valiosas que separamos para você!

Qual é o impacto da organização nas vendas da farmácia?

Ter um bom mix de produtos em uma farmácia não basta: é essencial deixá-los expostos de maneira organizada para que os clientes possam encontrá-los com facilidade. Do mesmo modo, colocá-los nas prateleiras não é o suficiente. Então, é preciso fazer isso de forma estratégica para despertar o desejo de compra no consumidor ou ajudá-lo a lembrar de alguma outra necessidade.

Além da posição natural na farmácia, muitos itens devem ser colocados em locais de maior destaque. Isso ocorre quando estão em promoção, em fase sazonal ou, ainda, quando a dupla exposição é próxima a uma categoria similar, como é o caso de medicamentos para resfriado próximos a embalagens de lenço de papel.

Além disso, pomadas para assaduras podem ficar próximas às fraldas. Esse tipo de ação dá mais visibilidade às mercadorias e aumenta o ticket médio da farmácia.

Outro ponto importante é que, quando os itens são dispostos de uma forma padrão e estratégica, facilita o trabalho dos atendentes, que conseguem realizar o serviço com agilidade. Da mesma forma, melhora a experiência dos clientes.

Quando um consumidor entra em um estabelecimento onde encontra todos os produtos com facilidade e é atendido com excelência, certamente voltará mais vezes, além de indicar o local para outras pessoas. Então, saber como organizar a farmácia é também uma maneira eficaz de fidelização de clientes.

Quais são as 9 dicas principais de como organizar a farmácia?

Como mostramos, a forma de exposição dos produtos na farmácia influencia o resultado do negócio. Por isso, separamos as melhores dicas para você colocar em prática e alavancar suas vendas. Confira a seguir!

1. Destaque produtos em promoção e serviços diferenciados

Com o intuito de chamar a atenção do seu público, coloque em destaque (na vitrine ou logo na entrada da farmácia) as mercadorias que estão em promoção e os serviços diferenciados, como teste rápido para a Covid-19, aferição de pressão arterial e glicemia.

Para os itens em promoção, evite distribuir várias ilhas pelo interior, pois isso pode causar excesso de informação e confundir o cliente. O ideal é utilizar a estratégia de forma objetiva e criar um único ponto.

2. Escolha os produtos ideais para a ponta das gôndolas

As pontas das gôndolas são locais que chamam bastante a atenção dos consumidores. Logo, aproveite essa vantagem para colocar os itens em promoção e as ofertas sazonais, como kits de dermocosméticos ou perfumaria próximos a datas comemorativas.

3. Saiba onde colocar os produtos com demanda maior

Os produtos mais procurados devem ser colocados em gôndolas no final dos corredores. Do mesmo modo, o balcão de atendimento também deve ficar distante da entrada.

Assim, os clientes terão a oportunidade de conhecer a maior parte dos itens enquanto percorrem o caminho ou se dirigirem ao balcão para solicitar algum medicamento tarjado. Outra vantagem de o balcão ficar nos fundos é que isso facilita a logística de estoque.

Banner CTA_Funcionalidades farmácia

4. Organize os produtos nas gôndolas

Distribua os produtos por categoria nas prateleiras, por exemplo: medicamentos para resfriados e alergias, itens femininos e para bebês, produtos de higiene pessoal etc. Isso ajudará os clientes a encontrarem o que procuram com facilidade.

Outra dica eficaz é colocar mercadorias de ticket menor com os de ticket maior (desde que sejam correlacionados), pois isso estimula o consumo. Um bom exemplo disso é colocar itens como algodão e cotonetes próximos às fraldas e aos lenços umedecidos.

5. Tenha atenção com a comunicação nas gôndolas

A comunicação nas prateleiras tem relação com a maneira como os produtos são dispostos, a sinalização da categoria dos itens e a etiqueta de preços. Os principais pontos que devem ser observados para saber como organizar a farmácia são:

  • posicione os produtos para que os rótulos fiquem visíveis e a marca esteja bem destacada;
  • não coloque itens da mesma cor juntos, pois dá a sensação de monotonia e não chama a atenção;
  • disponha os produtos conforme a altura das prateleiras. Por exemplo, não ponha apenas uma fila de uma embalagem com 5 cm em uma prateleira de 30 cm de altura;
  • prefira colocar os itens maiores em cestões em vez de nas gôndolas. Isso ajudará a otimizar o espaço;
  • organize as mercadorias com maior preço nas prateleiras que ficam na altura dos olhos e deixe as de baixo para itens de menor valor;
  • preencha todos os espaços das prateleiras, sem deixar vazios;
  • sinalize as categorias com móbiles, por exemplo. Isso contribui muito para a experiência dos clientes, que encontrarão os itens mais facilmente;
  • deixe as etiquetas dos produtos ou placas de precificação bem visíveis para os clientes.

6. Utilize luz branca

A iluminação fria, isto é, com luz branca, dá a sensação de um ambiente bem cuidado e limpo. Isso é ainda mais importante em uma farmácia. As lâmpadas brancas também permitem visualizar melhor todos os produtos no interior do estabelecimento.

7. Ofereça cestas aos clientes

O simples fato de um atendente abordar um cliente e perguntar se ele deseja uma cesta para os produtos e oferecer alguma ajuda também é uma excelente forma de impulsionar as vendas. Quando as pessoas vão à farmácia para adquirir apenas um item acabam não pegando uma cesta ao entrar.

No entanto, ao ter uma cesta em mãos, a probabilidade de aproveitar e levar outros itens é muito maior. Do mesmo modo, ao oferecer ajuda, o profissional pode dar dicas de mais produtos para que o cliente adquira.

8. Treine a equipe da farmácia

Além de organizar os produtos, é de extrema importância treinar a equipe para realizar um bom atendimento ao público. Mais do que saber vender um medicamento, é essencial entender suas necessidades e superá-las com os itens ou serviços da farmácia.

Além disso, conte com uma boa variedade de produtos. Do mesmo modo, invista na qualificação e em treinamentos periódicos de todos os seus colaboradores.

9. Tenha um cadastro eficiente dos clientes

Ter um bom sistema de ERP (sistema de gestão integrado) que permite o cadastro dos clientes ajudará a entender quais produtos têm mais procura e em qual período do ano isso ocorre. Atualmente, inovar na farmácia e utilizar bons softwares também é essencial para fazer o controle a atendimento ao SNGPC — Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados.

Pronto! Agora você já sabe como organizar a farmácia do jeito correto para impulsionar as vendas e ter resultados melhores. Ao seguir as nossas dicas, seus clientes terão uma experiência única e, desse modo, seu negócio conquistará espaço de destaque no mercado.

Quer mais dicas para alcançar o sucesso nas vendas? Aproveite a visita no blog e entenda por que você deve investir em um sistema de frente de caixa para sua farmácia!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente