Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Como garantir um Natal de sucesso

Como garantir um Natal de sucesso

Por Daniel Zanco

 

O atual cenário econômico brasileiro e os efeitos da pandemia têm pressionado a grande maioria dos varejistas, que sofrem para manter os resultados semelhantes ao ano anterior.

Analistas apontam para um Natal muito difícil, possivelmente o de menor consumo dos últimos anos. Impulsionado negativamente pelo crescente desemprego e insegurança do consumidor.

Com base nisso, há dois caminhos a seguir: entrar em desespero ou trabalhar mais e melhor. Se prefere fazer parte do segundo grupo, este texto é para você.

O Natal é a principal data do varejo brasileiro. Para alguns setores, pode representar mais de 20% do faturamento anual. Há lojistas que estão mantendo operações deficitárias abertas apenas para aproveitar essa importante data.

Abaixo trazemos uma lista com cinco pontos fundamentais para fazer um Natal de sucesso, mesmo em tempos de adversidade:

 

Estude bem seu mix: é bastante provável que consumidores não deixem de adquirir presentes, mas potencialmente reduzirão a verba para tal. Operações que entenderem essa necessidade e desenvolverem soluções de presente, com baixo preço e alto valor percebido, ocuparão mais espaço no bolso dos clientes. Marcas menos tradicionais e com preços competitivos, linhas alternativas, embalagens menores e soluções acessíveis farão bastante sucesso nas vitrines e prateleiras esse ano.

 

Acerte no planejamento de compra: o entendimento do ponto anterior é o primeiro passo para o acerto na gestão de estoque – ter produto a ponto de não perder venda e nem sobrar em demasia. Possivelmente, muitos empresários reduziram suas compras com medo do Natal e, aqueles que fizerem as contas certas, terão produtos disponíveis para atender o consumidor. Pense em planejamento pautado em abertura de compra (Open to Buy) por categoria de produto, considerando a migração para um preço médio menor.

 

Treine, motive e acompanhe o time: não há espaço para perder vendas. Um time focado, treinado e motivado tem potencial para reverter uma crise. Treine a equipe no processo de atendimento, na agilidade do fluxo operacional, no conhecimento de produto, na venda de itens adicionais e complementares. Uma ação de motivação, com uma gincana de vendas, somadas a feedbacks diários de acompanhamentos podem elevar sua performance consideravelmente.

 

Apresente uma loja encantadora: pense em uma noiva preparada para o dia mais importante da sua vida, assim deverá estar sua loja nesse Natal. Não há espaço para erros. Vitrine, exposição e sinalização de produto, iluminação, precificação, cross merchandising e estímulos sensoriais precisam estar harmoniosamente casados e exemplarmente executados para surpreender o consumidor e fazê-lo se esquecer desse momento econômico tão delicado.

 

Digitalize sua operação: invista em ter pontos de conexão digitais da sua operação. Se você já tem um ecommerce invista nele e o melhore. Se ainda não tem corra, porque ele é pré-condição de sobrevivência nesse novo contexto. Após o canal digital bem estabelecido, invista em integrá-lo às lojas físicas, oferecendo ao menos os principais processos omni, como vender o estoque do depósito na loja física e permitir a retirada nas lojas das vendas feitas pelo ecommerce (BOPIS).

 

Prepare-se! O Natal não será fácil, mas muitos desistirão no meio do caminho e aqueles que fizerem a lição de casa podem se surpreender positivamente com os resultados.

 

Pense nisso e boas vendas!

 

Quer saber como a Linx pode ajudar o seu negócio? Clique aqui.

Ir para

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Vendas