Como fazer uma análise de concorrência eficaz na farmácia?
Farmácias e drogarias

Como fazer uma análise de concorrência eficaz na farmácia?

Você acompanha o que seus concorrentes fazem? Caso não, saiba que fazer uma boa análise de concorrência é uma estratégia essencial para garantir a sobrevivência do seu negócio. Também é uma excelente forma de atrair clientes, identificar oportunidades e, assim, impulsionar o crescimento da sua farmácia.

Ou seja, essa análise ajuda muito para que você tome as melhores decisões. Mas, como fazer uma análise que forneça dados para que você se destaque no mercado?

Não se preocupe. A seguir, você entenderá mais sobre a importância de avaliar os concorrentes e descobrirá um passo a passo para fazer isso do jeito certo. Acompanhe!

O que é análise de concorrência?

Também chamada de análise de mercado, a análise de concorrência é um estudo sobre as empresas que atuam no mesmo segmento que você. Isto é, uma avaliação sobre o que oferecem ao público, como fazem a gestão, os preços praticados, a experiência dos consumidores, entre outros pontos.

É importante ressaltar que não basta fazer um levantamento dessas informações. É preciso monitorar seus concorrentes constantemente. Essa análise faz parte do planejamento e gerenciamento de vendas. Afinal, permite identificar os riscos e oportunidades, ou seja, o que pode prejudicar ou impulsionar suas vendas.

Por que é tão importante?

Ao fazer um estudo de mercado, você conseguirá descobrir como sua farmácia está posicionada com relação às demais que disputam o mesmo público. Isso é fundamental para saber o que você pode fazer para melhorar seu atendimento, bem como para conquistar vantagem competitiva.

Desse modo, a análise de concorrência permite que você crie estratégias para:

  • melhorar o posicionamento da sua farmácia no mercado;
  • alavancar suas vendas;
  • aumentar seu faturamento;
  • elevar o ticket médio da farmácia;
  • atrair e reter mais clientes;
  • descobrir ameaças e oportunidades;
  • melhorar a rotatividade dos estoques;
  • prever tendências;
  • tomar as melhores decisões.

É verdade que você não deve pautar toda a sua gestão com base apenas no que os concorrentes estão fazendo. No entanto, esse estudo fornece informações valiosas para o crescimento do negócio e para criar diferenciais. Então, não estamos falando sobre fazer o mesmo que a concorrência, mas sim observar o que se pratica e, em seguida, refletir sobre como você pode fazer melhor em sua farmácia.

Por exemplo, digamos que você verificou que grande parte das farmácias da sua região trabalha com tele-entrega. No entanto, também percebeu que os clientes gostariam de um serviço ainda mais diferenciado e confortável. Logo, além do serviço de entrega, você também implementa a farmácia virtual.

Assim, seus consumidores podem escolher entre se deslocar pessoalmente até o estabelecimento físico ou fazer as compras de casa, com alguns toques na tela.

Guia definitivo para o planejamento estratégico em farmácias

Mas então, como fazer uma análise de concorrência eficaz?

Agora que você conhece a importância de uma análise de mercado, é hora de saber como fazer esse estudo. Veja, a seguir, quais são os passos.

Defina seus objetivos

O primeiro passo para fazer uma boa análise de concorrência é definir seus objetivos. Pular essa etapa poderá resultar em tempo desperdiçado com dados pouco importantes e na ausência de informações fundamentais.

Portanto, estabeleça um planejamento e um prazo para realizar esse estudo. Além disso, reflita sobre o objetivo principal (melhorar o posicionamento da marca, mudar a percepção que os clientes têm, conquistar outra parcela do público). Isso ajudará a guiar os passos seguintes.

Liste seus concorrentes

A próxima etapa é fazer um mapeamento de quais empresas serão avaliadas. Para isso, monte uma relação dos seus principais concorrentes. Para facilitar, utilize os sites de busca para pesquisar por outras farmácias em sua região. Para obter mais informações sobre cada uma delas, as redes sociais são uma excelente ferramenta.

Lá, você poderá encontrar preços, campanhas, opiniões dos consumidores, estratégias de marketing adotadas, entre outros pontos relevantes.

Estabeleça os critérios de avaliação

O próximo passo é definir quais fatores serão avaliados para realizar o estudo. Isso é essencial para que você possa direcionar a coleta de informações. Para decidir quais serão os critérios, leve em consideração os objetivos da análise de concorrência. Está sem ideias? Observe o que você pode considerar:

  • porte da empresa;
  • localização;
  • tempo de atuação no mercado;
  • quantidade de funcionários;
  • horário de atendimento (para farmácias e drogarias, esse item é bem importante);
  • principais produtos;
  • avaliação dos consumidores nas redes sociais e em sites de reclamação;
  • diferenciais oferecidos;
  • formas de atendimento (somente no estabelecimento físico, e-commerce, tele-entrega, entre outros);
  • público-alvo.

Colete as informações

Essa é a hora de levantar as informações para sua análise de concorrência. Com a internet, essa etapa se torna ainda mais fácil. Nas redes sociais das farmácias concorrentes há grande parte dos dados que você necessita. Aliás, há ferramentas digitais que facilitarão muito essa atividade, como: Google Alerts, Google Trends, SEMRush, SocialMention, entre outros.

Identifique os pontos fortes e fracos

Com os dados em mãos, analise-os e interprete-os com bastante atenção. Isso deve ser feito também com a sua farmácia. Compare com as informações dos concorrentes e observe em quais aspectos você tem vantagem, em quais eles têm. Faça o mesmo com os pontos negativos.

Trace estratégias de melhorias

Depois de listar os pontos positivos e negativos, pense no que sua farmácia pode melhorar para se destacar no mercado. Trace estratégias para conquistar esses objetivos e compartilhe com sua equipe de trabalho todos os resultados. Afinal, os colaboradores sabem exatamente como são os processos na sua empresa e podem dar opiniões muito valiosas sobre como alcançar a meta desejada.

Como se destacar no mercado?

Após fazer sua análise de concorrência, é preciso monitorar os resultados e manter esse estudo. Afinal, o mercado é dinâmico e altamente competitivo. Por esse motivo, seus concorrentes também podem estar em constante aprimoramento. Então, acompanhe o que eles têm feito e atualize constantemente sua análise.

Com isso, certamente você conseguirá traçar as melhores estratégias de gestão e organização para conquistar vantagem competitiva e se destacar no mercado.

Agora que você sabe como fazer uma boa análise de concorrência, é hora de colocar a mão na massa e começar agora mesmo esse estudo. Siga o passo a passo deste post para identificar as melhores oportunidades do cenário e descobrir onde sua empresa pode melhorar e se superar.

Quer saber mais sobre como melhorar os resultados do seu negócio? Então, conheça 6 possibilidades da aplicação da inovação em farmácias e impulsione sua empresa!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

Nosso website faz uso de cookies. Para mais informações, acesse nossa Política de Cookies.

Vendas pelo Whatsapp

Suporte
ao cliente