Como divulgar o seu delivery próprio?
Bares e restaurantes

Como divulgar o seu delivery próprio?

Plataformas de delivery próprio são essenciais para o sucesso de muitos negócios de Food Service. Saiba como potencializar seu app para vender mais.

 No setor de Food Service, contar com um delivery próprio traz diversas vantagens para o negócio, como a redução dos custos, o aumento das margens e a possibilidade de usar os dados para realizar promoções e entender comportamentos dos clientes. Mas, para que essa estratégia dê certo, é preciso saber divulgar bem o delivery próprio, para que o consumidor use o serviço.

E como fazer isso? Acompanhe este artigo para saber como aproveitar essa oportunidade.

delivery próprio

 A importância do delivery próprio

As empresas que atuam no segmento de Food Service, como bares e restaurantes, têm três grandes opções para atender o público: o serviço de mesa (em que o cliente come no estabelecimento), o take away (em que o cliente retira seu pedido para consumir em outro lugar) e o delivery (em que o pedido é levado até onde o cliente está).

Nos últimos anos, e especialmente a partir da pandemia, as plataformas de delivery tiveram um grande destaque. Primeiro pela necessidade, e agora pela praticidade de receber o produto, o delivery se tornou uma opção muito relevante para os negócios.

Não quer dizer que, como modelo de negócios, essa seja uma novidade – afinal de contas, a pizzaria do seu bairro entrega na sua casa há bastante tempo. Mas com a digitalização dos negócios, o ato de fazer o pedido deixou de acontecer com uma ligação e migrou para os aplicativos de celular.

Todo restaurante pode utilizar o delivery para aproveitar as estratégias e vender mais. Para isso, é necessário contar com os serviços de uma plataforma de entregas por meio de aplicativo, para que o cliente possa acessar sua empresa sempre que ele desejar.

Existem duas formas básicas de ofertar produtos para entregas em domicílio. Elas podem ser usadas em conjunto ou de forma separada, mas é muito importante entender bem suas vantagens e desvantagens.

Apps de terceiros

No mercado brasileiro, várias plataformas reúnem os mais diversos restaurantes para delivery. Em aplicativos como Rappi e iFood, os clientes podem acessar uma ampla variedade de opções de cardápios, em uma espécie de “praça de alimentação no celular”.

Nesse modelo de negócio, os estabelecimentos que se cadastram nas plataformas podem alcançar um grande número de clientes, mas precisam conviver com altas taxas (o chamado take rate) cobradas pelos aplicativos pela intermediação do contato com o consumidor. Outras desvantagens são a ausência de relacionamento direto com os clientes, a forte concorrência e a necessidade de investimentos em publicidade dentro da plataforma para obter destaque nos resultados das buscas.

Aplicativo de delivery próprio

A outra opção é contar com sua própria plataforma de delivery para receber os pedidos. Essa é uma alternativa que diminui os custos com comissionamento das plataformas, permite desenvolver o relacionamento com o cliente e não desvia a atenção do consumidor com ofertas de outros negócios. Com isso, é possível fidelizar clientes, fazendo com que eles comprem sempre no seu estabelecimento.

Por outro lado, a opção pelo aplicativo de delivery próprio faz com que o restaurante tenha que desenvolver processos automatizados para ganhar eficiência e precise investir em ações de marketing para divulgar a plataforma. Uma coisa é certa: desenvolver o app não é suficiente – sem publicidade, nada acontece no mundo digital.

Como divulgar o delivery próprio?

Vamos considerar que o restaurante analisou as diferentes possibilidades e chegou à conclusão de que vale a pena investir em um delivery próprio. Essa é uma grande oportunidade para reter os clientes, construir relacionamentos, desenvolver um programa de fidelidade e fazer ações promocionais personalizadas, que aumentam o engajamento do público.

Antes que esses resultados venham, porém, será preciso desenvolver o app e investir na sua divulgação. Uma vantagem é que o dinheiro que seria gasto com o comissionamento dos aplicativos de terceiros pode ser usado para financiar as ações de publicidade. Dessa forma, os recursos se revertem em mais negócios para você mesmo.

Nos pedidos pelas plataformas de terceiros, bares e restaurantes podem perder até 30% em verbas de comissionamento e ações de mídia, dependendo do setor, da concorrência e da intensidade promocional. Reverter esse valor para seu próprio negócio pode fazer uma enorme diferença.

O principal motivo para investir em marketing é tornar o seu negócio mais conhecido. Você precisa chamar a atenção das pessoas para que elas se interessem em conhecer seu cardápio e as promoções. Com uma estratégia de marketing bem desenvolvida, você pode gerar outros benefícios para seu negócio, como se diferenciar dos concorrentes, ter retorno financeiro, construir uma marca forte e gerar leads qualificados.

Para que tudo isso funcione, porém, é importante estar atento a estes 5 pontos:

1. Defina a persona

Personas são personagens que representam seus clientes ideais. São aproximações que mostram que tipo de pessoa compra o seu produto, suas motivações e interesses. Desenvolver personas ajuda você a entender quem é seu público e o que pode chamar sua atenção.

Definir personas para o restaurante é importante para aumentar a eficiência das ações de marketing realizadas. Se o seu público-alvo consiste em pessoas com idades entre 20 e 60 anos, moradoras de um determinado bairro, você pode estar falando com um público muito diversificado. Criar personas como um jovem que está em seu primeiro emprego, uma mulher empreendedora com filho, ou um pai que valoriza a saúde da família, são formas de segmentar seu público e direcionar corretamente as mensagens ou peças publicitárias.

2. Faça marketing de indicação

No dia a dia, tomamos muitas decisões por indicação de amigos, familiares ou pessoas de nossa confiança. Se alguém fala sobre a qualidade e o sabor da comida de um restaurante, nosso interesse aumenta. É o Marketing de Indicação.

Existe um aspecto natural nessa forma de trabalhar: seja bom e mais pessoas virão. Mas também é possível impulsionar esse movimento, oferecendo para cada cliente um desconto se um cliente indicado por ele fizer uma compra. Essa também pode ser uma forma de reconhecer o esforço do cliente em falar bem de você, e é uma ação que não exige investimento direto – no fim das contas, você dará um desconto para o cliente no futuro.

3. Invista nas redes sociais

Investir nas redes sociais é cada vez mais importante, uma vez que plataformas como o Instagram e o TikTok se tornaram canais relevantes de descoberta e indicação de produtos e serviços. Assim, esteja ciente de que você precisa desenvolver ações para que as pessoas conheçam mais sobre o seu negócio, interajam com a marca e acompanhem os depoimentos de outras pessoas que já provaram e aprovaram os seus pratos.

O Instagram é uma rede social que se destaca pelo seu forte apelo visual, pois se baseia em fotos e vídeos. Para um restaurante, isso é ótimo, pois o apelo visual dos pratos faz toda a diferença na hora de conquistar os clientes. Já o TikTok tem como grande apelo os vídeos curtos e a curadoria feita pelo algoritmo. Assim, com vídeos criativos apresentando sua marca, você poderá se aproximar de clientes que se interessam pelo tipo de culinária que seu negócio pratica.

4. Cuide do SEO do seu site

Para divulgar seu delivery, seu próprio site é uma ferramenta muito importante. Se você não divulga seus serviços, quem é que vai fazer isso por você, não é? Por isso, inclua as informações do app de delivery em seu site e siga as boas práticas de SEO (Search Engine Optimization), para que seu site seja sempre bem ranqueado e esteja entre as primeiras respostas dos mecanismos de busca.

5. Faça mídia offline

Dependendo do seu negócio, pode fazer muito sentido fazer mídia offline. Você está em uma área de muitos prédios comerciais? Pode valer a pena entregar folhetos na rua. Tem uma pizzaria de bairro? Folhetos entregues nas residências podem trazer retorno. Normalmente, é uma mídia de baixo custo e baixo impacto – mas não despreze esse canal como uma maneira de fazer seu público conhecer seu delivery.

Investir na divulgação do seu próprio delivery significa retorno financeiro garantido. Para que isso ocorra efetivamente, lembre-se de planejar bem as ações e acompanhar os resultados. Dessa forma, você saberá o que realmente está trazendo retorno e poderá potencializar as ações corretas.

A Linx conta com o Neemo, a plataforma de delivery mais completa do Brasil. A solução permite que você tenha um aplicativo e website totalmente personalizado com sua marca para receber pedidos de delivery via site, app, redes sociais e WhatsApp, sem cobrança de comissão sobre seus pedidos. Fale com a gente e venda muito mais!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!