Certificado Digital A1 e A3: descubra qual escolher!
Conectividade

Certificado Digital A1 e A3: descubra qual escolher!

Para escolher o Certificado Digital A1 e A3 para sua empresa é importante avaliar onde e como será utilizado. Veja como escolher o ideal para o seu negócio. 

O Certificado Digital se tornou uma solução que a cada dia que passa é mais procurada pelas empresas. Além da praticidade e segurança que esse arquivo digital oferece, ainda funciona como uma identidade eletrônica para pessoas e empresas. A sua maior vantagem é a sua validade jurídica para tudo que é feito no ambiente online. 

Quando um Certificado Digital é usado, uma assinatura digital é gerada, ou seja, também serve para autenticar e assinar documentos, algo que é comum e fundamental em qualquer negócio, por exemplo. 

Mas, para usar de maneira correta, é importante conhecer os tipos de Certificados Digitais e entender qual é o mais apropriado para a sua empresa. Se você quer entender essas diferenças de Certificado Digital A1 e A3, continue a leitura. 

Certificado Digital A1 e A3

Certificado A1

O Certificado Digital A1 é salvo diretamente no computador. Esse tipo de certificação funciona por meio de um par de chaves criptografadas, sendo uma pública e uma privada. A pública é enviada para a Autoridade Certificadora (AC). A privada fica no computador e é protegida por um login. Uma das vantagens do Certificado Digital modelo A1 é o seu dinamismo, já que é possível usá-lo diretamente do computador. 

Com esse tipo de sistema é possível evitar operações fraudulentas, já que os dados não podem ser codificados sem a combinação dessas chaves. Já em caso de ameaças virtuais, o certificado pode ser desativado. 

Certificado A3

Já o Certificado Digital A3 fica armazenado dentro de um cartão ou token e precisa de configurações adicionais para o seu uso. Dessa maneira, o computador precisa ser preparado para acessar essas mídias e ainda contar uma instalação de programas específicos.  A instalação é simples e rápida, mas essas orientações sobre esses equipamentos precisam ser fornecidas pela Autoridade Certificado aos seus usuários. 

Esse tipo de Certificado Digital tem senha obrigatória e validade. Diante disso, toda vez que for acessar os sistemas e assinar documentos o usuário vai precisar informar o PIN cadastrado no momento da emissão do Certificado A3. 

Certificado Digital A1 e A3: qual escolher?

Quando se espera reduzir a necessidade de configurações, o Certificado A1 é o recomendado. Outra vantagem desse modelo é a possibilidade de emissão por meio de videoconferência ou presencialmente, fica a critério do usuário. 

Agora, quando há necessidades muito específicas, como por exemplo: a emissão de notas fiscais eletrônicas usando um sistema ERP, nesse caso, é importante verificar as recomendações do sistema usado. A maioria desses sistemas de gestão é programada para acessar o Certificado Digital do tipo A1. 

O certificado modelo A3 traz mais segurança por ser um arquivo físico, mas ele não permite mobilidade, pois é necessário que ele esteja conectado exatamente no local onde será usado. Esse modelo fica armazenado em um cartão ou token e poderá ser usado em qualquer equipamento que tenha as configurações necessárias. 

Sabendo dessas diferenças, agora fica mais fácil entender como escolher o Certificado Digital certo para empresa. Seja o A1 ou A3, o importante é que esse tipo de ferramenta tem otimizado as rotinas documentais dos negócios. Na Linx, oferecemos a solução de Linx Certificado Digital para descomplicar o processo de emissão ou renovação.

Quer aproveitar e conhecer as vantagens do nosso Certificado Digital? Entre em contato conosco, temos as melhores oportunidades para o seu negócio. 

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!