Compartilhe

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Linkedin Compartilhar no Twitter Compartilhar no Whatsapp

Boa gestão e investimento em tecnologia se tornam prioridades para donos de postos de combustíveis pelo Brasil

Boa gestão e investimento em tecnologia se tornam prioridades para donos de postos de combustíveis pelo Brasil

Segundo especialista, fatores podem impactar até mesmo nos preços que chegam ao consumidor final

A variação do preço do combustível é uma das maiores preocupações do consumidor nos dias de hoje e, consequentemente, de administradores de postos pelo País. Segundo dados do Anuário Plural 2019, existem mais de 40 mil estabelecimentos no Brasil e quase metade deles é bandeira branca. Isto quer dizer que 48% deles não vendem apenas o combustível de um distribuidor, como Ipiranga, Shell ou BR, por exemplo.

Para se adequarem a um cenário de instabilidade de preços, donos de postos passaram a investir mais tempo e dinheiro em tecnologias que garantem uma boa gestão dos negócios, que trazem benefícios tanto para eles quanto para os clientes que precisam abastecer o carro periodicamente para garantir seu deslocamento para o trabalho, faculdade ou para as viagens de fim de semana.

De olho nessa nova necessidade do setor, empresas como a Linx, tradicionalmente conhecida por prover tecnologia para o varejo brasileiro, começaram a desenvolver soluções específicas para postos de combustíveis de diversos tamanhos – dos que possuem apenas uma unidade até as grandes redes – e tipos, como os que trabalham com um fornecedor único ou aqueles de bandeira branca.

De acordo com Leonardo Orsi, diretor do segmento de Postos da Linx, “os administradores entenderam que a tecnologia é crucial para mitigar gargalos na gestão deste tipo de negócio, assim como ter mais controle das finanças, evitar perdas, ajustar preços e ainda garantir um melhor atendimento ao consumidor final, que busca cada vez mais conveniência na hora de parar para colocar combustível”.

Tanque cheio de oportunidades

Segundo o especialista, uma boa gestão traz inúmeros benefícios aos postos, além de oportunidades para fidelizar os clientes. “Vantagens como automação de processos, conciliações, boas negociações com fornecedores e um olhar mais analítico sobre negócios complementares – como loja de conveniência e troca de óleo – são alguns dos ganhos que os players desse segmento podem obter”.

“Além disso, os consumidores também sentem a diferença em um posto que investe em uma administração profissionalizada. Isso porque ela resulta em uma equipe mais bem treinada, preços mais alinhados com o mercado, agilidade no atendimento e no pagamento e, claro, em clientes mais fiéis”, complementa Orsi.

 

Quer saber como a Linx pode ajudar o seu negócio? Clique aqui.

Nós usamos cookies para criar uma experiência de navegação melhor e oferecer conteúdo adequado aos seus interesses. Ao acessar o site da Linx, você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Vendas