Autosserviços de Certificados Digitais: como eles melhoram o seu negócio
Varejo

Autosserviços de Certificados Digitais: como eles melhoram o seu negócio

O uso de autosserviços de certificados digitais simplifica a operação, aumenta a eficiência e a integração tecnológica e permite que o varejo foque no que sabe fazer melhor: vender! 

A emissão de certificados digitais é cada vez mais presente no mercado brasileiro. Com a necessidade dos CNPJs de se digitalizarem e o aumento do número de empreendedores nos últimos anos, a demanda por autosserviços de certificados digitais nunca esteve tão alta.

Segundo a ICP-Brasil, em janeiro de 2023, pela primeira vez na história, foram emitidos mais de 800 mil certificados digitais, entre novos e renovações. Com isso, mais de 40 milhões de certificados já foram emitidos e mais de 11,7 milhões estão ativos (são usados constantemente).

Para que se tenha uma ideia de como o mercado brasileiro se digitalizou nos últimos anos, há dois anos havia cerca de 10 milhões de certificados digitais emitidos. A necessidade de emitir NF-e e NFC-e fez com que houvesse um crescimento muito acelerado.

Autosserviços

Para que a certificação digital continue crescendo e o varejo brasileiro se digitalize cada vez mais, é muito importante estar atento a estes 4 fatores:

1. Usabilidade que acelera o mercado

Questões relacionadas à usabilidade fazem com que qualquer equipamento, dispositivo ou processo de negócios ganhe escala. Pense, por exemplo, em seu celular: uma das razões pelas quais estamos o tempo todo acessando o smartphone é sua excelente usabilidade – é simples de utilizar e de realizar todo tipo de operação nele.

Com o aumento do uso de certificados tipo A1 (que correspondem hoje a 55,9% do total de certificados, segundo a ICP-Brasil), torna-se ainda mais fácil adotar a tecnologia. O modelo A1 consiste em um arquivo digital armazenado no computador ou no servidor da empresa para atender vários pontos de venda ao mesmo tempo, por exemplo. Já o modelo A3 (43,3% do mercado) é disponibilizado em um equipamento físico, token, cartão ou pen drive e precisa ser plugado no local onde será usado.

Para o varejo, adotar os autosserviços de certificados A1 reduz os custos, garante a continuidade da operação em qualquer situação (é impossível perder um arquivo digital, o que não acontece com um pen drive) e faz com que o negócio esteja sempre integrado ao Sefaz e ao ERP.

2. Validade jurídica

Os certificados digitais são aceitos como assinaturas eletrônicas de documentos, desde notas fiscais de venda até documentos jurídicos, contábeis e de RH. Isso faz com que a certificação digital seja uma ferramenta essencial para a qualidade dos trabalhos e para dar mais agilidade aos processos que dependem de assinaturas e validações.

Além de garantir que documentos sejam liberados em tempo hábil, os certificados digitais evitam falsificações ou fraudes e reduzem custos e riscos, pois evitam o transporte físico de documentos.

3. Simplicidade de operação

A simplicidade de operação dos autosserviços de certificados digitais é um dos fatores que fez com que seu uso disparasse nos últimos anos. Uma vez instalados, os certificados passam a fazer parte do dia a dia do negócio, como uma etapa cumprida automaticamente.

É preciso emitir uma nota fiscal? O ERP se conecta ao sistema emissor de nota fiscal, utiliza o certificado digital para autenticar o documento e faz o envio. Sem a necessidade de processos complicados e sem perda de tempo para os profissionais envolvidos.

4. Facilidade de contratação e renovação

Certificados digitais não têm validade eterna. Para o tipo A1, a validade é de 12 meses, enquanto os A3 têm duração de três anos. Isso significa que, de tempos em tempos, é necessário renovar o uso do sistema para que os benefícios continuem sendo aproveitados.

Nos primeiros anos de operação dos certificados digitais, tanto a contratação quanto a renovação eram processos burocráticos. Era necessário levar uma série de documentos fisicamente até uma empresa certificadora para obter as liberações necessárias.

Mais recentemente, várias novidades melhoraram todo esse processo e facilitaram a vida das empresas. A Linx oferece aos clientes a possibilidade de contratação ou renovação do certificado digital de forma remota e por autosserviço, o que simplifica muito os trâmites para a regularização.

Dessa maneira, emitir o certificado digital se torna uma tarefa rápida e simples. Sem burocracia, o certificado A1 é emitido no mesmo dia, para que você possa se concentrar nas atividades que realmente importam para aumentar suas vendas.

 Emitir ou renovar um certificado digital não precisa ser uma tarefa complicada. Conte com a Linx para ajudar você nesse processo e acelerar a digitalização do seu negócio. Estamos aqui para ajudar você a usar tecnologia a seu favor, com mais eficiência e produtividade.

Quer saber mais? Entenda tudo sobre certificado digital e fale com a gente para contratar ou renovar sua certificação.

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!