7 benefícios do cashback para o seu negócio
Varejo

7 benefícios do cashback para o seu negócio

Da redução dos custos promocionais ao aumento da fidelidade dos clientes, saiba como o cashback pode ser uma ferramenta poderosa para o seu negócio.

A expansão dos meios de pagamento é uma forma segura de oferecer mais praticidade e conveniência aos clientes – e, nesse processo, aumentar sua fidelidade. Uma das ferramentas mais importantes em todo esse processo tem sido o cashback, que, pela simplicidade de entendimento, vem sendo amplamente usado por grandes varejistas para estimular a recorrência dos clientes.

cashback

O conceito de cashback está descrito em seu nome: é dinheiro (cash) de volta (back) para o cliente. Não se trata apenas de uma forma diferente de desconto: é um recurso percebido pelo público como mais valioso, pois premia em função das compras anteriores enquanto mantém a liberdade do cliente de comprar o que, quando e como quiser. Os números vêm comprovando o sucesso no uso da estratégia. De acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), 67% das empresas do varejo digital aumentaram sua base de clientes fiéis em mais de 10% com o uso do cashback. No Dia dos Pais do ano passado, as compras com cashback tiveram um crescimento de 80%, segundo levantamento da Cuponomia. Isso acontece porque os benefícios para os clientes são claros.

Mas e para o varejo? Como é possível utilizar bem essa alavanca promocional para gerar mais vendas, aumentar o tíquete médio e gerar mais recorrência dos consumidores? Do ponto de vista do comércio, o uso do cashback traz uma série de vantagens. Entre elas, estão as seguintes:

1. Redução do Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

Na prática, o cashback funciona como um desconto indireto, pois o valor que o cliente ganha de volta pode ser utilizado em uma próxima visita à loja. É, porém, um desconto que traz o cliente para o PDV, o que faz com que o cashback possa ser contabilizado como Custo de Aquisição de Cliente (CAC).

Ações de cashback bem balanceadas devolvem um percentual interessante da compra para o cliente e, ao mesmo tempo, ficam abaixo do CAC de outras ferramentas de atração de público – como links patrocinados e anúncios em mídias sociais.

2. Apoio a ações de queima de estoque

Em uma ação de queima de estoque, o cashback pode servir como um estímulo ao giro dos produtos. A ideia é oferecer um percentual maior de devolução em itens selecionados. Quando bem feita, a queima de estoque acelera o giro, traz fluxo de caixa e, aliado ao cashback, abre uma nova oportunidade para uma visita do cliente. E, se o cliente não retornar para usar o desconto, ele na prática comprou um item de queima de estoque ao preço normal – o que é vantajoso para o varejista.

3. Fortalecimento da base de clientes fiéis

Quando conectada a bons programas de fidelidade, a ação de cashback entrega benefícios para a gestão do negócio. Entre esses benefícios estão a possibilidade de personalizar ofertas (oferecendo condições mais interessantes em produtos que são relevantes para o cliente) e mais controle sobre o percentual de desconto efetivamente oferecido para cada consumidor.

Como dois terços das empresas que usam cashback aumentaram sua base de clientes fiéis em pelo menos 10%, segundo o estudo da SBVC que mencionamos lá no início, fica claro que essa é uma prática que gera resultados efetivos para o negócio e para a fidelização dos consumidores.

4. Baixo custo de implementação

Promoções baseadas em cashback têm baixo custo e alta velocidade de implementação, já que é preciso informar ao consumidor a condição de desconto (e preparar os sistemas de retaguarda para creditar esse valor). Em alguns casos, folhetos ou cartazes no PDV dizendo “x% de cashback nas compras na loja”, ou “x% de cashback nos itens da categoria X” é suficiente – mas é possível apresentar essa informação rapidamente em qualquer canal de relacionamento com o cliente.

De acordo com o estudo da SBVC, em média as ações de cashback custam o equivalente a 1% do faturamento bruto do varejo, mas 34% desse valor volta como bônus da indústria. Com isso, na prática o cashback custa 0,64% das vendas, muito abaixo dos 3,6% de descontos e promoções diretas.

5. Coleta de mais dados sobre os clientes

O cashback tem um alto valor estratégico, uma vez que, para registrar o valor a ser resgatado, é preciso conectar esse valor a algum dado pessoal do cliente, como o CPF. Com isso, passa a ser possível acompanhar toda transação feita pelo cliente e entender comportamentos de compra e realizar promoções personalizadas.

Como o cashback estimula a recorrência das compras, a cada nova visita a loja pode pedir um dado adicional do cliente, como seu CEP ou seu e-mail. Esses dados enriquecem a base de informações e podem ajudar a fazer promoções mais assertivas e entender melhor os interesses, hábitos e comportamentos dos consumidores.

6. Facilidade de entendimento das promoções

Promoções com cashback não são complicadas. A mecânica de “receba x% de suas compras de volta” é fácil de entender por todo perfil de cliente, dos mais novos aos mais velhos, independente do poder aquisitivo. Além disso, os mecanismos são simples e podem ser aplicados da mesma forma em praticamente todo lugar – o que torna muito mais fácil dar escala ao programa.

7. Preservação do valor da marca

Ao contrário do que costuma ocorrer em promoções com descontos diretos ou que têm mecânicas mais complicadas (como descontos progressivos), ações com cashback têm menos risco de desvalorizar a reputação da marca ou diminuir o tíquete médio das transações. A compra no momento presente é feita a preço cheio e, com frequência, o desconto na próxima compra acaba funcionando como um estímulo para que o cliente compre um item mais caro, gastando quase a mesma coisa.

Além disso, como parte dos recursos do cashback acaba não sendo resgatada (seja porque o cliente não voltou mais ou porque o prazo de uso expirou), a loja preserva a margem de operação – o que é essencial em um setor competitivo como o varejo.

Essas são algumas grandes vantagens que ações de cashback oferecem para o varejo. A implementação dessas iniciativas deve estar conectada ao ERP e ao CRM para que a empresa obtenha os maiores benefícios possíveis.

A Linx conta com soluções, como o LinxPromo, para impulsionar suas vendas e aumentar a eficiência do seu negócio. Fale com a gente e saiba mais!

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!