5 estratégias ​de vendas online para pequenos negócios na Black Friday
E-commerce

5 estratégias ​de vendas online para pequenos negócios na Black Friday

Transformar a sua loja física em uma loja digital ficou mais fácil e nem precisa ter muita experiência. Saiba como prepara pequenos negócios para a Black Friday

A Black Friday é uma das datas mais aguardadas do ano pelo varejista. O evento é uma grande oportunidade para aumentar as vendas, divulgar a marca da empresa e conquistar novos clientes. Neste ano, a Black Friday acontecerá na última sexta-feira de novembro, no dia 25. 

As expectativas para essa data estão aquecendo ainda mais o mercado e, mesmo com o orçamento apertado, o consumidor quer aproveitar a Black Friday para fazer as suas compras. 

De acordo com a pesquisa encomendada pelo Google ao Instituto Ipsos, 71% dos entrevistados têm a intenção de comprar e de gastar um pouco mais na Black Friday, enquanto em 2021 esse número era 55%. Além disso, durante o evento Growth Conference 2022, a Salesforce informou que 42% dos consumidores pretendem antecipar suas compras na Black Friday. 

No ambiente digital, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) divulgou que, para este ano, há uma projeção de que a Black Friday vai movimentar R$ 6,05 bilhões no comércio eletrônico, com o número de pedidos chegando a 8,3 milhões. 

Mas, não pense que a data é apenas para grandes lojas do varejo. Os pequenos varejistas também podem aproveitar esse dia para fazer suas promoções e vender mais. Se você não sabe como começar a vender online, confira algumas dicas nossas e aproveite a leitura! 

pequenos negócios na Black Friday

Os primeiros passos para vender online

Para começar a vender no mundo digital e obter sucesso, não adianta só colocar produtos em uma página da internet. É preciso investir em estratégias e planejamento para que todo esforço seja revertido em lucro. Para ajudar o seu negócio a dar os primeiros passos nas vendas pela internet , seguem boas práticas para você começar com o pé direito: 

Crie um plano de vendas – estude  o mercado, o perfil do cliente, os canais de marketing, entre outros fatores. É importante também revisitar esse material frequentemente para analisar possíveis melhorias e adequações.

Defina seus canais de venda na internet –  em quais meios digitais você pretende vender seus produtos? . Pode ser por meio de e-commerce, marketplaces, redes sociais, aplicativos de mensagens. Existem diversas opções para começar a vender online e você precisa definir os canais que fazem mais sentido para o seu negócio.  

Escolha uma boa plataforma de e-commerce – essa parte é a mais importante de qualquer negócio online, pois uma plataforma precisa oferecer recursos para iniciar, evoluir e gerenciar todos os processos da loja. Antes de tomar qualquer decisão, vale a pena pesquisar qual se adapta melhor ao seu negócio. 

Encontre  um  parceiro de pagamentos online – ter um bom parceiro de pagamentos é essencial para o sucesso de vendas. Pense na experiência do cliente e busque alternativas que atraiam seu público e o converta em vendas. 

Foque no atendimento ao consumidor – o atendimento ágil no mundo virtual e sem burocracia é um ponto muito relevante  para o consumidor. Seja por e-mail, chat, aplicativos de mensagem, redes sociais, site,  o cliente quer ser ouvido e atendido de forma prática e rápida,então, ofereça isso para eles. 

Organize sua logística – busque  parceiros de entregas que ofereçam opções atrativas para atender os clientes que chegam em sua loja virtual. Lembre-se: fretes altos ou prazos longos podem causar desistências e frustrações ao longo da jornada de compra. 

5 estratégias para pequenos negócios venderem mais na Black Friday

Com a Black Friday chegando, separamos algumas estratégias para você já implementar no seu negócio:  

1. Defina e estude o seu público-alvo

Para definir o público-alvo do seu e-commerce é fundamental estudar quem são as pessoas que visitam sua página e suas redes sociais. Somente assim, você conseguirá criar uma estratégia de vendas e marketing focada no seu cliente. 

2.  Seja presente nas redes sociais

Já dizia o ditado: quem não é visto não é lembrado.  Esteja presente nas redes sociais em que os seus clientes estão. Além de divulgar promoções, é importante passar credibilidade. Aproveite esse espaço e interaja com o público e crie um planejamento de publicação, pois todo dia pode ser divulgado algo novo. Ofertas em datas especiais, feedback de outros clientes, dicas de uso do produto/serviço… é assim que você conseguirá criar conexão com o seu público!

3. Prepare seu estoque

Com a alta demanda que vem com a Black Friday, é preciso preparar o estoque com antecedência. Nesse momento é importante contar com um sistema de gestão de estoque em tempo real, para você saber saber o que já saiu ou não. Assim, você consegue organizar com os fornecedores os produtos que faltam para atender a demanda do seu estoque. 

4. Defina as ofertas 

As ofertas do seu varejo digital devem ser atrativas e alinhadas com o seu negócio.  Fique atento aos valores ofertados para que não tragam prejuízos. Muitas são as ofertas que podem ser criadas, mas é importante verificar e acompanhar aquelas   que foram escolhidas para ver como medir a aceitação do público. 

5. Confira a infraestrutura do seu e-commerce

Durante a Black Friday o pior cenário que pode acontecer  é cair a página do seu negócio, pois isso representa, consequentemente, perda de vendas. Por isso, é fundamental que o seu site esteja preparado para receber mais visitas do que o normal, já que qualquer instabilidade pode causar atrito e gerar insatisfação do cliente na hora da compra. 

Como digitalizar o seu varejo e vender mais na Black Friday

A Nodis é uma plataforma que permite que qualquer loja física venda pela internet por meio de marketplaces, redes sociais e seu próprio e-commerce. 

No ano passado, durante a Black Friday, as categorias mais vendidas dentro do sistema Nodis foram: brinquedos e hobbies; casa, móveis e decoração; beleza e cuidado pessoal; eletrônicos, áudio e vídeo; e informática. 

Além disso, o crescimento de vendas no dia da Black Friday de 2021 foi de 192% em relação aos outros meses do ano dentro da plataforma. O número de clientes vendendo pela plataforma Nodis aumentou 116% nesse período também. 

Com a Nodis você não precisa de muita experiência em vendas online: a operação de divulgação já vem pronta e o período de onboarding é feito em 24h. Além disso, o produto não tem taxa de adesão e nem mensalidade obrigatória. 

Além da Nodis, a Linx tem no seu portfólio a solução Plugg.to , que ajuda o varejista a colocar – e destacar – seus produtos no universo dos marketplaces. 

Quer saber mais sobre o hub de marketplace Plugg.to? Acesse aqui!

Agora se quiser colocar sua loja no mundo digital, entre em contato com a Nodis e veja como é rápido abrir seu negócio online! 

Ficou com
alguma dúvida?

Podemos te ajudar com os desafios do seu negócio e encontrar a solução ideal

Entre em contato

fale com a gente!