EN

ENGLISH

Imagem Logo Linx

Blog

16/11/2017

5 dicas para quem não se preparou para a Black Friday

black Friday

Falta pouco tempo para a Black Friday de 2017. A simbólica data, que ficou conhecida no varejo mundial por seus grandes descontos, acontece na última sexta-feira do mês, no próximo dia 24. Apesar de parecer próxima para o varejista que não se planejou, é importante saber que, com certeza, ainda dá tempo de aproveitar a data - e deixá-la passar em branco é um baita desperdício.

Não é por acaso que o empreendedor deve estar atento a Black Friday. No Brasil, ela só perde em vendas para o Natal e o Dia das Mães. Segundo dados do Ebit, em 2016 o faturamento neste dia do calendário foi de R$ 519 milhões - 60% maior do que o de 2015. E as expectativas para este ano são positivas.

Segundo Adriano Campos, consultor do Sebrae-SP, em entrevista exclusiva ao Blog da Linx, a Black Friday é uma oportunidade para o brasileiro. “Apesar da economia estar apontando melhoras, a grana ainda é curta. Então as pessoas enxergam a data como uma opção para fazer boas compras”.

Campos também deu dicas para quem achava que já tinha passado da hora de se preparar para o evento. “Com certeza, dá tempo. Vai ser uma correria e tanto, mas qual empreendedor não vive neste ritmo? Por mais simples que sejam, algumas ações podem ser realizadas”, diz.

Confira algumas ações para quem ainda quer aproveitar a Black Friday:

1. A CHANCE DE MOVIMENTAR SEU ESTOQUE

Aproveite o período de Black Friday para aumentar o giro de seu inventário, essa é uma boa chance de movimentar produtos que estão parados há mais tempo ou fazer a troca de coleção. Renove seu mix de produtos e promocione produtos antigos ou parados em seu estoque. Afinal, estoque parado é prejuízo.

2. PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO

Se você achou que ia perder a Black Friday, essa talvez seja a primeira atitude a tomar. Informe o cliente que o seu empreendimento estará com promoções na Black Friday - mesmo que ainda não tenha certeza do que ofertará. Utilize todas as ferramentas possíveis, como site, blog, fachada, vitrine, e-mail marketing, redes sociais e até o WhatsApp para avisar os clientes de que o seu negócio também está nessa. “É uma ação para fazer hoje mesmo”, diz o consultor do Sebrae-SP.

3. CUIDADO COM A SAZONALIDADE

Apesar da vontade de participar a qualquer custo da Black Friday - afinal, a ideia de aumentar as suas vendas é sempre tentadora -, é preciso ter certo planejamento. Avaliar e identificar quais produtos é possível diminuir a margem e tomar cuidado. De acordo com Campos, não é necessário gastar todas as suas fichas agora, pois o Natal está chegando. “O mercado espera que o varejo venda mais no Natal deste ano. Então é importante tomar cuidado para não gastar todas as suas promoções na Black Friday”.

4. NOVIDADE E SIMPLICIDADE FAZEM A DIFERENÇA

Outra dica bacana é para quem presta serviços, como academias de ginástica e escolas de inglês. Para esse nicho, o consultor dá a dica para o empreendedor pensar em versões novas dos produtos que o seu negócio oferece. “Como não necessita de estoque, é possível inovar”. Cursos rápidos exclusivos e aulas especiais para a Black Friday, por exemplo, podem dar certo. “Bons resultados sem grandes investimentos”, afirma.

5. DEPOIS DA TEMPESTADE…

Para concluir, Campos afirma que 2017 tende a ser um ano mais positivo para a Black Friday, segundo a visão do mercado. “A data está se firmando, as denúncias de fraude diminuíram e o brasileiro gosta de fazer uma compra boa”. Aproveitar a data, portanto, vale a pena, sim, mesmo sem um grande planejamento ou uma grande campanha. “Os clientes estão ansiosos, aguardando para gastar e economizar na Black Friday deste ano.”


Peça uma proposta sem compromisso

  • Abrir Chat Comercial
  • Envie uma mensagem

    Preencha o formulário e envie uma mensagem ou, para falar com a área comercial, ligue para

    Acessar formulário